Homeopatia mantém pets calmos

Logo mais começa a Copa do Mundo em que, assim com o a virada de ano, muitas pessoas tem o hábito de soltar fogos de artifício, o que significa momentos de medo para muitos cães e gatos. Em casos extremos, os animais podem até fugir de casa e se perder, na tentativa de se esconder do barulho ou até mesmo vir a morrer por atropelamento ou danos cardíacos causados pelo susto, medo e estresse intensos.

Para este tipo de situação, além providenciar um local seguro para que o animal fique acomodado durante a queima de fogos, indica-se o tratamento preventivo por meio da homeopatia. Estes cuidados podem ser determinantes para a saúde e bem-estar do animalzinho e tranquilidade dos donos dos pets.

“A homeopatia aumenta a tolerância e a sensação de segurança dos animais frente ao medo por barulhos intensos. O ideal é iniciar o tratamento antes das festas visando o preparo daqueles animais que já apresentaram histórico de estresse devido os fogos. Se ocorrer algum tipo de ferimento devido o desespero do animal (alguns se machucam ao se jogarem em portas de vidros ou escalar muros e grades) o tratamento indicado, além do CalmSigo, é o TraumaSigo, produto homeopático indicado para restabelecimento de traumas. CalmSigo mantém os animais mais serenos e o TraumaSigo colabora na recuperação do problema, devolvendo o equilíbrio físico e comportamental ao animal”, esclarece e médica veterinária e diretora da Sigo Homeopatia Veterinária.

A administradora Renata Siega Milani conhece de perto das dificuldades de lidar com animais apavorados devido os fogos. Ela tem duas cachorras – Kiara e Panda das raças dálmata e bodder collie, ambas adotadas e ainda um gato, o Chiclete. As festividades de final de ano deixam os animais bastante agitados e preocupam a dona.
“Os três se assustam muito com fogos, mas as cachorras sofrem muito mais. Geralmente nos primeiros momentos, eles tentam se esconde dentro de casa, choram pedem colo e é muito triste vê-los assim e não poder fazer nada. Após o fim da queima de fogos, em geral a Kiara (dálmata) fica muito depressiva”, conta Renata.

Diante das várias tentativas frustradas de acalmar os pets durante a queima de fogos, Renata decidiu utilizar a homeopatia como recurso para manter seus animais tranquilos e livres de problemas de saúde durante o período.

Dicas – Além da homeopatia, outras medidas colaboram para a tranquilidade e saúde do animal no período, tais como: manter seu pet em um local seguro e sem acesso à rua, evitando assim que fuja assustado; colocar coleiras com plaquinha de identificação. Caso ele fuja, pode ser encontrado mais facilmente; oferecer atenção e carinho para mantê-lo calmo; evitar deixar o animal sozinho durante a queima de fogos e sempre consulte o veterinário para que este profissional esclareça e oriente sobre outras medidas para tornar o período menos traumático.

Protocolo CalmSigo:

Uso curativo: uma borrifada na mucosa oral ou outra mucosa,  de 1 a 2 vezes ao dia, dependendo da intensidade dos sintomas.
Uso preventivo: uma borrifadas 1 vez ao dia antes dos eventos estressantes: donos sairão em viagem, chegada de visitas na casa ou outra condição que aumente os latidos, como exemplo os fogos.