CALCULOS URINÁRIOS EM CÃES PEQUENOS: EPIDEMIOLOGIA E MANEJO NUTRICIONAL

As urolitíases ou cálculos urinários são um tipo específico de doença do trato urinário inferior, caracterizada pela presença de cristais (cristalúria) ou de concreções macroscópicas (pedras) associadas a manifestações clínicas do trato urinário inferior, como disúria, polaciúria e hematúria (Case et al., 2011). Na América do Norte e na Europa ocidental, as urolitíases são responsáveis por 15-20% das consultas relacionadas ao trato urinário inferior em gatos e cães (Osborne et al., 1999). O desenvolvimento de cálculos urinários está relacionado a diversos fatores de risco e pode ser causado por tipos diferentes de agregados minerais (Case et al., 2011).

As substâncias mais frequentemente encontradas são: estruvita (fosfato de amônio magnesiano), oxalato de cálcio (mono e dihidratado), fosfato de cálcio (hidroxilapatita, carbonato apatita e brushita), uratos (sais de sódio ou amônio), sílica e cistina (Vrabelova et al., 2011; Lulich et al., 2013).

Os urólitos podem ser classificados quanto a sua natureza química em:

  • Simples: mais de 70% da estrutura dos urólitos é formada por apenas um tipo de mineral;
  • Compostos: urólitos com camadas justapostas de diferentes minerais;
  • Mistos: urólitos com apenas uma camada identificável, com mais de um componente, sendo que nenhum ultrapassa 70% da constituição do urólito (Ulrich, et al., 2008).

Cães de raças pequenas tendem a desenvolver urolitíase com maior frequência do que cães de raças grandes (Houston et al., 2004; Houston et al., 2009). Essa maior predisposição pode ser explicada pelo menor volume de urina produzida por estes cães e menor frequência na micção, levando a um maior tempo de retenção urinária na bexiga (Ling et al., 1998; Stevenson et al., 2001). A observação de que determinadas raças de cães estão em risco para a formação de cálculos suporta a hipótese de que alguns fatores ligados à urolitíase são herdados. Cálculos de estruvita são frequentemente diagnosticados em fêmeas de raças pequenas (até 10 kg quando adultas) e dentre as raças mais afetadas estão Bichon Frisé, Schnauzer miniatura, Shih Tzu e Pequinês (Low et al., 2010). Cálculos de oxalato de cálcio são muito comuns nas raças Bichon Frisé, Shih Tzu, Lhasa Apso, Yorkshire Terrier e Schnauzer miniatura (Houston et al., 2004; Low et al., 2010; Lekcharoensuk et al., 2000). Em um estudo conduzido no Canadá, 60% dos cálculos analisados eram de cães de raças puras pequenas, sendo que as cinco raças mais acometidas foram Shih Tzu, Schnauzer miniatura, Bichon Frisé, Lhasa Apso e Yorkshire Terrier (Houston et al., 2009). Outro estudo verificou diferenças significativas na composição urinária de cães Schnauzer miniatura e Labradores, apesar de todos os animais serem alimentados com a mesma dieta. Os Schnauzer miniatura produziram menor volume urinário, apresentaram maior concentração de cálcio urinário, um pH mais alto e uma maior supersaturação urinária, o que pode contribuir com a alta prevalência de cálculos de oxalato de cálcio nesta raça (Stevenson et al., 2001).

            A urolitíase é, tipicamente, uma doença de animais adultos, e a idade média de diagnóstico em cães é entre 6 e 7 anos. Cães apresentam predisposição racial para a formação de alguns urólitos e são mais susceptíveis à formação de cálculos de estruvita secundária à infecção bacteriana do que gatos. Cadelas parecem ter maior risco no desenvolvimento de cálculos de estruvita, urato e fosfato de cálcio, enquanto pedras de oxalato, cistina e sílica são mais observadas em machos (Case et al., 2011). Contudo, mais de 90% dos cálculos de gatos e cães são compostos por estruvita (fosfato de amônio magnesiano hexa-hidratado) ou oxalato de cálcio mono ou di-hidratado (Fascetti et al., 2012).

            Manejo Nutricional das urolitíases

            O uso de um alimento específico – que contenha matérias-primas com baixos teores de minerais e compostos precursores de cristais -, o controle do pH urinário (usado especialmente para a dissolução de cálculos de estruvita) e o uso de estratégias que aumentem o volume urinário podem, de forma conjunta, atuar na diminuição da recidiva de urólitos, contribuindo com a manutenção da qualidade de vida do paciente.

