American Saddlebred

Nome da Raça

American Saddlebred

Altura na Cernelha

Mínima: 1,42 m e máxima: 1,58 m

Temperamento

Dócil

Introdução

Origem

O Saddlebred tem origens nos Galloway e Hobby, cavalos das Ilhas Britânicas, animais às vezes chamados de palafréns e foram trazidos para os Estados Unidos pelos primeiros colonos. Estes animais foram ainda mais refinados nos Estados Unidos para se tornar uma raça extinta chamado de Narragansett Pacer.

Quando os colonos importaram o puro-sangue para a América, a partir de 1706, eles foram cruzados com o Narragansett Pacer o que combinado com as exportações maciças, em última análise, levou à extinção da Narragansett como um puro-sangue raça.

Para preservar linhagens importantes, Pacers canadenses foram introduzidos em seu lugar. Até o momento da Revolução Americana, um tipo distinto de equitação tinha desenvolvido com o tamanho e a qualidade do puro-sangue, mas os andamentos Ambling e resistência das raças Pacer.

Esse animal era chamado o cavalo americano. sua existência foi documentada pela primeira vez em uma carta 1776, quando um diplomata americano escreveu ao Congresso Continental pedindo um para ser enviado à França como um presente para Marie Antoinette.

País de origem

Estados Unidos

Curiosidades

O cavalo Saddlbred Americano, que também já foi chamado de Kentuchy Saddler, é um cavalo de raça desenvolvida no estado de Kentuchy.

Muitos cavalos de cinema e televisão da Idade de Ouro de Hollywood também foram Saddlebreds, incluindo os cavalos usados em papéis principais em My Friend Flicka, National Velvet, Fúria e uma versão de Black Beauty.

Características gerais

Aspectos raciais

Estes animais medem de 1,52 a 1,67 metros de altura, o que dá de 60 a 68 polegadas, podem pesar de 450 a 540 kg, a cabeça apresenta um perfil reto, sendo também longa e fina. O pescoço é bastante arqueado e a cernelha do animal bem desenhada (definida).

Outra característica marcante desta raça é seu senso de presença, o qual é aliado também ao estilo e postura.

Pelagem

As cores dos American Saddlebreds podem ser variadas, qualquer cor é aceita, e entre as mais comuns estão o castanho, o baio, o marrom e o preto. A pelagem também varia bastante, pois podem ter qualquer tipo, incluindo a conhecida pampa, sendo que todas as pelagens são reconhecidas desde o final do século XVIII.

Aptidões

São excelentes para trabalho em fazendas. Também são excelentes em corridas. Uma das principais características do cavalo de sela americano é a capacidade de executar 5 andamentos (marcha): passo, trote, galope e andamentos marchados denominados de “Slow Gait” e “Rack”. É um animal muito usado tanto para longas caminhadas como também para competição.

Comportamento e cuidados

Vacinação e vermifugação

As vacinas previnem e/ou minimizam a ação de agentes que possam vir a causar doenças e gerar grandes perdas econômicas. Todos os equinos de uma mesma propriedade devem ser vacinados com o mesmo programa de vacinação. Os programas variam de acordo com a região em que o animal vive ou para qual será transportado.

As vacinas mais utilizadas em equinocultura são a contra influenza, tétano e encefalomielite equina. Em casos de propriedades com problemas de aborto equino a vírus, as éguas prenhas devem receber reforço adicional no 5º, 7º e 9º meses de gestação. Nos equinos os endoparasitas podem causar cólicas, anemias, diarréias, constipações e retardos no crescimento.

Programas de vermifugação devem ser implantados de acordo com o número de animais, extensão da propriedade, sendo importante a alternância do princípio ativo para evitar resistência parasitária e atingir todos os tipos de vermes.

Manejo

Alimentar

O alimento natural dos equinos são os volumosos. Os volumosos são ricos em fibras como as pastagens e as forragens que suprem parcialmente as necessidades nutricionais dos equinos.

Devido às maiores exigências decorrentes do esporte, concentrados enérgicos e/ou protéicos (rações, grãos), foram adicionados à dieta como complemento do volumoso, com quantidade oferecida de acordo com a categoria do animal. O aumento de consumo de concentrados pode causar diversas enfermidades graves como miopatia de esforço, laminite ou cólicas.

Adotar uma periodicidade do horário de alimentar os equinos, evitando longos períodos em jejum. Devidos as perdas constantes de minerais, a suplementação com sal é importante para evitar deficiências.

Casqueamento e ferrageamento

Os cascos de um cavalo devem ser limpos diariamente, principalmente antes do exercício. Um bom casqueamento e ferrageamento nos cascos dos equinos, previne o aparecimento de afecções no aparelho locomotor e oferece proteção do casco dos impactos com o solo, respectivamente.

Confinamento

Água limpa, fresca e a vontade deve estar sempre ao alcance do animal. Manter cavalos em baias é antinatural. Um cavalo chega a se deslocar por dia a distância de 9 a 12 quilômetros. Oferecer baias grandes com ventilação adequada, boa cama, cochos e bebedouros com altura adequada são fundamentais.

Odontológico

As alterações dentárias influenciam na mastigação e digestão dos alimentos, causando menor aproveitamento dos nutrientes, perda de peso, queda de desempenho e problemas no trato gastrointestinal. Os cavalos devem passar por manejo odontológico com um médico veterinário capacitado a cada 6 meses.

Vacinação e vermifugação

As vacinas previnem e/ou minimizam a ação de agentes que possam vir a causar doenças e gerar grandes perdas econômicas. Todos os equinos de uma mesma propriedade devem ser vacinados com o mesmo programa de vacinação. Os programas variam de acordo com a região em que o animal vive ou para qual será transportado.

As vacinas mais utilizadas em equinocultura são a contra influenza, tétano e encefalomielite equina. Em casos de propriedades com problemas de aborto equino a vírus, as éguas prenhas devem receber reforço adicional no 5º, 7º e 9º meses de gestação. Nos equinos os endoparasitas podem causar cólicas, anemias, diarréias, constipações e retardos no crescimento.

Programas de vermifugação devem ser implantados de acordo com o número de animais, extensão da propriedade, sendo importante a alternância do princípio ativo para evitar resistência parasitária e atingir todos os tipos de vermes.

Referências bibliográficas

CINTRA, A. G. de C. O Cavalo: Características, Manejo e Alimentação. Editora ROCA. 2014.

TORRES, A. P.; JARDIM, W.R. Criação do cavalo e de outros eqüinos. Livraria Nobel. 1987.

Imagem disponível em: http://cavaloumapaixaoo.blogspot.com.br/2016/11/saddlebred-americano.html

Tudo Sobre Cavalos. American Saddlebred- Tudo Sobre Cavalos. Disponível em: https://tudosobrecavalos.com.br/american-saddlebred/

Cavalos Exóticos. Cavalos Exóticos/ Exotic Horses: American Saddlebred. Disponível em: http://cavalosexoticos.blogspot.com.br/2013/05/saddlebred-americano-american-saddlebred.html

Guia de Raças. American Saddlebred- Guia de Raças. Disponível em: http://www.guiaderacas.com.br/cavalos/racas/american-saddlebred.shtml

Cavalo uma Paixão. Cavalo Uma Paixão: Saddlebred Americano. Disponível em: http://cavaloumapaixaoo.blogspot.com.br/2016/11/saddlebred-americano.html