Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Gentamicina

Classificaçāo

Antibiótico (grupo Aminoglicosídeos)

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Gentamicina (sulfato) 4,00 g

Veículo q.s.p. 100,00 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do médico-veterinário.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Gentamax é indicado para o tratamento de infecções respiratórias, gastrintestinais, urinárias, septicêmicas e localizadas de bovinos e eqüinos,

resultante de infecções por microorganismos sensíveis à gentamicina.

EFEITOS ADVERSOS

A gentamicina usada em altas doses e por tempo prolongado, pode prejudicar a função renal, bem como lesar as porções coclear e vestibular do oitavo par de nervos cranianos.

Pode haver perda auditiva principalmente em sons médios de alta frequência. Entretanto, a lesão vestibular é observada com mais frequência.

Os animais com a função renal prejudicada são os que estão mais sujeitos a apresentar distúrbios ototóxicos devendo, nesses casos, além da redução das doses, aumentar o intervalo entre as aplicações.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Deve ser aplicada com cautela em animais prenhes pela possibilidade de provocar lesão renal e otoxicidade no feto.

Administração e doses

Via(s)

IM Profunda

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

3 dias

Doses

Recomendado

Bovinos e Equinos

1 mL / 10 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Aplicar 1 mL de Gentamax para cada 10kg de peso corporal por via intramuscular profunda, por 3 dias.

Como preventivo da colibacilose em bezerros, aplicar 2mL de Gentamax por bezerro no 1° dia de vida.

Interações medicamentosas com diuréticos, bloqueadores neuromusculares e anestésicos gerais são mencionados, portanto, o uso concomitante com esses medicamentos deve ser evitado.

Interações medicamentosas

Ampicilina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Inativação da ampicilina

Mecanismo de Ação

Inativação química

Conduta

Incompatível

Besilato de Atracúrio

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Depressão respiratória prolongada

Mecanismo de Ação

Possível sinergismo farmacológico

Conduta

Incompatível

Brometo de Rocurônio

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terpêutico aumentado do brometo de rocurônio

Mecanismo de Ação

Sinergismo farmacológico

Conduta

Ajustar dose

Carboplatina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento do efeito nefrotóxico dos aminoglicosídeos

Conduta

Evitar o uso

Cefalosporinas

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da nefrotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Ciclosporina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Nefrotoxicidade

Mecanismo de Ação

Efeito aditivo ou nefrotoxicidade sinérgica

Conduta

Evitar o uso

Cisplatina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade dos Aminoglicosídeos

Conduta

Evitar o uso

Citarabina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Citarabina

Conduta

Ajustar dose

Cloreto de Succinilcolina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Succinilcolina

Mecanismo de Ação

Possível sinergismo farmacológico

Conduta

Evitar o uso

Cloridrato de Vancomicina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da nefrotoxicidade

Mecanismo de Ação

Toxicidade combinada

Conduta

Evitar o uso

Cloxacilina Benzatina

Conduta

Incompatível

Colistina

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Nefrotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Furosemida

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Ototoxicidade grave

Mecanismo de Ação

Toxicidade auditiva sinérgica entre as drogas envolvidas

Conduta

Incompatível

Indometacina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Gentamicina

Mecanismo de Ação

Os antiinflamatórios podem reduzir a taxe de filtração glomerular e levar ao acúmulo de aminoglicosídeos

Conduta

Evitar o uso

Neostigmina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Neostigmina

Conduta

Ajustar dose

Penicilina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos Aminoglicosídeos

Mecanismo de Ação

Inativação química

Conduta

Administrar em local diferente e com intervalo

Succinilcolina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Succinilcolina

Mecanismo de Ação

Possível sinergismo farmacológico

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

A gentamicina usada em altas doses e por tempo prolongado, pode prejudicar a função renal, bem como lesar as porções coclear e vestibular do oitavo par de nervos cranianos.

Pode haver perda auditiva principalmente em sons médios de alta frequência. Entretanto, a lesão vestibular é observada com mais frequência.

Os animais com a função renal prejudicada são os que estão mais sujeitos a apresentar distúrbios ototóxicos devendo, nesses casos, além da redução das doses, aumentar o intervalo entre as aplicações.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Deve ser aplicada com cautela em animais prenhes pela possibilidade de provocar lesão renal e otoxicidade no feto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Distribuidores Ceva

Ceva

E-MAIL

sac@ceva.com

TELEFONE

0800-770-0355

REGIÕES ATENDIDAS

Todo o Brasil

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.