Diclofin 5.0

Noxon

Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Diclofenaco Sódico

Classificaçāo

Anti-inflamatório

Espécies

Bovinos

Composição

Cada 100 mL contém:

- Diclofenaco Sódico - 5,00 g

- Veículo q.s.p - 100,00 mL

Armazenamento

Conservar sempre o produto em sua embalagem original, fechada e em local seco, ao abrigo da luz e umidade. Não armazenar junto a produtos tóxicos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Responsável técnico

Roberto Popolim - Farmacêutico - CRF-SP: 40.577

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Diclofin 5.0, Frasco âmbar (50 mL)
  • - Diclofin 5.0, Frasco âmbar (100 mL)

Indicações e contraindicações

Indicações

Potente anti-inflamatório, não narcótico, não esteróide (que promove inibição da cicloxigenase e lipoxigenase), com potente atividade analgésica e antipirética, indicado para Bovinos e Suínos. É recomendado para todos os casos de inflamação, dor e febre. Indicado no tratamento de cólicas, processos dolorosos causados por cirurgias, feridas, distocias, claudicação por pododermatite ou desordens muscúlo-esqueléticas, Síndrome Metrite-Mastite-Agalaxia (MMA) e diarreia dos recém-nascidos.

Contraindicações / precauções

- Obedecer às dosagens indicadas para a aplicação do produto.

- Utilizar agulhas e seringas esterilizadas, observando as boas práticas de assepsia.

- Não utilizar o produto com prazo de validade vencido.

- Durante o tratamento com o Diclofenaco é importante o acompanhamento cuidadoso aos animais portadores de sinais clínicos indicativos de distúrbios gastrintestinais, com histórico, que possa sugerir ulceração gástricas ou intestinal.

- Não administrar o Diclofenaco em animais com ulcerações gástricas e/ou intestinais.

- O Diclofenaco é contra-indicado para animais que apresentam hipersensibilidade ao fármaco em questão.

- Não administrar o produto em animais com grave problema de disfunção renal.

Efeitos adversos

- Há relatos de ulceração estomacal e da mucosa intestinal em tratamentos muito prolongados.

- Pode ocorrer exantema cutâneo, edemas e, raramente, depressão da função renal, em tratamentos prolongados.

- Após abertura do frasco, utilizar o produto em até 03 (três) meses. Neste período, manter o produto em condições adequadas de armazenamento e esterilidade.

Administração e doses

Via(s)

IM

IV

Duração do tratamento

O produto deve ser administrado a cada 24 horas, durante 3 a 5 dias consecutivos. O intervalo pode ser alterado conforme a gravidade do quadro, a critério do Médico Veterinário.

Doses - Bovinos

Recomendado

1 mL / 50 kg

2 mL / 100 kg

4 mL / 200 kg

6 mL / 300 kg

8 mL / 400 kg

10 mL / 500 kg

Modo de usar

Deve ser administrado pelas vias intramuscular, intravenosa ou subcutânea, em bovinos, na dosagem de 1 mg/kg, ou seja, 1 mL para cada 50 Kg de peso vivo,

Observações

Volumes maiores que 10 mL deverão ser fracionados em dois ou mais pontos de aplicação. Toda vez que for instituído um tratamento prolongado, deve-se fazer um monitoramento rigoroso do paciente quanto ao aparecimento de reações adversas, observando-se, por exemplo, o estado geral, o aspecto das fezes e parâmetros sanguíneos do animal tratado.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

Efeitos adversos

- Há relatos de ulceração estomacal e da mucosa intestinal em tratamentos muito prolongados.

- Pode ocorrer exantema cutâneo, edemas e, raramente, depressão da função renal, em tratamentos prolongados.

- Após abertura do frasco, utilizar o produto em até 03 (três) meses. Neste período, manter o produto em condições adequadas de armazenamento e esterilidade.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.