Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Fipronil

Classificaçāo

Ectoparasiticida

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Evitar o contato direto da pele, olhos e boca com inseticidas.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, entre 15°C e 30°C, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Opções veterinárias

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Ectoparasiticida, usado no tratamento de infestações por carrapatos, bernes e no controle da mosca-do-chifre.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não deve ser usada por paciente com hipersensibilidade conhecida ao medicamento.

EFEITOS ADVERSOS

Há relatos de reações alérgicas, como urticária e dermatites.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Na forma spray, pode ser usada em fêmeas gestantes e lactantes (cuidado para não aspergir próximo as mamas) e em filhotes a partir de 2 dias de vida.

Administração e doses

Via(s)

Tópica

Doses

Recomendado

Bovinos

1 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não se aplica

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Ainda é considerada uma molécula sintética recente, do grupo dos fenilpirazóis, com propriedades inseticidas e acaricidas, pois ligam-se ao receptor GABA, bloqueando os canais de cloro, causando a morte do parasito por hiperexcitação.

FARMACOCINÉTICA

O fipronil, quando aplicado topicamente, se distribui rapidamente através da epiderme armazenando-se nas glândulas sebáceas , sendo liberado gradualmente, via dutos foliculares.

Essa característica permite sua persistência em altas concentrações na cobertura pilosa de cães e gatos, garantindo sua eficácia, mesmo quando os animais são molhados ou banhados.

Os pelos dos animais tratados, ao caírem no ambiente, exercem também significativo controle sobre as formas imaturas.

EFEITOS ADVERSOS

Há relatos de reações alérgicas, como urticária e dermatites.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Na forma spray, pode ser usada em fêmeas gestantes e lactantes (cuidado para não aspergir próximo as mamas) e em filhotes a partir de 2 dias de vida.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

SANTARÉM, V. A. et al. Ectoparasiticidas. In: ANDRADE, S. F. Manual de terapêutica Veterinária, 3 ed. São Paulo: Editora Roca, 2008, 912 p.

SARTOR I. F.; SANTARÉM, V. A. Agentes empregados no controle de ectoparasitos. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006.

SPAGNOL, F. H. et al. Avaliação in vitro da ação de acaricidas sobre Rhipicephalus (Boophilus) microplus canestrini, 1887 (acari: ixodidae) de bovinos leiteiros no município de Itamaraju, Bahia, Brasil. Ciência Animal Brasileira, v. 11, n. 3 (2010)