         Para que o tratamento seja eficaz, é necessário promover a subsaturação da urina pelos precursores que formam cálculo.

      A supersaturação relativa da urina (RSS) é uma metodologia que considera o pH urinário, o volume urinário e a concentração de 10 solutos, responsáveis pela formação dos principais cálculos em gatos e cães (cálcio, magnésio, oxalato, citrato, fosfato, sódio, potássio, amônio, sulfato e urato) da amostra. Tais dados são analisados por um programa de computador que calcula a concentração de um grande número de complexos formados pela interação dos diferentes íons presentes na amostra de urina em um dado pH. Assim, quanto mais baixo for o valor de RSS para um dado cristal, mais subsaturada estará a urina e menor a probabilidade de um cálculo ser formado (Queau et al., 2014; Markwell et al., 1999).

            O cálculo do RSS urinário de cães alimentados com uma dieta específica pode ser utilizado para avaliar o efeito deste alimento na cristalização potencial da urina. Com base nesse resultado, mudanças na alimentação podem ser feitas para mitigar a probabilidade de formação de um cálculo. A forma mais simples de promover subsaturação urinária é pelo aumento da ingestão hídrica e da produção urinária (Lulich et al., 1999; Lekcharoensuk et al., 2002; Stevenson et al., 2003). Isso pode ser feito de forma indireta, tanto pela utilização de alimentos úmidos, quanto pelo discreto aumento no teor de sódio no alimento seco (sempre dentro dos limites considerados seguros e dentro do recomendado por órgãos de renome, como o NRC), para que assim ocorra o reflexo de sede no animal. Até o momento não há correlação entre um aumento moderado do consumo de sódio e o aumento da pressão arterial em animais saudáveis ou com doença renal crônica (Luckschander et al., 2004; Reynolds et al., 2013).

É sabido que cães de pequeno porte são predispostos à formação de cálculos urinários, cálculos dentais e que apresentam apetite caprichoso. Um alimento especificamente formulado para este porte pode atuar nestas três características de uma só vez.

REFERÊNCIAS BILBIOGRÁFICAS

CASE, L. P. et al. Canine and feline nutrition – A resource for companion animal professionals. 3 ed. Missouri: Mosby Elsevier, 2011. p. 359-380.

HOUSTON, D. et al. Canine and feline urolithiasis: examination over 50,000 urolith submissions to the Canadian Veterinary Urolith Centre from 1998 to 2008. Can Vet J, v. 50, p. 1263 -1268, 2009.

HOUSTON, D. et al. Canine urolithiasis: a look at over 16,000 urolith submissions to the Canadian veterinary urolith centre from February 1998 to April 2003. Can Vet J, v. 45, p. 225 – 230, 2004.

LEKCHAROENSUK, C.; LULICH, J. P.; OSBORNE, C. A. et al. Patient and environmental factors associated with calcium oxalate urolithiasis in dogs. J Am Vet Med Assoc, v. 217, p. 515-519, 2000.

LEKCHAROENSUK, C.; OSBORNE, C. A.; LULICH, J. P. et al. Associations between dry dietary factors and canine calcium oxalate uroliths. Am J Vet Res, v. 63, n. 3, p. 330-7, 2002.

LING, G. V. et al. Urolithiasis in dogs II: Breed prevalence and interrelations of breed sex age and mineral composition, Am J Vet Res, v. 59, n. 5, p. 630 – 642, 1998.

LOW, W. W. et al. Evaluation of trends in urolith composition and characteristics of dogs with urolithiasis: 25,499 cases (1985-2006). J Am Vet Med Assoc, v. 236, n. 2, p. 193-200, 2010.

LUCKSCHANDER et al. Dietary NaCl does not affect blood pressure in healthy cats. J Vet Intern Med, v. 18, n. 4, p. 463-7, 2004.

LULICH, J. P.; OSBORNE, C. A.; ALBASAN, H.; KOEHLER, L. A.; ULRICH, L. M.; LEKCHAROENSUK, C. Recent shifts in the global proportions of canine uroliths. Veterinary Record, v. 172, p. 363, 2013.

LULICH, J. P.; OSBORNE, C. A.; THUNCHAI, R. et al. Epidemiology of canine calcium oxalate uroliths – identifying risks factors. Vet Clin of North Am Small Anim Pract, v. 29, p. 113–122, 1999.

MARKWELL, P. J.; SMITH, B. H. E.; MCCARTHY, K. P. A non–invasive method for assessing the effect of diet on urinary calcium oxalate and struvite relative supersaturation in the cat. An Technology, v. 50, p. 61–67, 1999.

