Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Prostaglandina

Classificaçāo

Hormônio

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

FÓRMULA (em 100 mL de produto):

D-Cloprostenol 7,50 mg

Veículo q.s.p. 100,00 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

CUIDADOS:

O Cloprostenol é absorvido pela pele e pode causar aborto, portanto, não deve ser manipulado por mulheres grávidas;

Em contato acidental do produto com a pele, lavar com sabão e água corrente em abundância;

As prostaglandinas do tipo F2 alfa, podem causar bronco-espasmo no homem, em caso de inalação ou injeção acidental, administrar imediatamente um broncodilatador de ação rápida por inalação (isoprenalina ou salbutamol).

ARMAZENAMENTO

Conservar o produto em local seco e fresco (temperatura de 15 a 30°C), ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Bovinos: controle do ciclo estral de vacas sadias que ciclam normalmente, sincronização/indução do cio de novilhas.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Em abortos terapêuticos, o mesmo só deve ser realizado no primeiro terço da gestação. Não se deve abortar à partir desse período.

EFEITOS ADVERSOS

A indução do parto com qualquer composto exógeno, pode causar distocia, morte fetal, retenção placentária e metrite.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não administrar em fêmeas prenhas, quando o aborto terapêutico não for desejado.

O produto possui amplo índice terapêutico, não altera a fertilidade e não se tem observado efeitos indesejáveis sobre as crias concebidas no cio seguinte ao tratamento.

Administração e doses

Via(s)

IM

OBSERVAÇÕES

Modo de Usar: Dosagem:

Sincronização e indução de cio: primeira dose 2 mL, via intramuscular, inseminar os que apresentarem cio. Segunda dose 2 mL, via intramuscular, aplicar 10 a 11 dias (novilhas) ou 13 e 14 dias (vacas em lactação) após a primeira dose, nos animais que não apresentaram cio. Inseminá-los após sua detecção do cio ou fazer a inseminação 72 e 96 horas após a aplicação sem a observação do cio.

Eliminar necessidade de detecção de cio durante período de inseminação: Duas injeções de 2 mL cada, 10 a 11 dias (novilhas) ou 13 a 14 dias (vacas em lactação) de intervalo entre doses.

A fertilidade normal se manifestará com 2 inseminações a 72 e 96 horas após injeção.

Indução de Parto em Porcas: 1 mL via intramuscular, entre 110 e 111 dia de gestação. O parto se dará 20-24 horas após injeção.

Para estabelecimentos em que se emprega: métodos de reproduçãopor observação visual de cio; utilização de touros vasectomizados: primeira dose 2 mL via intramuscular, inseminar as que apresentarem cio.

Uso terapêutico: Tratamento de cistos luteinicos, piometra ou endometrite crônica, eliminação de gestações normais, não desejáveis, eliminação de gestação de gestações anormais e cios silenciosos (sub-estro), 2 mL, via intramuscular, quando indicado nos casos de piometra ou endometrite crônica, o tratamento poderá ser repetido com intervalos de 10-14 dias. Pode se associar o tratamento a uma terapia antibacteriana especifica, de acordo com o médico veterinário. Em cios silenciosos, caso não haja resposta ao tratamento, injetar uma segunda dose após 10-11 dias ou 13-14 dias, da primeira e inseminar 72 e 96 horas depois.

Como em qualquer injeção, usar equipamento esteríl e obedecer as normas de assepsia.

A administração do produto com agentes oxitócicos aumenta seu efeito.

Não administrar o produto com antiin amatórios não esteroidais.

As prostaglandinas administradas em animais e humanos estimulam o acúmulo de sódio, potássio e cloreto

no intestino delgado levando a diarréia (fezes moles).

Interações medicamentosas

Ocitocina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento do efeito uterotônico

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

PROSTAGLANDINA FABIANI é um agente luteolítico de elevada e cácia em bovinos, que produz uma regressão morfológica e funcional do corpo lúteo, seguido pelo retorno ao cio dentro de 2 a 4 dias posteriores ao tratamento, com uma ovulação normal.

Deve-se lembrar que existe um período em que os animais são refratários ao tratamento que vai desde a ovulação até aproximadamente 5 dias posteriores a ela, onde os efeitos luteolíticos das Pgs não se manifestam.

EFEITOS ADVERSOS

A indução do parto com qualquer composto exógeno, pode causar distocia, morte fetal, retenção placentária e metrite.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não administrar em fêmeas prenhas, quando o aborto terapêutico não for desejado.

O produto possui amplo índice terapêutico, não altera a fertilidade e não se tem observado efeitos indesejáveis sobre as crias concebidas no cio seguinte ao tratamento.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.