Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Abamectina

Classificaçāo

Endectocida

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

Em 100 mL de produto:

Abamectina 1,00 g

Veículo q.s.p. 100,00 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Evitar fumar ou alimentar-se durante o manuseio. Lavar as mãos após o manuseio.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças e dos animaisdomésticos.

ARMAZENAMENTO

Guardar as embalagens fechadas, em local seco, fresco e ao abrigo dos raios solares.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Para tratamento e controle das verminoses gastrintestinais e pulmonares dos bovinos.

Tratamento e/ou controle do berne, da sarna, do piolho e do carrapato dos bovinos.

Vermes gastrintestinais: Ostertagia ostertagi (adultos e larvas do 4º estágio, inclusive larvas com desenvolvimento inibido), Ostertagia Iyrata (adultos e larvas do 4º estágio), Haemonchus placei (adultos e larvas do 4º estágio), Trichostrongylus axei (adultos e larvas do 4º estágio), Trichostrongylus colubriformis (adultos e larvas do 4º estágio), Cooperia oncophora (adultos e larvas do 4º estágio), Cooperia punctata (adultos e larvas do 4º estágio), Cooperia pectinata (adultos e larvas do 4º estágio) Cooperia spp. adultos e larvas do e 4º estágio), Bunostomum phlebotomum (adultos e larvas do 3º e 4º estágios) Oesophagostomum radiatum (adultos e larvas do 4º estágio), Nematodirus helvetianus (adultos), Nematodirus spathiger (adultos), Strongyloides papillosus (adultos), Toxocara vitulorum (adultos), Chabertia ovina (adultos), Mecistocirrus digitatus (adultos), Trichuris spp. (adultos).

Outros nematódeos: Para laria bovicola (adultos).

Vermes pulmonares: Dictyocaulus viviparus (adultos e larvas do 4º estágio).

Bernes: larvas de Dermatobia hominis, Hypoderma spp.

Piolhos: Haematopinus eurytermus, Linognathus vituli, Solenoptes capillatus, Damalinia bovis (*).

Ácaros: Psoroptes ovis, P. communis var. bovis, Sarcoptes scabiei var. bovis, Chorioptes bovis (*).

Carrapatos: Boophilus microplus (*)

(*) AUXILIA O CONTROLE DESTES PARASITAS QUANDO USADO COMO PARTE DE UM PROGRAMA CONTÍNUO.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Abathor não deve ser aplicado pelas vias intravenosa ou intramuscular.

Não aplicar em animais com menos de 150 kg de peso.

Não tratar animais debilitados ou muito estressados.

Proibido o uso deste produto em bovinos de corte criados em regime de con namentos, semi-con namentos e em regime extensivo na fase de terminação.

Administração e doses

Via(s)

SC

Doses

Recomendado

Bovinos

1 mL / 50 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Abathor previne o desenvolvimento de bicheiras causadas pela larva Cochliomyia hominivorax. Bezerros já infestados pela bicheira devem ser tratados com mata bicheira tópico específico.

Modo de Usar: A aplicação deve ser subcutânea (sob a pele solta) na frente ou atrás da paleta.

Como em qualquer injeção, usar equipamento estéril e obedecer as normas de assepsia. ABATHOR não deve ser aplicado pelas vias endovenosa ou intramuscular.

Interações medicamentosas

Observações da interação

Desconhecida

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A família das avermectinas da qual o princípio ativo do ABATHOR é membro, atua sobre nematódeos parasitários (vermes redondos) e artrópodos.

Esta ação é exclusiva dos agentes antiparasitários da classe das avermectinas e envolve um composto químico neurotransmissor, denominado ácido gama aminobutírico ou GABA.

Em vermes redondos a abamectina estimula a liberação de GABA das terminações nervosas e intensi ca as uniões do GABA a receptores especiais localizados nas junções nervosas, interrompendo, desta maneira, os impulsos nervosos paralisando e matando o parasita.

A intensificação do efeito GABA em artrópodes tais como ácaros, é semelhante a que ocorre em vermes redondos exceto que os impulsos nervosos se interrompem entre as terminações nervosas e as células dos músculos. Uma vez mais, esta ação conduz à paralisia e a morte.

A abamectina não atua contra fascíolas e tênias, uma vez que estes parasitas não possuem o GABA como transmissor de impulsos nervosos. As doses recomendadas são seguras para os bovinos.

O neurotransmissor periférico principal em mamíferos, a acetilcolina, não é afetada pela abamectina. Nos mamíferos, a abamectina não chega a atuar no sistema nervoso central onde o GABA funciona como neurotransmissor.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.