Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Benzilpenicilina Procaína 3.750.000 UI
  • Benzilpenicilina Potássica 1.250.000 UI
  • Sulfato de Estreptomicina 2.500 mg
  • Diclofenaco de Sódio 187,5 mg

Classificaçāo

Antibiótico, Anti-inflamatório

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada frasco-ampola contém:

Benzilpenicilina G procaína 3.750.000 UI

Benzilpenicilina G potássica 1.250.000 UI

Estreptomicina (sulfato) 2.500 mg


Cada frasco-ampola diluente contém:

Diclofenaco de sódio 187,50 mg

Veículo q.s.p. 15 mL

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco e fresco, à temperatura entre 15°C e 30°C, ao abrigo de luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Utilizar o produto até 36 horas após a primeira aplicação.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

No tratamento de infecções bacterianas em animais de grande porte, com até 250 kg de peso corporal, tais como: bovinos e equinos causadas ou associadas aos seguintes micro-organismos:

BOVINOS: mastite (Streptococcus agalactiae, Streptococcus uberis, Streptococcus dysgalactiae, Staphylococcus aureus, Corynebacterium pyogenes); infecções respiratórias (Pasteurella multocida); listeriose (Listeria monocytogenes); leptospirose (Leptospira spp); tétano (Clostridium tetani); carbúnculo hemático (Bacillus anthracis); carbúnculo sintomático (Clostridium chauvoei); actinomicose ( Actinomyces bovis); metrite (Corynebacterium pyogenes); epidermite exsudativa (Staphylococcus hyos); pielonefrite bovina (Corynebacterium renale); edema maligno (Clostridium septicum); hepatite necrótica infecciosa (Clostridium novyi); doenças supurativas (Corynebacterium pyogenes)

EQUINOS: garrotilho (Streptococcus equi); leptospirose (Leptospira spp); metrite (Corynebacterium pyogenes); tétano (Clostridium tetani); pneumonia corinebacteriana (Corynebacterium equi); hepatite necrótica infecciosa (Clostridium novyi); doenças supurativas (Corynebacterium pyogenes).

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não aplicar em animais com histórico de hipersensibilidade à Benzilpenicilina e/ou Estreptomicina.

Não utilizar em animais com grave disfunção renal, pois há riscos de nefrotoxidade.

Não aplicar em animais com ulcerações gástricas ou intestinais.

EFEITOS ADVERSOS

As reações alérgicas à Benzilpenicilina tem como sinais clínicos principais, erupções cutâneas, angioedema e anafilaxia.

Tratamentos prolongados, ou em altas doses de Estreptomicina, podem causar ototoxicidade e ou nefrotoxicidade.

Pode ocorrer reação de hipersensibilidade após a aplicação.

Administração e doses

Via(s)

IM Profunda

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Para o tratamento de infecções bacterianas, predominantemente Gram-positivas, visando um combate através das Penicilinas G, administrar o produto com intervalo de 24 horas.

Para o tratamento de infecções bacterianas, visando um combate através da Estreptomicina, administrar o produto a cada 12 horas.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

3 a 5 dias

Doses

Recomendado

Bovinos e Equinos

1 mL / 12.5 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Preparar o produto no momento do uso, adicionando o diluente no frasco-ampola contendo o pó e homogeneizar o conteúdo. O produto que não for utilizado deve ser descartado.

Não administrar junto com Probenecide, pois pode prolongar o efeito da Benzilpenicilina e da Estreptomicina.

Pode ocorrer interação entre o produto e agentes bacteriostáticos.

Pode ocorrer potencialização da ação do Diclofenaco de Sódio quando associado a outro anti-inflamatório.

Há possibilidade de interação entre a Estreptomicina e outras drogas nefrotóxicas, tais como Furosemidas e a Anfotericina B.

Interações medicamentosas

Anfotericina B

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Nefrotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Antibióticos Bacteriostáticos

Grau de Interação

Grave

Conduta

Incompatível

Antiinflamatório não-esteróide

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado do Diclofenaco de Sódio

Conduta

Evitar o uso

Furosemida

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Nefrotoxicidade

Conduta

Evitar o uso

Probenecida

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito prolongado da Penicilina e Estreptomicina

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

As reações alérgicas à Benzilpenicilina tem como sinais clínicos principais, erupções cutâneas, angioedema e anafilaxia.

Tratamentos prolongados, ou em altas doses de Estreptomicina, podem causar ototoxicidade e ou nefrotoxicidade.

Pode ocorrer reação de hipersensibilidade após a aplicação.

MONITORAMENTO

Durante o tratamento com o produto é importante o acompanhamento dos animais portadores de sintomas de distúrbio gastrintestinais, com histórico de ulceração gástrica ou intestinal.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.