Angus

Nome da Raça

Angus

Porte

Grande

Peso

800 kg

Produtividade

Alta

Introdução

Introdução

A raça é destinada a produção de carnes de qualidade superior, alcançando excelente rendimento econômico. O conjunto de suas características conferem excelência à raça e a mesma é considerada completa por muitos. É uma das carnes de melhor aceitação no mercado, tendo seu preço elevado por isso.

Origem

É originado do nordeste da Escócia e sabe-se que o aperfeiçoamento visando a carne desse animal ocorre há mais de duzentos anos. É hoje criado em diversas partes do mundo, como Argentina, Canadá, EUA, Brasil e Austrália.

Nome original

Aberdeen Angus e Red Angus

País de origem

Escócia

Características gerais

Pelagem

Aberdeen Angus: preto. Red Angus: vermelho.

Aptidões

Bovinocultura de Corte

Aspectos reprodutivos

A raça proporciona bom rendimento pela quantidade de bezerros nascidos; o animal é longevo e fértil, representando mais crias produzidas. O bezerro tem porte médio e não é muito pesado, dessa forma há reduzido desgaste do ventre na parição, abreviando a recuperação pós-parto, favorecendo o menor intervalo entre partos.

Sanidade

O Angus apresenta resistência a enfermidades e boa adaptação a condições climáticas extremas. As fêmeas, mesmo em situações adversas, produzem bezerros e os amamenta de maneira adequada.

Comportamento e cuidados

Não Informado

Manejo

Nutricional

Os angus têm elevada taxa metabólica para conversão de energia e crescimento de fibras musculares, por isso é indicado suplementação adequada para atender a demanda energética do animal. É indicado o uso de sais minerais formulados considerando a disponibilidade de minerais na pastagem.

Referências bibliográficas