Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Nitrofurantoína

Classificaçāo

Antibiótico

Receita

Controle Especial - Humano

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada cápsula contém:

nitrofurantoína 100 mg

excipientes - q.s.p 1 cápsula

(amido, talco e lactose monoidratada).

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

A urina pode ficar pigmentada, com coloração marrom ou ferrugem.

ARMAZENAMENTO

Conservar em recipiente bem fechado, temperatura ambiente e ao abrigo de luz.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Antibacteriano (nitrofurano) bacteriostático, para tratamento de infecções urinárias.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em pacientes com insuficiência renal grave.

EFEITOS ADVERSOS

Distúrbios gastrointestinais e hepatopatia.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Atravessa a barreira placentária, portanto deve ser evitado durante gestação sempre que possível.

Alguns autores citam efeitos negativos na gestação, como anemia hemolítica do neonato.

SUPERDOSAGEM

Em humanos não são relatados sintomas específicos na superdose.

Não existem antídotos específicos, deve ser promovida a excreção urinária da droga.

Administração e doses

Via(s)

Oral

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

8 / 8 horas

Doses

Recomendado

Bovinos

10 mg / kg

calcular

Equinos

2,5 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

A administração concomitante com Alimentos, anticolinérgicos, fluoroquinolonas e sais de podem modificar a absorção dessas substâncias e causar efeitos adversos.

Interações medicamentosas

Hidróxido de Magnésio

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Nitrofurantoína

Mecanismo de Ação

Diminuição da absorção da Nitrofurantoína

Conduta

Ajustar dose

Marbofloxacina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Marbofloxacina

Conduta

Incompatível

Probenecida

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento dos niveis de Nitrofurantoína

Mecanismo de Ação

Diminuição da excreção renal de Nitrofurantoína

Conduta

Evitar o uso

Ácido Nalidíxico

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Ação inibida do Ácido Nalidíxico

Conduta

Ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A nitrofurantoína é um agente antibacteriano específico do trato urinário, sendo sua concentração terapêutica apenas alcançada na urina.

Uma vez na urina, é reduzida pelas flavoproteínas bacterianas a intermediários reativos, que inativam proteínas ribossomais e outras macromoléculas, inibindo os processos bioquímicos vitais de síntese proteica, metabolismo aeróbio, síntese de DNA e RNA e síntese da parede celular.

Seu complexo mecanismo de ação pode explicar a ausência de resistência bacteriana adquirida à nitrofurantoína. Porém deve-se lembrar que Proteus e Pseudomonas aeruginosa são inerentemente resistentes.

FARMACOCINÉTICA

A apresentação de nitrofurantoína em macrocristais, possibilita lenta solubilização no aparelho gastrointestinal, o que reduz os efeitos adversos gastrintestinais, mas não modifica sua concentração na urina. Em forma de microcristais é rapidamente absorvida pelo trato intestinal.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Em humanos são relatadas elevação das concentrações plasmáticas de enzimas hepáticas (ALT e AST), redução das concentrações de hemoglobina, elevação das concentrações plasmáticas de fósforo e aumento das contagens de eosinófilos, porém esses eventos não são comuns.

EFEITOS ADVERSOS

Distúrbios gastrointestinais e hepatopatia.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Atravessa a barreira placentária, portanto deve ser evitado durante gestação sempre que possível.

Alguns autores citam efeitos negativos na gestação, como anemia hemolítica do neonato.

SUPERDOSAGEM

Em humanos não são relatados sintomas específicos na superdose.

Não existem antídotos específicos, deve ser promovida a excreção urinária da droga.

MONITORAMENTO

Montirar eficácia do tratamento através da cultura de urina.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

GÓRNIAK, S. L. Sulfas, Quinolonas e Outros Quimioterápicos. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.