Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Naproxeno

Classificaçāo

Anti-inflamatório Não Esteroidal (AINE)

Receita

Receita Simples

Espécies

Equinos

COMPOSIÇÃO

Naproxeno sódico 275 mg

Excipientes: celulose microcristalina, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, dióxido de titânio, macrogol, laca azul, talco, água purificada.


Naproxeno sódico 550 mg

Excipientes: celulose microcristalina, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, dióxido de titânio, macrogol, laca azul, talco, água purificada.

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Nunca dê naproxeno ou outro medicamento com ação anti-inflamatória ao animal, sem antes consultar um médico veterinário.

Não altere a dose recomendada pelo médico veterinário.

ARMAZENAMENTO

Conservar em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e da umidade.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Anti-inflamatório não esteroidal, analgésico e antitérmico.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Usar com cautela em portadores de alterações hematológicas, hepáticas ou renais, insuficiência cardíaca e ulcerações gastrointestinais.

Contraindicado para gatos.

EFEITOS ADVERSOS

Apresenta ampla margem de segurança para equinos.

Efeitos adversos obvervados são aqueles relacionados à toxicidade gastointestinal.

Pode causar aumento da degeneração da cartilagem articular.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Usar com cautela em gestantes. Em humanos é eliminado no leite.

Administração e doses

Via(s)

Oral

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 / 12 horas

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Máximo 14 dias

Doses

Recomendado

Equinos

5 - 10 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Pode ser feita uma administração inicial de 5 mg/kg/EV lento;

Interações medicamentosas: A administração concomitante com Ácido valpróico, alendronato, aminoglicosídeos, anticoagulantes, corticosteróides, furosemida, hipoglicemiantes orais, metotrexato, outros AINEs e sulfonamidas podem modificar a absorção dessas substâncias e causar efeitos adversos.

Interações medicamentosas

Beta-bloqueadores

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos Beta-bloqueadores, levando a hipertensão

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Evitar o uso

Heparina Sódica

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado dos Anticoagulantes, com risco de sangramento

Mecanismo de Ação

Podem estar envolvidos a diminuição da agregação plaquetária e irritação gástrica causadas pelos antiinflamatórios

Conduta

Ajustar dose

Lítio

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade do Lítio

Mecanismo de Ação

A interferência com a produção de prostaglandina renal induzida pelo antiinflamatório pode reduzir a eliminação renal do lítio

Conduta

Evitar o uso

Metotrexato

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade do Metotrexato

Mecanismo de Ação

diminuição da eliminação renal do Metotrexato

Conduta

Ajustar dose

Probenecida

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade do Naproxeno

Mecanismo de Ação

Diminuição da depuração plasmática do antiinflamatório tanto por meio das vias renais e biliares

Conduta

Ajustar dose

Propanolol

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos Beta-bloqueadores, levando a hipertensão

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Inibe a Cox-1 e cox-2 e atua também na inibição da agregação plaquetária.

O naproxeno possui bom efeito analgésico e antipirético.

FARMACOCINÉTICA

O naproxeno é bem absorvido pela via oral, sofre extensa metabolização hepática e é eliminado pelos rins principalmente em forma de metabólitos.

A meia-vida em equinos é de 5 a 6 horas.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Pode provocar hipoproteinemia, diminuição do hematócrito e aumento das enzimas hepáticas.

EFEITOS ADVERSOS

Apresenta ampla margem de segurança para equinos.

Efeitos adversos obvervados são aqueles relacionados à toxicidade gastointestinal.

Pode causar aumento da degeneração da cartilagem articular.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Usar com cautela em gestantes. Em humanos é eliminado no leite.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

TASAKA A. C. Anti-inflamatórios Não Esteroidais. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.