Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Benzilpenicilina Benzatina
  • Benzilpenicilina Potássica
  • Benzilpenicilina Procaína
  • Sulfato de Estreptomicina
  • Diluente: Diclofenaco Sódico

Classificaçāo

Antibiótico

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada frasco contém:

Benzilpenicilina benzatina 3.000.000 UI

Benzilpenicilina potássica 1.500.000 UI

Benzilpenicilina procaína 1.500.000 UI

Estreptomicina (sulfato) 2,5 g


Diluente:

Diclofenaco sódico 225 mg

Veículo q.s.p 15 mL

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Esta associação de antimicrobianos e antiinflamatório é indicada para diversas doenças infecciosas e inflamatórias causadas por bactérias gram-positivas e gram-negativas, nos tratos digestivo, respiratório, genito-urinário, pele, articulações e tecidos moles nos bovinos e eqüinos.

Bovinos:

Pneumonia bacteriana e pasteurelose (Pasteurella spp., Haemophilus spp., Klebsiella spp.)

Pneumonia (Pasteurella spp., Pasteurella multocida, Haemophilus spp, Klebsiella spp.)

Actinomicose (Actinomyces bovis)

Actinobacilose (Actinobacillus spp.)

Fases iniciais do carbúnculo hemático (Bacillus anthracis), sintomático (Clostridium chauvoei) e edema maligno (Clostridium novyi, Clostridium septicum)

Septicemia hemorrágica (Pasteurella spp.),

Leptospirose (Leptospira spp.)

Pododermatites - podridão dos cascos (Fusobacterium necrophorum)

Difteria (Fusobacterium necrophorum, Streptococcus spp.)

Difteria dos bezerros, diarréia bacteriana infecciosa (Salmonella spp)

Metrite (Bacillus spp., Escherichia spp., Klebsiella spp, Staphylococcus spp., Streptococcus spp., Corynebacterium spp.)

Mastite (Staphylococcus aureus, Streptococcus agalactiae, Streptococcus dysgalactiae, Streptococcus uberis)

Sinovite (Staphylococcus aureus)

Artrite infecciosa (Escherichia coli, Salmonella spp., Erysipelothrix spp., Staphylococcus spp, Corynebacterium spp.).

Artrites piogênicas (Staphylococcus spp, Corynebacterium spp.).

Pericardite (Streptococcus spp.)

Peritonite (Streptococcus spp.)

Feridas infecciosas (Staphylococcus spp., Streptococcus spp., Escherichia coli, Pseudomonas spp.)

Fístulas purulentas (C. pyogenes),

Abscessos (Staphylococcus spp., Streptococcus spp.)

Dermatofilose (Dermatophilus congolensis)

Queratoconjuntivite infecciosa (Moraxella bovis)

Na prevenção de infecções pós-cirúrgicas e pós parto(*)

Eqüinos:

Garrotilho (Streptococcus spp.)

Fases iniciais do tétano (Clostridium tetani)

Pneumonia corinebacteriana dos potros (Corynebacterium equi)

Infecções respiratórias, cólera dos potros, septicemia hemorrágica (Pasteurella multocida)

Na prevenção de infecções pós-cirúrgicas e pós parto(*)

(*) a critério do Médico Veterinário.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Sensibilidade a qualquer dos antibióticos que integram a formulação.

EFEITOS ADVERSOS

As propriedades tóxicas diretas das penicilinas são mínimas podendo ocorrer raras reações cutâneas moderadas e transitórias; quando presente utilizar antihistamínicos.

A estreptomicina pode provocar reações alérgicas em bovinos.

Administração e doses

Via(s)

IM Profunda

Doses

Recomendado

Bovinos e Equinos

1 - 1,5 mL / 30-40 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

A dose recomendada para bovinos e equinos é de 8.000 a 24.000 UI por quilo de peso corporal ou 1 a 1,5 mL para cada 30 a 40 kg de peso corporal.

Doses com volumes superiores a 15 mL, deverão ser divididas em mais de um ponto de aplicação.

Continuar o tratamento por 24 a 48 horas após o desaparecimento dos sintomas. As doses poderão ser alteradas à critério do Médico Veterinário.


Administração:

Com o auxílio de uma seringa retirar o diluente contido na ampola e injetá-lo dentro do frasco contendo o pó. Agitar vigorosamente até obter suspensão uniforme.

Administrar via intramuscular profunda. No tratamento de abcessos, recomenda-se também, proceder a infiltração local após a drenagem do pus.

É aconselhável a preparação da suspensão no momento da aplicação.

Usar seringas e agulhas estéreis.

O uso da associação pode causar reações de hipersensibilidade.

Não utilizar via endovenosa.

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não informado

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

Esta associação é incompatível com sulfas, umidade e oxigênio ocorrendo perda da atividade.

EFEITOS ADVERSOS

As propriedades tóxicas diretas das penicilinas são mínimas podendo ocorrer raras reações cutâneas moderadas e transitórias; quando presente utilizar antihistamínicos.

A estreptomicina pode provocar reações alérgicas em bovinos.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.