Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Pirimetamina

Classificaçāo

Antiprotozoário

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada comprimido contém:

pirimetamina 25 mg

Excipientes: álcool etílico, estearato de magnésio, amido, docusato de sódio, lactose monoidratada e água.

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Mulheres grávidas devem manusear com cuidado.

ARMAZENAMENTO

Deve ser armazenado em sua embalagem original, em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e umidade e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Antagonista do ácido fólico sinergista das sulfonamidas e protozoostático.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Usar com cautela em portadores de alterações hematológicas.

EFEITOS ADVERSOS

Efeitos gastrintestinais, depressão e mielossupressão.

É observada anemia por carência de ácido fólico em alguns equinos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em gestantes; Cautela em lactantes.

SUPERDOSAGEM

Sinais e sintomas gastrintestinais e neurológicos (SNC), incluindo convulsões, podem estar presentes após a ingestão de 300 mg ou mais de pirimetamina em humanos.

Administração e doses

Via(s)

Oral

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Equinos: 24 / 24 horas durante 90-120 dias.

Bovinos: 12 / 12 horas.

Mieloencefalite infecciosa equina

Recomendado

Equinos

1 mg / kg

calcular

Outras indicações

Recomendado

Bovinos

0,1 - 0,2 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

A administração concomitante com Ácido paraminobenzóico e sulfonamidas podem modificar a absorção dessas substâncias e causar efeitos adversos.

Interações medicamentosas

Fenitoína

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Pirimetamina

Conduta

Ajustar dose

Lorazepam

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hepatotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Metotrexato

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade

Conduta

Evitar o uso

Quinidina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Pirimetamina

Conduta

Evitar o uso

Warfarina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Pirimetamina

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

É solúvel em etanol e fracamente em água.

FARMACODINÂMICA

A pirimetamina é um antagonista do ácido fólico, atuando de forma similar ao trimetoprim. Inibinde a enzima diidrofolato redutase, responsável por catalisar a conversão de ácido diidrofólico em ácido tetra-hidrofolico.

É geralmente utilizada em conjunto com uma sulfonamida, produzindo assim um efeito sinérgico.

FARMACOCINÉTICA

Em humanos a pirimetamina é totalmente absorvida após administração oral, com início de ação em aproximadamente uma hora e com níveis plasmáticos máximos alcançados em torno de quatro a seis horas.

Apresenta alta taxa de ligação às proteínas plasmáticas, e distribui-se amplamente pelos tecidos, principalmente nas hemácias, rins, pulmões e baço.

Atravessa a barreira hematoencefálica e a placenta é excretada também no leite.

EFEITOS ADVERSOS

Efeitos gastrintestinais, depressão e mielossupressão.

É observada anemia por carência de ácido fólico em alguns equinos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em gestantes; Cautela em lactantes.

SUPERDOSAGEM

Sinais e sintomas gastrintestinais e neurológicos (SNC), incluindo convulsões, podem estar presentes após a ingestão de 300 mg ou mais de pirimetamina em humanos.

MONITORAMENTO

Monitorar hemograma durante o tratamento.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

NASCIUTTI, Nayara Resende et al. Incoordenação de membros posteriores em equinos associados à toxoplasmose-relato de caso. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, v. 12, n. 3, p. 77-77, 2015.

PEIXOTO, A. P. C. et al. Mieloencefalite protozoária eqüina. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 4, n. 1, p. 30-34, 2003.

STELMANN, Ulisses Jorge Pereira; AMORIM, Rogério Martins. Mieloencefalite protozoária equina. Veterinária e Zootecnia, p. 163-176, 2010.