Hormônio Estimulante da Tireóide

Princípio Ativo

Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Hormônio Estimulante da Tireóide

Classificaçāo

Hormônio

Receita

Receita Simples

Espécies

Equinos

Armazenamento

Conservar em recipiente fechado, temperatura ambiente e ao abrigo de luz.

Soluções reconstituídas devem ser mantidas refrigeradas ou congeladas.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

Indicações

Hormônio hipofisário para o diagnóstico do hipotireoidismo e tratamento da acantose nigricans.

Contraindicações / precauções

Não usar em portadores de insuficiência adrenocortical e hipertireoidismo.

Efeitos adversos

Podem ocorrer reações anafiláticas.

Reprodução, gestação e lactação

Não usar em gestantes.

Superdosagem

Seu uso crônico pode provocar hipertireoidismo.

Administração e doses

Via(s)

EV

Doses

Recomendado

Equinos

2,5 - 5 Ul / animal

Observações

Em potros normais observa-se a elevação da concentração de T3 em 1 a 3 horas após a aplicação.

Em equinos adultos observa-se elevação de T3 e T4 em 2 e 4 a 6 horas respectivamente (NOGUEIRA, 2011).

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não informado

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

Farmacodinâmica

O hormônio estimulador da tireoide (TSH) atua na tireóide, induzindo a endocitose da tireoglobulina pelas células foliculares, formando os hormônios Tiroxina (T4) e Triiodotironina (T3) que são liberados na corrente sanguínea. O aumento da concentração desses hormônios por sua vez, diminuem a secreção do TSH.

É utilizado para diagnóstico de hipotireoidismo, porém com pouco efeito no seu tratamento.

Farmacocinética

O TSH apresenta meia-vida de 50 a 80 minutos.

Efeitos adversos

Podem ocorrer reações anafiláticas.

Reprodução, gestação e lactação

Não usar em gestantes.

Superdosagem

Seu uso crônico pode provocar hipertireoidismo.

Monitoramento

Monitorar concentrações de TSH.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

NOGUEIRA, G. P. Farmacologia do Eixo Hipotálamo-Hipófise. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.