Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Detomidina

Classificaçāo

Anestésico, Sedativo, Analgésico

Receita

Controle Especial - Veterinário

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Detomidina 1,0 g

Veículo q.s.p 100,0 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

O contato com a pele e mucosas deve ser evitado, se a contaminação ocorrer, na pele ou na mucosa, a área deve ser imediatamente lavada com água. Venda sob prescrição obrigatória e aplicação sob orientação do Médico Veterinário. Proibido para uso humano.

ARMAZENAMENTO

Conservar a temperatura ambiente (15°C a 30°C), em local seco e ao abrigo da luz solar direta. Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura sob o n° 8.320/02 em 30/08/2002

Responsável técnico

Dra. Vera de Fátima Costa Calixto - CRF/SP n° 11.427

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Detomidin® é indicado para contenção de animais, para promoção de sedação e analgesia em procedimentos e exames clínicos, pequenas cirurgias e como agente pré-anestésico em equinos e bovinos.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

A Detomidina é contraindicada para animais com deficiência cardíaca ou com deficiência hepática ou renal.

A Detomidina potencializa a ação de outros sedativos e anestésicos.

O uso concomitante com sulfonamidas pode causar arritmias.

Detomidin pode interagir com sulfonamidas, provocando efeitos colaterais adversos, por isso não se recomenda a utilização de sulfas, potencializadas ou não, em animais medicados com Detomidin durante um período de 15 dias.

EFEITOS ADVERSOS

Efeitos colaterais são extremamente raros. Pode produzir piloereção, sudorese, prolapso peniano parcial, salivação e, ocasionalmente leves tremores musculares.

A detomidina pode causar uma diminuição da frequência cardíaca, bloqueio da condução (sinoatrial e atrioventricular), alteração da frequência respiratória e suave surdez no gado.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O uso durante a gravidez ou lactação ainda não foi pesquisado adequadamente; não deve ser usado durante os três últimos meses de gestação.

SUPERDOSAGEM

A superdosagem é principalmente manifestada pela recuperação demorada da sedação ou anestesia. Em alguns casos individuais, pode ocorrer depressão circulatória e respiratória. Se a recuperação no animal for demorada, deve-se ter a certeza de que o animal poderá se recuperar em um local quieto e quente. Suplemento de oxigênio pode ser indicado nos casos de depressão circulatória e respiratória. Os efeitos de Detomidin® podem ser eliminados usando um antídoto específico.

Tratamento: Atipamezol. (Atipamezol que é um antagonista a2). O Atipamezol é administrado 2-5 vezes a dose administrada de Detomidina, calculada em μg/Kg(Por exemplo: Se for administrado a um cavalo, 20 μg/Kg (0,2 mL / 100 Kg), a dosagem do Atipamezol deve ser de 40 a 100 μg/Kg (0,8 e 2,0 mL / 100 Kg).

Administração e doses

Via(s)

IM

IV

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

De acordo com a necessidade.

Detomidin 1%

Recomendado

Bovinos

0 - 0,5 mL / 100 kg

calcular

Equinos

0,1 - 0,8 mL / 100 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Detomidin é o anestésico à base de Detomidina 1% que promove sedação e analgesia intensa, sendo muito utilizado para a sedação de equinos.

- Equinos

a) Dose de 10 pg/Kg (0,1 mL / 100 Kg):

Tranquilizações para explorações, exames clínicos gerais (boca, olhos, bochechas e órgãos genitais), colocação de ferraduras, exploração de cascos, retirada de pontos de

sutura, nivelamento dentário, exames clínicos moderadamente cruentos (sondagens nasogástricas, coleta de urina em machos e fêmeas) e coadjuvante em anestesias locais para pequenas excisões ou ferimentos.

b) Dose de 20 pg/Kg (0,2 mL / 100 Kg):

Tranquilizações para punções ou drenagem de abcessos, paracentese, exames radiológicos em animais indóceis, excisões de tumores cutâneos, endoscopias laringo¬faringeanas, coadjuvante para anestesias locais (palatites, suturas)

c) Dose de 30 pg/Kg (0,3 mL / 100 Kg)

Laparotomias pelo flanco com o animal em pé, suturas cutâneas, sem necessidade de anestesia local, anaplastias, transplantes de embriões, correções de dilacerações de fistulas retro-vaginais e laparoscopias.

d) Dose de 40 pg/Kg (0,4 mL / 100 Kg)

Orquiectomias (castrações), pequenas eventrações ou eviscerações. Nas doses acima mencionadas, obtém-se uma tranquilização leve, em 3 a 5 minutos, com duração de 30 a 60 minutos. Ocasionalmente podem aparecer pequenos tremores.

e) Doses de 40 pg/Kg a 80 pg/Kg (0,4 a 0,8 mL / 100 Kg)

Poderão ser necessárias em algumas situações. Nessas dosagens obtém-se uma tranquilização prolongada em 2 a 5 minutos com duração de 30 minutos a 2 horas. Ocasionalmente podem aparecer tremores, sudorese, ereção de pelos e espasmos musculares. - Bovinos

a) Dose de 50 pg/Kg (0,5 mL / 100 Kg)

Na dose acima indicada, administrada por via endovenosa ou intramuscular, obtém-se efeito de sedação e analgesia, indicados para as práticas de transferência de embrião, correções de dilacerações de fistulas retro-vaginais, cesarianas, cirurgia dos tetos, descoma, etc.

