Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Isoproterenol

Classificaçāo

Cardiovascular

Receita

Receita Simples

Espécies

Equinos

ARMAZENAMENTO

Conservar em recipiente bem fechado, temperatura ambiente e ao abrigo de luz.

Se houver alteração na coloração do produto, pode ser indicativo de deterioração (presença de luz) e não deve ser utilizado.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Beta-agonista não seletivo antiarrítmico e broncodilatador.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em portadores de taquiarritmias e bloqueio AV;

Usar com cautela em pacientes com hipertireoidismo, doença renal, hipertensão ou diabetes.

EFEITOS ADVERSOS

Taquicardia, taquiarritmia, tremores e fraqueza muscular e excitabilidade.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Contraindicado na gestação.

SUPERDOSAGEM

Em doses altas pode causar principalmente arritmias cardíacas.

Administração e doses

Via(s)

EV

Equino adulto

Recomendado

Equinos

0,4 mcg / kg

calcular

Potro (Ressuscitação)

Recomendado

Equinos

0,05 - 1 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Modo de usar:

Equino adulto: Diluir 0,2 mg em 50 mL de solução salina e administrar lentamente até a frequência cardíaca dobrar.

Deve-se utilizar a menor dose possível e monitorar cuidadosamente o paciente (risco de arritmia).

A administração concomitante com Aminofilina, beta-bloqueadores, bicarbonato de sódio, digoxina, outros simpatomiméticos, oxitócicos e teofilina podem modificar a absorção dessas substâncias e causar efeitos adversos.

Interações medicamentosas

Aminofilina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Cardiotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Anestésicos gerais

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Risco de arritmias

Conduta

Evitar o uso

Broncodilatadores

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Cardiotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Efedrina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Cardiotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Espironolactona

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Risco de arritmias

Conduta

Evitar o uso

Propanolol

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido do Isoproterenol

Conduta

Ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

Pode ser utilizado com soluções de glicose a 5%, onde permanece estável por até 24 horas.

Pode ser associado a cromolina sódica.

FARMACODINÂMICA

Os agonistas alfa e beta-adrenérgicos atuam de maneira similar a das catecolaminas endógenas, mimetizando sua ação no organismo.

O isoproterenol é um agonista alfa e beta adrenérgico, porém apresenta grande afinidade pelos receptores beta-adrenérgico, sendo o mais potente entre os agonistas não seletivos.

Em contrapartida apresenta pouca afinidade pelos receptores alfa-adrenérgicos.

Seus efeitos incluem o aumento da frequência, condução e contratilidade cardíacas e relaxamento das musculaturas lisas bronquial e arterial.

FARMACOCINÉTICA

O isoproterenol apresenta ação rápida após a administração.

Também apresenta ação curta e rápida depuração no organismo.

EFEITOS ADVERSOS

Taquicardia, taquiarritmia, tremores e fraqueza muscular e excitabilidade.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Contraindicado na gestação.

SUPERDOSAGEM

Em doses altas pode causar principalmente arritmias cardíacas.

MONITORAMENTO

Monitorar a frequência e ritmo cardíaco.

Se utilizado com frequência convém monitorar potássio sérico.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012.

VITAL, M. A. B. F e ACCO, A. Agonistas e Antagonistas Adrenérgicos. SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.