OSBORNE; C. A.; LULICH, J. P.; POLZIN, D. J. et al. Analysis of 77,000 canine uroliths. Perspectives from the Minnesota Urolith Center. Vet Clin of North Am Small Anim Pract, v. 29, n. 1, p. 17-38, 1999.

QUÉAU, Y.; BIOURGE. V. Urinary relative supersaturation and urolithiasis risk. Vet Focus, v. 24, n. 1, p. 24-29, 2014.

REYNOLDS et al. Effects of dietary salt intake on renal function: a 2-year study in healthy aged cats. J Vet Intern Med, v. 27, p. 507-515, 2013.

STEVENSON, A. E.; HYNDS, W. K.; MARKWELL, P. J. Effect of dietary moisture and sodium content on urine composition and calcium oxalate relative supersaturation in healthy miniature schnauzers and labrador retrievers. Research in Vet Science, v. 74, p. 145–151, 2003.

STEVENSON, A. E.; MARKWELL, P. J. Comparison of urine composition of healthy Labrador Retrievers and Miniature Schnauzers. Am J Vet Res, v. 62, n. 1, p. 1782 – 1786, 2001.

VRABELOVA, D.; SILVESTRINI, P.; CIUDAD, J.; GIMENEZ, J. C.; BALLESTEROS, M.; PUIG, P.; COPEGUI, R. R. Analysis of 2735 canine uroliths in Spain and Portugal. A retrospective study: 2004-2006. Research Veterinary Science, v. 91, n. 2, p. 208-211, 2011.

Publicado por Royal Canin

ROYAL CANIN® traz para o mercado alimento que auxilia o tratamento de cálculos urinários em cães de pequeno porte

Urinary Small Dog atua de forma precisa no manejo das urolitíases, além de atender as demais particularidades dos cães com até 10kg quando adultos

As doenças do trato urinário inferior em cães, em especial a ocorrência de urolitíases (cálculos urinários), estão dentre as mais importantes causas de busca de auxílio veterinário. Pensando na população de cães de pequeno porte, a ROYAL CANIN®, marca da Mars que é referência em Nutrição Saúde para gatos e cães, traz ao mercado brasileiro mais uma inovação: Urinary Small Dog.

O produto, que atende as necessidades específicas para manejo de cálculos urinários em cães de pequeno porte (até 10 kg quando adultos), contém matérias-primas com baixos teores de minerais e tecnologia RSS (Supersaturação Relativa da Urina), que garante alta eficácia na dissolução de cálculos de estruvita e, ao mesmo tempo, evita a formação de cálculos de oxalato de cálcio. Além disso, o alimento possui um teor adequado de sódio (dentro dos limites recomendados), que estimula a ingestão de água, promovendo o aumento do volume urinário com consequente diluição da urina.

“Para a ROYAL CANIN®, gatos e cães estão em primeiro lugar e representam o eixo central de todo o nosso processo de inovação. Nossa busca por novas soluções nutricionais é constante e conta com a expertise de profissionais parceiros, assim como de renomados centros de pesquisas como WALTHAM®, na Inglaterra, e o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento da ROYAL CANIN®, na França”, afirma Carolina Padovani, Gerente de Comunicação Científica da ROYAL CANIN® Brasil.

Cães pequenos também apresentam maior predisposição ao desenvolvimento de doença periodontal, pois o acúmulo de cálculo dental é bastante rápido e intenso. A ação mecânica proporcionada pelo croquete de Urinary Small Dog, com formato e textura ideal, associada à ação química do tripolifosfato de sódio, que sequestra o cálcio da saliva, limitam a formação do cálculo dental. Outro diferencial do alimento é sua palatabilidade reforçada. Cães pequenos apresentam menos células olfatórias quando comparados a cães de médio e grande porte, por isso, o apetite destes animais tende a ser mais caprichoso.

Sendo a alimentação coadjuvante ao tratamento convencional, a recomendação nutricional deve ser realizada por um Médico-Veterinário, que poderá orientar o tutor e acompanhar o paciente.

Urinary Small Dog está disponível na versão seca, em embalagens de 2 kg e 7,5 kg.

Além do lançamento Urinary Small Dog, a Linha Veterinary Diet ROYAL CANIN® conta ainda com os alimentos Urinary Canine (para cães adultos de portes médio, grande e gigante) e Urinary Feline (gatos adultos), nas versões seca e úmida, que colaboram para:

  • Dissolução de cálculo de estruvita;
  • Prevenção da recidiva de cálculos de estruvita ou oxalato de cálcio;
  • Manejo de cistite bacteriana (cães);
  • Manejo da cistite intersticial (gatos).

