Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Cloridrato de Cetamina

Classificaçāo

Anestésico

Receita

Controle Especial - Veterinário

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Cetamina (cloridrato) 10,0 g

Veículo estéril q.s.p. 100,0 mL

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado como agente anestésico único para procedimentos cirúrgicos e diagnósticos que não necessitem de relaxamento da musculatura esquelética. É empregado para pequenos procedimentos, mas pode ser usado em doses adicionais para procedimentos mais prolongados.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Cetamina é contraindicada em animais acometidos de disfunção hepática ou renal, em lesões cranianas, animais com reserva cardiopulmonar reduzida, animais epilépticos, presença de pressão intraocular aumentada, de lesão aberta do olho e em animais com quadro tirotóxíco.

Cautela em animais idosos, gestantes, animais sujeitos a episódios epilépticos e hipertensos.

EFEITOS ADVERSOS

Não foram relatados quaisquer efeitos de natureza carcinogênica, teratogênica, mutagênica, hipersensibilidade e sobre a flora normal. Tampouco se observou a resistência aos agentes patógenos e discrasias sanguíneas. O produto não causa dependência física ou psíquica nas doses indicadas.

Administração e doses

Via(s)

IV

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

De acordo com a necessidade.

Cetamin 10 %

Recomendado

Bovinos e Equinos

2 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Os efeitos extrapiramidais observados com o uso isolado à base de Cetamina são suprimidos pelo emprego de MPA (Medicamento Pré-Anestésico) à base de fenotiazínicos.

O Cloridrato de Cetamina deve ser aplicado lentamente por via endovenosa, a fim de se evitar as alterações dos parâmetros fisiológicos de maneira abrupta, fato não observado quando aplicado por via intramuscular. Cetamin é o agente anestésico único para procedimentos cirúrgicos e diagnósticos que não necessitem de relaxamento da musculatura esquelética.

Interações medicamentosas

Barbitúricos

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos barbitúricos

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Ajustar dose

Cloridrato de Xilazina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Inibição da depressão profunda do sistema cardiovascular provocado pela Xilazina, além de reduzir a catatonia que a Cetamina produz

Conduta

Ajustar dose

Halotano

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipotensão e diminuição do débito cardíaco

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Evitar o uso

Hormônio da tireóide

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipertensão arterial e taquicardia

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Evitar o uso

Tubocurarina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Depressão respiratória prolongada

Mecanismo de Ação

Aumento na liberação de acetilcolina e uma diminuição da sensibilidade da membrana pós-sináptica

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A cetamina induz anestesia e amnesia por ruptura do sistema nervoso central mediante estímulo acentuado ou indução de um estado cataléptico. Possui rápido início de ação após a administração intramuscular ou endovenosa, devido sua elevada lipossublidade, sobre o sistema nervoso central.

FARMACOCINÉTICA

A combinação da depuração rápida e grande volume de distribuição da cetamina resulta em meia-vida de eliminação de 2 a 3 horas após a dose endovenosa única, embora essa porra ser mais curta, quando estimulada pelo uso de método de infusão contínua, por razões obscuras.

A cetamina liga-se a proteínas plasmáticas em até 45% a 50%, com maior afinidade pela glicoproteína ácida afla do que pela albumina.

EFEITOS ADVERSOS

Não foram relatados quaisquer efeitos de natureza carcinogênica, teratogênica, mutagênica, hipersensibilidade e sobre a flora normal. Tampouco se observou a resistência aos agentes patógenos e discrasias sanguíneas. O produto não causa dependência física ou psíquica nas doses indicadas.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.