Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Sulfóxido de Albendazol

Classificaçāo

Endoparasiticida

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

FÓRMULA (em 100 mL de produto):

Sulfóxido de Albendazol 10,00 g

Veículo q.s.p. 100,00 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Como qualquer anti-helmíntico, recomenda-se não submeter os animais a esforços prolongados ou movimentação exagerada antes e após o tratamento.

Usar equipamento estéril e obedecer as normas de assepsia.

Não dosificar animais febris e debilitados.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance de crianças e de animais domésticos.

Guardar as embalagens em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar direta.

Não reutilizar as embalagens vazias.

Não há relatos significativos de incompatibilidades no uso deste medicamento.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado no controle das principais verminoses gastrintestinais e pulmonares (nematódeos) que acometem os bovinos, Cestódeos (tênias) adultas e formas encistadas (cisticercose), Trematódeo (Fascíolas).

Possui ação contra vermes adultos, larvas (inclusive hipobióticas) e ovos, tendo assim ação sobre as 3 fases do ciclo de vida dos parasitas.

EFEITOS ADVERSOS

Albendathor Injetável apresenta grande margem de segurança, não produzindo efeitos adversos desde que respeitadas as dosagens indicadas.

Especial atenção deve ser dada na escolha do local de administração do produto.

Devido a alguns componentes de sua fórmula, pode ocasionalmente ocorrer tumefação no local de aplicação. Tal reação é transitória e desaparece sem necessidade de tratamento.

Os melhores resultados e menor risco de reações no local de aplicação são obtidos quando a injeção é feita na tábua do pescoço do animal, utilizando-se agulhas 15x15 para bezerros (terneiros) e 15x18 para adultos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não administrar o produto nos primeiros 45 dias de gestação. Por problemas de manejo não é recomendado tratar os animais no último mês de gestação.

Administração e doses

Via(s)

SC

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Dose única

Doses

Recomendado

Bovinos

1 mL / 40 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Para outros tratamentos contra Fasciola hepática; cisticercose bovina; Ostertagiose Tipo ll, seguem, orientaçoes de dosagens abaixo:

A dose para tratamento contra Fasciola hepatica na forma adulta é de 1 mL para cada 20 kg de peso corporal (correspondendo a 5 mg de sulfóxido de albendazol por kg de peso corporal).

A dose para tratamento da cisticercose bovina ( Cisticercus bovis ) é de 1 mL para cada 20 kg de peso corporal , respeitando um período de 40 dias entre a aplicação e o abate dos animais para calcificação dos cistos.

A dose para tratamento da Ostertagiose Tipo ll (larvas inibidas eu em hipobiose) é de 1 mL para cada 18 kg de peso corporal (correspondendo a 5,55 mg de sulfóxido de albendazol por kg de peso corporal).

Em doses acima de 10 mL do produto, dividir a administração em dois lugares.

Modo de Usar: O produto deve ser administrado aos animais pela via parenteral, aplicada preferencialmente na “tábua do pescoço”.

Interações medicamentosas

Cloridrato de Levamisol

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Diminuição significativa da área sob a curva do Albendazol

Conduta

Ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Seu mecanismo de ação se dá por inibição da enzima fumarato redutase, presente nas mitocôndrias.

A inibição desta atividade enzimática reduz a síntese de trifosfato de adenosina (ATP), responsável pelo armazenamento e transferência da energia necessária para os demais ciclos metabólicos do parasita.

Com a inibição do metabolismo energético, os vermes ficam desprovidos da fonte de energia necessária à sua sobrevivência, sendo expulsos do organismo através dos movimentos peristálticos dos intestinos.

O produto atua também sobre os ovos dos vermes, que ficam inviabilizados para a eclosão. A ação do produto é observada por um período de 48 horas desde a administração.

EFEITOS ADVERSOS

Albendathor Injetável apresenta grande margem de segurança, não produzindo efeitos adversos desde que respeitadas as dosagens indicadas.

Especial atenção deve ser dada na escolha do local de administração do produto.

Devido a alguns componentes de sua fórmula, pode ocasionalmente ocorrer tumefação no local de aplicação. Tal reação é transitória e desaparece sem necessidade de tratamento.

Os melhores resultados e menor risco de reações no local de aplicação são obtidos quando a injeção é feita na tábua do pescoço do animal, utilizando-se agulhas 15x15 para bezerros (terneiros) e 15x18 para adultos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não administrar o produto nos primeiros 45 dias de gestação. Por problemas de manejo não é recomendado tratar os animais no último mês de gestação.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.