Sobre ROYAL CANIN®

A multinacional Royal Canin é uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade nutricional para Gatos e Cães, com 13 fábricas no mundo e presente em 92 países. Desde sua fundação em 1968, considera sempre o Gato e o Cão em primeiro lugar e tem sua história focada no conhecimento e respeito por estes animais.

Em 2002, passou a fazer parte da Mars, Inc., líder mundial em alimentos para animais de estimação. A unidade brasileira da Royal Canin está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990, e conta com o apoio logístico de 37 distribuidores exclusivos. Disponibilizam ao mercado mais de 150 alimentos, incluindo produtos específicos para raças, portes, idades, estilos de vida, necessidades específicas, cuidados especiais e auxiliares no tratamento de algumas doenças. Seus produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 15 mil pontos de vendas no Brasil.

Royal Canin leva conhecimento sobre nutrição animal ao 36º Congresso da Anclivepa

Royal Canin leva conhecimento sobre nutrição animal ao 36º Congresso da Anclivepa

O novo portal da Royal Canin dedicado ao Médico-Veterinário, gastroenterologia e obesidade são os temas em destaque neste ano

A Royal Canin, uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade nutricional para gatos e cães, leva ao 36º Congresso da Anclivepa três dos maiores especialistas nacionais em dermatologia, gastroenterologia e obesidade para enriquecer a programação científica e contribuir com o conhecimento sobre nutricional animal dos Médicos-Veterinários presentes.

Os temas e convidados da Royal Canin são:

·         Dermatologia – Dra. Flavia Clare, Médica-Veterinária, mestre em patologia animal, pró-reitora de Ciências da Saúde e Humanas na Universidade Severino Sombra e coordenadora do curso de medicina veterinária.

·         Gastroenterologia – Dr. Ricardo Duarte, Médico-Veterinário, doutor em clínica veterinária, professor universitário e sócio-fundador da Associação Brasileira de Endocrinologia Veterinária.

·         Obesidade – Dra. Alessadra Vargas, sócia diretora da Endocrinovet e coordenadora do curso de especialização em endocrinologia e metabologia em pequenos animais da Anclivepa.

Além de levar esses profissionais à Programação Científica e ser patrocinadora diamante do evento, a Royal Canin realizará workshops diários em seu estande sobre problemas gastrintestinais conduzidos pelo Dr. Ricardo Duarte. A vagas são limitadas, e a inscrição ocorre no estande da empresa, diariamente na abertura do evento.

O visitante do estande poderá conhecer e interagir com o novo portal da Royal Canin dedicado exclusivamente ao Médico-Veterinário. Também será apresentada uma ferramenta inédita, que tem por objetivo auxiliar os profissionais na escolha e indicação do melhor alimento para cada enfermidade, de forma completa e personalizada.

No estande será possível conhecer melhor as mais de 150 opções de alimentos para gatos e cães com alta precisão nutricional que a empresa comercializa no país. Entre os destaques estarão os lançamentos da linha gastrintestinal (Gastro Intestinal Junior, Gastro Intestinal Fibre Response, Gastro Intestinal Moderate Calorie) alimentos para animais com problemas gastrintestinais; a linha dermatológica para cães com Skin Care e Hypoallergenic Small Dog; alimentos para gatos e cães diabéticos; e alimentos úmidos para gatos idosos na primeira e segunda fases do envelhecimento.

Royal Canin lança primeiro portal interativo exclusivo para Médicos-Veterinários

Portal Vet já está no ar e oferece informações, atendimento técnico em tempo real e facilidade no dia a dia dos clínicos veterinários

Como parte de seus esforços de compartilhar conhecimento e contribuir com as melhores técnicas e práticas dos Médicos-Veterinários, a Royal Canin Brasil lança o primeiro portal online interativo exclusivo para esses profissionais, o Portal Vet (portalvet.royalcanin.com.br).

Nesse ambiente virtual, os Médicos-Veterinários encontram artigos técnicos, fóruns de discussões, notícias sobre o mercado e a agenda dos principais eventos relacionados a gatos e cães organizados, patrocinados ou apoiados pela empresa.

Os destaques ficam por conta de duas ferramentas que utilizam um completo banco de dados e tecnologia interativa. A primeira ferramenta é a consulta dos alimentos coadjuvantes Royal Canin da Linha Veterinária, tendo como filtro de pesquisa as principais doenças ou condições que possam alterar a fisiologia e metabolismo normais do gato ou cão que merecem atenção, como perturbações digestivas, obesidade, atopia e dermatite atópica ou afecções do trato urinário. Com base nessas informações, o sistema apresenta as opções de produtos e uma detalhada descrição, com indicações, contraindicações, níveis de garantia, composição e quantidade diária recomendada para cada paciente.

