Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Ivermectina

Classificaçāo

Antiparasitário

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Ivermectina 1 g

Veículo q.s.p. 100mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Em áreas onde for registrada uma grande incidência de infecções por bactérias do gênero Clostridium, recomenda-se a vacinação dos bovinos, como forma de prevenção, quando da utilização de produtos injetáveis.

Embalagens vazias e restos de produto deverão ser enterrados ou queimados, evitando contaminar a água. O produto pode afetar peixes e alguns organismos aquáticos.

Não fumar ou comer durante o manuseio do produto e lavar as mãos após trabalhar com o mesmo.

ARMAZENAMENTO

Manter o produto em sua embalagem original, fechada, em local seco e fresco, ao abrigo dos raios solares e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para bovinos, no tratamento e controle das principais endo e ectoparasitoses de importância econômica.

- Verminoses gastrintestinais causadas por formas adultas e larvares (4º estágio) de Haemonchus spp, Trichostrongylus spp, Ostertagia spp. (inclusive larvas com desenvolvimento inibido ou hipobióticas), Cooperia spp, Oesophagostomum spp, Nematodirus spp, Strongyloides spp, Bunostomum spp, e Trichuris spp.

- Verminoses pulmonares causadas por fases adultas e larvas de 4º estágio de Dictyocaulus spp.

- Infestações por bernes: nódulos subcutâneos causados por larva de Dermatobia hominis.

- Infestações por piolhos (Linognatus spp, Haematopinus spp, Solenopotes spp, e Damalinia spp*), e ácaros da sarna (Psoroptes ovis var. bovis, Chorioptes bovis*) quando usado como parte de um programa contínuo.

* indicação em tratamento auxiliar.

- Como auxiliar no controle dos carrapatos dos bovinos (Boophilus microplus), quando usado como parte de um programa contínuo. Neste caso, os resultados atingem o grau máximo a partir do 4º ou 5º dia após o tratamento.

- Como preventivo do desenvolvimento de bicheiras causadas por larvas de Cochliomyia hominivorax no umbigo dos recém-nascidos (quando tratados dentro de 24 horas do nascimento) e das feridas de castração (quando tratados logo após a cirurgia). Recomenda-se examinar os animais diariamente até a cicatrização, fazendo uso de um larvicida tópico específico, caso necessário.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não tratar vacas produtoras de leite em idade de reprodução.

EFEITOS ADVERSOS

O produto é seguro quando obedecidas as condições de uso especificadas. Respeitar sempre a dosagem recomendada na bula.

Eventualmente, poderá ocorrer algum desconforto transitório, causado por edema dos tecidos moles no ponto da injeção, desaparecendo espontaneamente, sem qualquer tratamento.

SUPERDOSAGEM

De um modo geral, a Ivermectina tem uma margem de segurança de, pelo menos, 10 vezes a dose terapêutica, ou seja, atingindo 2,0 mg/kg em ruminantes.

Quando administrado de acordo com as recomendações da bula, o produto é seguro, sendo considerado de toxicidade quase nula.

Porém, os sinais de sobredosagem em animais são incoordenação motora, paralisia, coma, podendo até mesmo advir a morte. O tratamento é sintomático.

Administração e doses

Via(s)

SC

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

O prazo para repetição do tratamento vai variar conforme o aparecimento de reinfestação e ficará a critério exclusivo do Médico Veterinário.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Dose única

Doses

Recomendado

Bovinos

1 mL / 50 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Administrar sempre por via subcutânea, nunca por via intramuscular ou intravenosa.

Administrar sob a pele solta na frente ou atrás da paleta, utilizando agulha calibre 16, com comprimento de 15 a 20 mm.

Usar somente seringas e agulhas esterilizadas através de fervura em água, durante 10 minutos ou mais; jamais usar produtos químicos (desinfetante ou detergente) para limpar seringas e agulhas.

Desinfetar o local da injeção, usando álcool.

Interações medicamentosas

Cloridrato de Levamisol

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento significativamente da área sob a curva da Ivermectina

Conduta

Ajustar dose

Spinosad

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade da Ivermectina

Conduta

Incompatível

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

O produto é seguro quando obedecidas as condições de uso especificadas. Respeitar sempre a dosagem recomendada na bula.

Eventualmente, poderá ocorrer algum desconforto transitório, causado por edema dos tecidos moles no ponto da injeção, desaparecendo espontaneamente, sem qualquer tratamento.

SUPERDOSAGEM

De um modo geral, a Ivermectina tem uma margem de segurança de, pelo menos, 10 vezes a dose terapêutica, ou seja, atingindo 2,0 mg/kg em ruminantes.

Quando administrado de acordo com as recomendações da bula, o produto é seguro, sendo considerado de toxicidade quase nula.

Porém, os sinais de sobredosagem em animais são incoordenação motora, paralisia, coma, podendo até mesmo advir a morte. O tratamento é sintomático.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.