Modo de usar

Deve ser feito um exame minucioso em qualquer animal antes do uso da droga para sedação e/ou indução à anestesia. Quando administrado, o animal deve descansar em lugar quieto (deve-se evitar excesso de barulho). Antes de qualquer procedimento ser iniciado, a sedação precisa atingir o pico limite. Isso leva cerca de 10 minutos. No início do efeito, nota-se que o animal pode cambalear e os cavalos deixam a cabeça cair.

Interações medicamentosas

Acepromazina

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Severa hipotensão

Conduta

Incompatível

Opióides

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito aditivo

Conduta

Ajustar dose

Subst. Cardiopressoras

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Risco de arritmias

Conduta

Evitar o uso

Sulfonamida

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Disritmia grave

Conduta

Incompatível

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

A Detomidina pode potencializar o efeito de outros sedativos e anestésicos.

FARMACODINÂMICA

Detomidin® possui como substância ativa a Detomidina, que possui ação sedativa e analgésica. A estrutura química da Detomidina é cloridrato de 4-(2-3-dimethilbenzil) imidazol, trata-se, portanto, de um derivado imidazólico.

A Detomidina é um agonista α2 com um efeito central inibitório da transmissão dos impulsos nervosos mediados pela noradrenalina. Nos animais, o nível de consciência é

diminuído e o sentido da dor é aumentado. Detomidin® é um potente estimulante dos adrenorecptores α2 onde exerce forte ação sedativa e analgésica. A Detomidina diminui a frequência cardíaca e pode ocorrer bloqueio da condução. O corpo responde à diminuição da frequência cardíaca através da elevação da pressão sanguínea que retorna a linha basal ou um pouco abaixo dela, após 15 minutos. A frequência respiratória também é diminuída. Especialmente em doses altas, a sudorese ocorre em cavalos e alguns indivíduos desenvolvem piloereção. Ocorre prolapso peniano parcial, transitório em garanhões e castrados. No bovino, suave surdez, reversível, e aumento da secreção salivar são evidentes. Os níveis de glicose no sangue são elevados em ambas as espécies de animais. No bovino, podem ocorrer tremores musculares leves.

FARMACOCINÉTICA

O uso concomitante com sulfonamidas pode produzir arritmias cardíacas potencialmente fatais. Nos cavalos, injeções intravenosas da Detomidina produzem uma primeira fase de distribuição com meia-vida de 3 minutos, a fase de redistribuição com mais-vida de 47 minutos e uma meia-vida de eliminação de 9,7 horas.

A Detomidina é rapidamente absorvida após injeção intramuscular e o tempo máximo varia de 15 a 30 minutos. A Detomidina também é rapidamente distribuída Vd, varia entre 0,75 kg e 1,89 kg. A ligação protéica é de 75% a 85%. A Detomidina é oxidada principalmente no fígado, uma pequena proporção é metilada nos rins. V1/2 é de 1-2 horas.

O metabolismo em produtos hidroxilados e seus conjugados e excreção na urina parece ser a principal via de da eliminação, embora uma pequena quantidade da droga seja excretada nas fezes.

EFEITOS ADVERSOS

Efeitos colaterais são extremamente raros. Pode produzir piloereção, sudorese, prolapso peniano parcial, salivação e, ocasionalmente leves tremores musculares.

A detomidina pode causar uma diminuição da frequência cardíaca, bloqueio da condução (sinoatrial e atrioventricular), alteração da frequência respiratória e suave surdez no gado.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O uso durante a gravidez ou lactação ainda não foi pesquisado adequadamente; não deve ser usado durante os três últimos meses de gestação.

SUPERDOSAGEM

A superdosagem é principalmente manifestada pela recuperação demorada da sedação ou anestesia. Em alguns casos individuais, pode ocorrer depressão circulatória e respiratória. Se a recuperação no animal for demorada, deve-se ter a certeza de que o animal poderá se recuperar em um local quieto e quente. Suplemento de oxigênio pode ser indicado nos casos de depressão circulatória e respiratória. Os efeitos de Detomidin® podem ser eliminados usando um antídoto específico.

Tratamento: Atipamezol. (Atipamezol que é um antagonista a2). O Atipamezol é administrado 2-5 vezes a dose administrada de Detomidina, calculada em μg/Kg(Por exemplo: Se for administrado a um cavalo, 20 μg/Kg (0,2 mL / 100 Kg), a dosagem do Atipamezol deve ser de 40 a 100 μg/Kg (0,8 e 2,0 mL / 100 Kg).

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Distribuidores Syntec

Syntec

E-MAIL

sac@syntec.com.br

CONTATO(S)

Mila

REGIÕES ATENDIDAS

Todo o Brasil

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.