A segunda e mais importante ferramenta para o dia a dia do clínico veterinário é o App Nutrivet, uma ferramenta inédita e exclusiva que, levando em consideração informações sobre o paciente, auxilia o Médico-Veterinário na recomendação de uma prescrição nutricional completa e precisa, finalizando com a emissão de um documento personalizado com logomarca da clínica e nome do Médico-Veterinário, nome do proprietário e do animal, peso e quantidade diária recomendada de energia e do alimento escolhido. Martin Hofling, Gerente de Produto da Linha Veterinária da Royal Canin, comenta que esse sistema foi desenvolvido para auxiliar na rotina de todos os Médicos Veterinários, facilitando a prescrição alimentar. “Nesses 25 anos de Brasil a Royal Canin conhece muito bem a realidade dos Médicos-Veterinários e das clínicas”, comenta Martin. “Por isso entendemos a dificuldade que é manter-se completamente atualizado sobre as opções de alimentos disponíveis para os mais diversos problemas de saúde dos gatos e cães”, complementa.

Esse procedimento facilita o atendimento completo ao paciente, que pode receber a indicação do alimento coadjuvante, cuidados gerais e recomendação alimentar com elevada precisão nutricional sem que, para isso, o profissional seja especialista em nutrição animal.

O Portal Vet é gratuito e só pode ser acessado por Médicos-Veterinários cadastrados no site. Além dos serviços comentados, o Portal permite o contato por chat diretamente com um Médico-Veterinário da Royal Canin. “Esse é outro diferencial”, explica Martin. “O atendimento técnico direto e em tempo real encurta o caminho para o clínico e permite, por exemplo, o esclarecimento de dúvidas durante um atendimento.”

Acesse o tutorial para conhecer mais: https://www.youtube.com/watch?v=TsI8tFskCbU

Portal Vet – espaço dedicado ao Médico-Veterinário

Endereço: portalvet.royalcanin.com.br

  • Artigos técnicos
  • Fóruns de discussão sobre cães e gatos
  • Últimas notícias sobre nutrição, medicina veterinária e mercado
  • Agenda de eventos
  • Informações de produtos Royal Canin
  • App Nutrivet – prescrição nutricional precisa e completa
  • Newsletters informativas
  • Atendimento via chat por Médico-Veterinário

Sobre a Royal Canin Brasil

A multinacional Royal Canin é uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade nutricional para Gatos e Cães, com 13 fábricas no mundo e presente em 92 países. Desde sua fundação em 1968, considera sempre o Gato e o Cão em primeiro lugar e tem sua história focada no conhecimento e respeito por estes animais.

Em 2001, passou a fazer parte da Mars, Inc., líder mundial em alimentos para animais de estimação.

A unidade brasileira da Royal Canin está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990, e conta com o apoio logístico de 36 distribuidores exclusivos. Disponibiliza ao mercado mais de 150 alimentos, incluindo produtos específicos para raças, portes, idades, estilos de vida, necessidades específicas, cuidados especiais e auxiliares no tratamento de algumas doenças. Seus produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 15 mil pontos de vendas no Brasil.

Saiba mais em www.royalcanin.com.br. Siga-nos também no www.facebook.com/royalcanindobrasil,www.twitter.com/royal_canin e www.youtube.com/royalcaninbrasil

Informações para a imprensa

Royal Canin | LVBA Comunicação

André Lorenzetti (andre.lorenzetti@lvba.com.br) – (11) 3039-0659

Mara Moraes (mara.moraes@lvba.com.br) – (11) 3039-3909

É hoje, 15/7, em Curitiba, a palestra ‘Clínica próspera, pacientes saudáveis e clientes satisfeitos. É possível e só depende de você’

Royal Canin convida a todos: O MV, MSc Renato Costa, responsável pelo canil da polícia federal no RJ e gestor da Animália Cliníca Veterinária (Barra da Tijuca e Ipanema – RJ) dá palestra sobre gestão e marketing.

Local: UFPR
Jardim Botânico
Curitiba – PR

Horário: 19 às 22hs

Entrada gratuita para associados da Anclivepa-PR. Não sócio: R$ 100 profissional e R$ 60 graduando.

