Senepol

Nome da Raça

Senepol

Porte

Grande

Peso

900 kg

Produtividade

Alta

Introdução

Introdução

Os animais foram importados da África para o Caribe e tiveram excelente adaptabilidade, uma vez que contam com excelente resistência ao clima tropical e a doenças.

Origem

A raça foi desenvolvida na ilha caribenha de St. Croix a partir do cruzamento de gado proveniente de gado N’Dama e Red Poll que haviam sido importados de Senegal, oeste da África. Esses animais foram introduzidos no Brasil em 2000, vindos dos EUA e Ilhas Virgens, havendo dos líderes genéticos da raça envolvidos e as melhores fêmeas Senepol. Essa qualidade e a multiplicação dos selecionados conferiu as Brasil nome de celeiro da genética mundial para a raça.

Nome original

N’Dama

País de origem

Ilha de St. Croix, Caribe

Características gerais

Pelagem

Vermelho acastanhado. Chifres: mocho. Orelhas: paralelas ao chão, pontudas e formato de folha.]

Aptidões

Bovinocultura de Corte

Aspectos reprodutivos

As fêmeas são muito férteis, favorecendo a menor quantidade de matrizes vazias. Essas são boas matriarcas, com elevado instinto de cria e cuidados com a progênie. As novilhas entram em cio precocemente.

Sanidade

A raça é extremamente resistente à moscas e carrapatos, assim como endoparasitas. O Animal é adaptado ao clima tropical, uma vez que sua origem é caribenha.

Comportamento e cuidados

Não Informado

Manejo

Nutricional

Elevada capacidade de transformação de pasto (proteína vegetal) em carne (proteína animal) permitindo que o gado vá para abate precocemente.

Referências bibliográficas