Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Tinidazol

Classificaçāo

Antiprotozoário

Receita

Receita Simples

Espécies

Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada comprimido revestido contém:

tinidazol 500 mg

excipientes q.s.p 1 comprimido revestido

(lactose monoidratada, sacarose, amido, povidona, talco, estearato de magnésio, amidoglicolato de sódio, copolímero metacrilato, ácido cítrico, dióxido de titânio, corante amarelo laca nº 5, macrogol 6000 e simeticona).

ARMAZENAMENTO

Conservar o produto em sua embalagem original, em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), em local seco e ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Nitroimidazolico protozoocida e para tratamento de estomatites produzidas por anaeróbicos.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em portadores de discrasias sanguíneas ou distúrbios neurológicos.

EFEITOS ADVERSOS

Pode provocar inapetência e diarreia.

Em doses mais altas provoca efeitos no sistema nervoso central como tremores, nistagmo e convulsões.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A segurança para gestantes não está definida.

É excretado no leite. Não utilizar em lactantes.

Em mulheres se recomenda amamentação apenas 3 dias após o fim do tratamento.

SUPERDOSAGEM

Não há um antídoto específico para o tratamento da superdose com o tinidazol. O tratamento é sintomático e de suporte.

Administração e doses

Via(s)

Oral

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 / 12 horas

Anaeróbicos

Recomendado

Equinos

10 - 15 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

A administração concomitante com Cetoconazol, ciclosporina, cimetidina, fenitoina, fenobarbital, fluorouracila, oxitetraciclina, rifampina, tacrolimo e varfarina podem modificar a absorção dessas substâncias e causar efeitos adversos.

Interações medicamentosas

Anticoagulantes

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Potencialização dos efeitos

Conduta

Evitar o uso

Dissulfiram

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Pode ocorrer delírios

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

O tinidazol é um derivado imidazólico e possui atividade antimicrobiana contra bactérias anaeróbias e protozoários (incluindo Trichomonas e Giardia), apresentando ação similar ao metronidazol.

Seu mecanismo de ação envolve a penetração do fármaco no interior da célula do micro-organismo com subsequente destruição da cadeia de DNA ou inibição de sua síntese.

São produzidos nitrorradicais livres durante o metabolismo dentro da célula, apresentando atividade contra os protozoários e bactérias anaeróbias obrigatórios.

FARMACOCINÉTICA

Apresenta ótima absorção pela via oral em equinos com meia-vida de aproximadamente 5 horas.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Pode causar interferência em exames de ALT, LDH e triglicérides.

EFEITOS ADVERSOS

Pode provocar inapetência e diarreia.

Em doses mais altas provoca efeitos no sistema nervoso central como tremores, nistagmo e convulsões.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A segurança para gestantes não está definida.

É excretado no leite. Não utilizar em lactantes.

Em mulheres se recomenda amamentação apenas 3 dias após o fim do tratamento.

SUPERDOSAGEM

Não há um antídoto específico para o tratamento da superdose com o tinidazol. O tratamento é sintomático e de suporte.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

AMATO NETO, Vicente et al. Eficácia do tinidazol no tratamento da giardíase. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 6, n. 3, p. 147-149, 1972.