Confirmação de presença até 13/07 com Michele e Rose no telefone (041) 3372-4333 – ramal 214 e 217 ou pelo e-mailsac.petland@gmail.com

Clínica próspera, pacientes saudáveis e clientes satisfeitos. É possível e só depende de você.

Royal Canin convida a todos: O MV, MSc Renato Costa, responsável pelo canil da polícia federal no RJ e gestor da Animália Cliníca Veterinária (Barra da Tijuca e Ipanema – RJ) dará palestra sobre gestão e marketing.

Local: Av. Presidente Tancredo Neves, 525 – Vila Moinho Velho – São Paulo | SP (estacionamento no local)

Horário:

Welcome Coffee 19:30

Início 20:15

Confirmação de presença acom Michele e Rose no telefone (011) 9682-93666 ou pelo e-mail beatriz.soraya@akron-gsp.com.br

Royal Canin lança primeiro portal interativo exclusivo para Médicos-Veterinários

Portal Vet já está no ar e oferece informações, atendimento técnico em tempo real e facilidade no dia a dia dos clínicos veterinários

Como parte de seus esforços de compartilhar conhecimento e contribuir com as melhores técnicas e práticas dos Médicos-Veterinários, a Royal Canin Brasil lança o primeiro portal online interativo exclusivo para esses profissionais, o Portal Vet (www.portalvet.royalcanin.com.br).

Nesse ambiente virtual, os Médicos-Veterinários encontram artigos técnicos, fóruns de discussões, notícias sobre o mercado e a agenda dos principais eventos relacionados a gatos e cães organizados, patrocinados ou apoiados pela empresa.

Os destaques ficam por conta de duas ferramentas que utilizam um completo banco de dados e tecnologia interativa. A primeira ferramenta é a consulta dos alimentos coadjuvantes Royal Canin da Linha Veterinária, tendo como filtro de pesquisa as principais doenças ou condições que possam alterar a fisiologia e metabolismo normais do gato ou cão que merecem atenção, como perturbações digestivas, obesidade, atopia e dermatite atópica ou afecções do trato urinário. Com base nessas informações, o sistema apresenta as opções de produtos e uma detalhada descrição, com indicações, contraindicações, níveis de garantia, composição e quantidade diária recomendada para cada paciente.

A segunda e mais importante ferramenta para o dia a dia do clínico veterinário é o App Nutrivet, uma ferramenta inédita e exclusiva que, levando em consideração informações sobre o paciente, auxilia o Médico-Veterinário na recomendação de uma prescrição nutricional completa e precisa, finalizando com a emissão de um documento personalizado com logomarca da clínica e nome do Médico-Veterinário, nome do proprietário e do animal, peso e quantidade diária recomendada de energia e do alimento escolhido. Martin Hofling, Gerente de Produto da Linha Veterinária da Royal Canin, comenta que esse sistema foi desenvolvido para auxiliar na rotina de todos os Médicos Veterinários, facilitando a prescrição alimentar. “Nesses 25 anos de Brasil a Royal Canin conhece muito bem a realidade dos Médicos-Veterinários e das clínicas”, comenta Martin. “Por isso entendemos a dificuldade que é manter-se completamente atualizado sobre as opções de alimentos disponíveis para os mais diversos problemas de saúde dos gatos e cães”, complementa.

Esse procedimento facilita o atendimento completo ao paciente, que pode receber a indicação do alimento coadjuvante, cuidados gerais e recomendação alimentar com elevada precisão nutricional sem que, para isso, o profissional seja especialista em nutrição animal.

O Portal Vet é gratuito e só pode ser acessado por Médicos-Veterinários cadastrados no site. Além dos serviços comentados, o Portal permite o contato por chat diretamente com um Médico-Veterinário da Royal Canin. “Esse é outro diferencial”, explica Martin. “O atendimento técnico direto e em tempo real encurta o caminho para o clínico e permite, por exemplo, o esclarecimento de dúvidas durante um atendimento.”

Acesse o tutorial para conhecer mais: https://www.youtube.com/watch?v=TsI8tFskCbU

Portal Vet – espaço dedicado ao Médico-Veterinário

Endereço: www.portalvet.royalcanin.com.br

  • Artigos técnicos
  • Fóruns de discussão sobre cães e gatos
  • Últimas notícias sobre nutrição, medicina veterinária e mercado
  • Agenda de eventos
  • Informações de produtos Royal Canin
  • App Nutrivet – prescrição nutricional precisa e completa
  • Newsletters informativas
  • Atendimento via chat por Médico-Veterinário

 

 

Sobre a Royal Canin Brasil

A multinacional Royal Canin é uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade nutricional para Gatos e Cães, com 13 fábricas no mundo e presente em 92 países. Desde sua fundação em 1968, considera sempre o Gato e o Cão em primeiro lugar e tem sua história focada no conhecimento e respeito por estes animais.

