Levamisol

Princípio Ativo

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

Classificaçāo

Antiparasitário

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

Tempo de Carência

Abate: 3 a 7 dias

Leite: Não é recomendado para animais que produzam leite para consumo humano.

Apresentações e concentrações

Opções veterinárias

Indicações e contraindicações

Indicações

Anti-helmíntico.

Contraindicações / precauções

Não é indicado o uso em animais estressados.

Efeitos adversos

Aumento no peristaltismo, bradicardia, miose e convulsões.

Reprodução, gestação e lactação

Não é recomendado o uso em fêmeas gestantes.

Superdosagem

Altas doses podem provocar salivação, tremores musculares e diarreia.

Administração e doses

Via(s)

SC

Intrarruminal

IM

Intraperitoneal

Doses

Recomendado

Bovinos

7,5 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

Farmacodinâmica

Atua sobre os receptores nicotínicos sinápticos das membranas de células musculares nos helmintos (ALMEIDA e AYRES, 2011).

A paralisia espástica que leva o parasito à morte é causada pela despolarização das membranas que ocorre pela abertura dos canais iônicos.

Farmacocinética

Absorvido pelo trato grastrintestinal, apresenta nível plasmático máximo em cerca de 3 horas e quando é aplicado pela via subcutânea os níveis máximos se apresentam a partir de 30 minutos.

Após biotransformação no fígado é eliminado em sua maioria pela urina.

Quando administrado por via oral ou intrarruminal, sua biodisponibilidade é diminuída pela degradação no trato gastrintestinal.

Efeitos adversos

Aumento no peristaltismo, bradicardia, miose e convulsões.

Reprodução, gestação e lactação

Não é recomendado o uso em fêmeas gestantes.

Superdosagem

Altas doses podem provocar salivação, tremores musculares e diarreia.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Videos

Este produto ainda não tem videos

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

ALMEIDA, M. A. O e AYRES, M. C. C. Agentes Antinematódeos. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.