Ivermectina 1% Vansil

Vansil

Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Ivermectina

Classificaçāo

Antiparasitário

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

Composição

Cada 100 mL contém:


Invermectina - 1 g

Glicerolformal - 40 g

Veículo q.s.p. - 100 mL

Armazenamento

O produto deve ser mantido na embalagem original até a completa utilização, entre 15 e 30°C, ao abrigo da luz solar, umidade e calor, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento sob n° 5719 em 08/11/96.

Responsável técnico

Dr. Alan Fioroni Kastein CRF/SP 31640.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Ivermectina 1% Vansil, frasco (20 mL)
  • - Ivermectina 1% Vansil, frasco (500 mL)

Indicações e contraindicações

Indicações

A Invermectina Vansil 1% é um endectocida com amplo espectro de ação, sendo eficaz no controle e tratamento das principais parasitoses dos bovinos, incluindo: Vermes redondos (Nematóides gastrintestinais): Haemonchus placei, Oesophagostomum radiatum, Ostertagia ostertagi e Bunostomum phlebotomum (adultos e larvas de 3° e 4° estágios). Trichostrongylus axel, T. colubriformes, Cooperia spp e C. punctata (adultos e larvas de 4° estágio). Namatodirus helvetianus, Trichuris discolor, Strongyloides papillosus (adultos). Vermes redondos (Nematóides pulmonares): Dictyocaulus viviparus (adultos). Ácaro de sarna: Sarcoptes scabiei var. bovis. Bernes: larva de Dermatobia hominis. Ácaro: Chorioptes bovis. Bicheiras: larvas de Cochliomya hominivoraz. Carrapato: Boophilus microplus.

Contraindicações / precauções

- Não administrar em vacas leiteiras lactantes na idade de reprodução.

- O produto não deve ser aplicado por via endovenosa ou intramuscular.

- Não fumar ou alimentar-se durante o manuseio.

Efeitos adversos

Em alguns casos, observou-se desconforto passageiro em bovinos após a aplicação subcutânea, com pequena incidência de edemas dos tecidos moles do local de aplicação subcutânea. Tais reações desaparecem sem nenhum tratamento.

Reprodução, gestação e lactação

Não administrar em vacas leiteiras lactantes na idade de reprodução.

Administração e doses

Via(s)

SC

Doses

Recomendado

Bovinos

1 mL / 50 kg

calcular

Interações medicamentosas

Cloridrato de Levamisol

Tipo de interação

Sinergismo

Grau de interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento significativamente da área sob a curva da Ivermectina

Conduta

Ajustar dose

Spinosad

Tipo de interação

Toxicidade

Grau de interação

Grave

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade da Ivermectina

Conduta

Incompatível

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

Farmacodinâmica

A Ivermectina imobiliza os vermes induzindo uma paralisia tônica da musculatura. Ela é mediada pela potencialização e/ou ativação direta dos canais de Cl- sensíveis às avermectinas, controlados pelo glutamato. Esses canais estão presentes somente nos nervos e células musculares dos invertebrados e uma vez potencializados, acarretam um aumento da permeabilidade da membrana celular aos íons cloreto, com hiperpolarização dos nervos ou células musculares, resultando em paralisia e morte do parasita.

Farmacocinética

Após a administração oral da Ivermectina, as concentrações plasmáticas são aproximadamente proporcionais à dose. A metabolização é hepática e a maior concentração tissular é encontrada no fígado e no tecido adiposo. Níveis extremamente baixos são encontrados no cérebro, apesar da lipossolubilidade da droga. Isto se deve ao fato de a Ivermectina não atravessar a barreira hematoencefálica dos mamíferos em situações normais. A Ivermectina e/ou os seus metabólitos são excretados quase exclusivamente nas fezes em um período estimado de 12 dias, sendo que menos de 1% da dose administrada é excretada na urina na forma conjugada ou inalterada

Efeitos adversos

Em alguns casos, observou-se desconforto passageiro em bovinos após a aplicação subcutânea, com pequena incidência de edemas dos tecidos moles do local de aplicação subcutânea. Tais reações desaparecem sem nenhum tratamento.

Reprodução, gestação e lactação

Não administrar em vacas leiteiras lactantes na idade de reprodução.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do produto

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.