Em 2001, passou a fazer parte da Mars, Inc., líder mundial em alimentos para animais de estimação.

A unidade brasileira da Royal Canin está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990, e conta com o apoio logístico de 36 distribuidores exclusivos. Disponibiliza ao mercado mais de 150 alimentos, incluindo produtos específicos para raças, portes, idades, estilos de vida, necessidades específicas, cuidados especiais e auxiliares no tratamento de algumas doenças. Seus produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 15 mil pontos de vendas no Brasil.

Saiba mais em www.royalcanin.com.br. Siga-nos também no www.facebook.com/royalcanindobrasil,www.twitter.com/royal_canin e www.youtube.com/royalcaninbrasil

Informações para a imprensa

Royal Canin | LVBA Comunicação

André Lorenzetti (andre.lorenzetti@lvba.com.br) – (11) 3039-0659

Mara Moraes (mara.moraes@lvba.com.br) – (11) 3039-3909

Pets na fase senil requerem cuidado redobrado com doenças comuns da idade

Os cães apresentam os primeiros sinais de velhice em torno do sétimo ou décimo ano de idade. De acordo com o médico-veterinário do Hospital Veterinário Pet Care (São Paulo/SP), Marcelo Quinzani, um cão pode ser considerado idoso quando já viveu 75% de sua expectativa de vida e esse cálculo depende da raça do animal. Quanto maior a raça do cão, menos tempo ele vive e, consequentemente, se torna idoso mais cedo.

O aparecimento de pelos brancos no focinho e ao redor dos olhos, a perda de vitalidade, disposição e a dificuldade em fazer alguns esforços físicos já não são mais os únicos transtornos apresentados. Quando o pet chega à idade senil, os processos degenerativos tornam-se mais comuns e passam a progredir de maneira mais rápida, comprometendo a saúde do pet. “Atualmente, ressaltamos a obesidade e doenças relacionadas a ela como os problemas mais frequentes e mais precoces no processo de envelhecimento canino”, completa.

Para Quinzani, doenças hormonais, como Hipotireoidismo e Hiperadrenocorticismo, também são muito comuns nesta fase e, quanto mais idoso o animal, maior será sua predisposição para desenvolver tumores e neoplasias. Daí a importância das visitas cada vez mais frequentes ao veterinário.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD

Publicado por Royal Canin.

ROYAL CANIN® traz único alimento úmido para gatos do mercado que ajuda na eliminação dos pelos ingeridos

Sachê Hairball Care Wet faz parte da linha Feline Care Nutrition e pode ser oferecido ao gato como substituto do alimento seco

Já está disponível no mercado o novo produto do portfólio de Feline Care Nutrition, linha de alimentos da ROYAL CANIN® com eficácia comprovada e resultados visíveis, que atende as diferentes sensibilidades dos felinos: o Hairball Care Wet.

Este alimento úmido foi desenvolvido a partir de avançados estudos no Centro de Pesquisa da marca, na França. Com o uso contínuo de Hairball Care Wet, a eliminação dos pelos ingeridos, através da excreção, é visível. As bolas de pelo são um problema recorrente entre os felinos e podem causar desde falta de apetite, problemas gastrintestinais, constipação e, em casos extremos, até óbito.

“Os gatos ingerem espontaneamente cerca de 2/3 dos pelos que caem, principalmente por conta da sua higienização diária. Outro fator que predispõe a formação das bolas de pelos é a época do ano: no verão e na primavera o gato tende a ingerir mais pelos e parte desse material pode ficar acumulada no trato digestório causando sérias complicações gastrintestinais. Por isso, a preocupação da ROYAL CANIN® em desenvolver um alimento para melhorar a qualidade de vida dos gatos”, afirma Luciana Cristina Baldini Peruca, Coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin Brasil.

Hairball Care Wet é composto por fibras solúveis (Psyllium) e insolúveis (celulose) que, em equilíbrio, agem facilitando a eliminação dos pelos ingeridos pelas fezes e evitando a formação das bolas de pelos. Atualmente, este é o único alimento úmido no mercado que auxilia na eliminação dos pelos ingeridos pelos gatos adultos (com mais de 1 ano de idade).

Os alimentos úmidos da ROYAL CANIN® são completos e balanceados e, por isso, podem ser substitutos da alimentação seca dos felinos, sem nenhum prejuízo nutricional.

