Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Hetamido

Classificaçāo

Suplemento

Receita

Receita Simples

Espécies

Equinos

ARMAZENAMENTO

Conservar a temperatura ambiente.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Polímero sintético de alto peso molecular, primariamente constituído por amilopectina, empregado como repositor coloidal do volume intravascular.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em portadores de insuficiência cardíaca grave, hemorragias profusas, oligúria, anúria ou choques não hipovolêrnicos;

Usar com cautela em pacientes com trombocitopenia, edema pulmonar e insuficiências cardíaca, hepática ou renal.

EFEITOS ADVERSOS

Coagulopatias, anafilaxia, náusea, vômito e, na superdosagem, edema pulmonar e redução da função renal.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em gestantes.

Administração e doses

Via(s)

EV

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Diariamente

Equinos - Equinos

Adultos

8 - 10 mL / kg

calcular

Potros

3 - 5 mL / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Modo de usar:

Equinos: administrar via EV;

Potros: administrar via EV, em associação com cristalóides

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não informado

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

Pode ser diluido em soluções de cloreto de sódio a 0,9% ou glicose a 5%.

FARMACODINÂMICA

O hetamido atua como expansor do volume vascular, restabelecendo a pressão oncótica sanguínea.

Utilizado em emergências para manutenção do volume vascular em situação de choque.

FARMACOCINÉTICA

Quando o hidroxietilamido é administrado por via intravenosa, as moléculas inferiores ao limiar de filtração renal são excretadas prontamente na urina, enquanto que as moléculas maiores sofrem metabolização e/ou degradação pela amilase sérica, antes de sua excreção na urina.

Por seu peso molecular mais alto hetamido apresenta tendência a permamecer na vasculatura, prevenindo a perda de volume intravascular e o edema tecidual (PAPICH, 2012).

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Níveis séricos elevados de amilase podem ser observados temporariamente.

EFEITOS ADVERSOS

Coagulopatias, anafilaxia, náusea, vômito e, na superdosagem, edema pulmonar e redução da função renal.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em gestantes.

MONITORAMENTO

Monitorar a pressão sanguínea e a hidratação.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012.

SALGADO, AEP. ELETROACUPUNTURA em Coelhos Submetidos à Hipovolemia Aguda: Avaliação Eletrocardiográfica, Cardiovascular e Microscópica dos Sistemas Nervoso Central e Renal. 2010. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Espírito Santo.