Hairball Care Wet já está disponível nas lojas de todo o Brasil.

Gatos no Brasil

Recentemente, o IBGE divulgou pesquisa mostrando que a população de gatos em domicílios brasileiros foi estimada em 22,1 milhões, o que representa aproximadamente 1,9 gato por domicílio.

A ROYAL CANIN®, atenta a este cenário, acredita que Hairball Care Wet será um produto com  excelência reconhecida tanto pelos tutores (donos de gatos) como pelos prescritores (Médicos-Veterinários, criadores e lojistas).

Sobre ROYAL CANIN®

A multinacional Royal Canin é uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade nutricional para Gatos e Cães, com 13 fábricas no mundo e presente em 92 países. Desde sua fundação em 1968, considera sempre o Gato e o Cão em primeiro lugar e tem sua história focada no conhecimento e respeito por estes animais.

Em 2001, passou a fazer parte da Mars, Inc., líder mundial em alimentos para animais de estimação.

A unidade brasileira da Royal Canin está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990, e conta com o apoio logístico de 36 distribuidores exclusivos. Disponibilizam ao mercado mais de 150 alimentos, incluindo produtos específicos para raças, portes, idades, estilos de vida, necessidades específicas, cuidados especiais e auxiliares no tratamento de algumas doenças. Seus produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 15 mil pontos de vendas no Brasil.

ROYAL CANIN® lança estudo global inédito sobre perda de peso de cães e gatos no Congresso Brasileiro da Anclivepa

Empresa organiza ainda a 6ª edição do Fórum de Nutrição Clínica.

Entre os dias 12 e 14 de Maio, a cidade de Goiânia-GO receberá o maior evento da Medicina Veterinária do Brasil, o 37º Congresso Brasileiro da Anclivepa. O objetivo é reunir Médicos-Veterinários para compartilhar e discutir recentes descobertas e soluções para os diversos temas que envolvem o universo de pequenos animais.

Pelo 5º ano consecutivo, a ROYAL CANIN®, referência em Nutrição Saúde para gatos e cães, é responsável pelo Fórum de Nutrição Clínica, evento que acontece paralelo ao Congresso. Durante dois dias, o Fórum contará com a presença de especialistas que abordarão temas relacionados à alimentação de pequenos animais. Clique aqui e confira a programação completa.

“É uma honra poder fazer parte, mais uma vez, de um evento dessa magnitude e importância para a comunidade científica e veterinária. Compartilhar conhecimento está no DNA da Royal Canin e não seria diferente na Anclivepa, onde traremos o que há de mais inovador em alimentação durante um tratamento de obesidade e também dados de um estudo inédito global sobre o tema, afirma Glaucia Gigli, Gerente de Marketing Veterinário da Royal Canin Brasil.

No estande da empresa, o destaque fica por conta dos workshops ministrados pelos especialistas Alan Gomes Poppl (Endocrinologia) e Giovana Mazzotti (Medicina Felina). Além disso, os participantes poderão conhecer a Linha Satiety, que traz recentes lançamentos focados na saciedade do animal durante um programa de perda de peso, e também um estudo mundial inédito sobre obesidade, realizado com 1.325 gatos e cães de 27 países, incluindo o Brasil, e que contou com a parceria de 450 Médicos-Veterinários.
Serviço:

37º Congresso Brasileiro da Anclivepa 2016

Data: 12 a 14 de Maio

Local: Centro de Convenções de Goiânia – GO

Para mais informações, acesse o site do evento.

Sobre ROYAL CANIN®

A multinacional Royal Canin é uma das maiores fabricantes mundiais de alimentos de alta qualidade nutricional para Gatos e Cães, com 13 fábricas no mundo e presente em 92 países. Desde sua fundação em 1968, considera sempre o Gato e o Cão em primeiro lugar e tem sua história focada no conhecimento e respeito por estes animais.

Em 2001, passou a fazer parte da Mars, Inc., líder mundial em alimentos para animais de estimação.

A unidade brasileira da Royal Canin está instalada em Descalvado, interior de São Paulo, desde 1990, e conta com o apoio logístico de 36 distribuidores exclusivos. Disponibilizam ao mercado mais de 150 alimentos, incluindo produtos específicos para raças, portes, idades, estilos de vida, necessidades específicas, cuidados especiais e auxiliares no tratamento de algumas doenças. Seus produtos estão disponíveis em canais especializados, entre os quais, clínicas veterinárias e pet shops, em mais de 15 mil pontos de vendas no Brasil.

Publicado por Royal Canin.