Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Florfenicol

Classificaçāo

Antibiótico

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Florfenicol 30,0 g

Veículo q.s.p 100,0 mL

ARMAZENAMENTO

Não refrigerar. Não congelar. Conservar em local seco, à temperatura ambiente (15°C a 30°C), ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Bovinos: No tratamento das infecções respiratórias, incluindo a doença respiratória bovina (febre de transporte), causada por Pasteurella Haemolitica, Pasteurella Multocida e Haemophilus Sommus, febre do embarque, síndrome diarréica dos terneiros, quadros pneumoentéricos (Corynebacterium pyogenes, Salmonella spp., Klebsiella spp., Haemophilus sommus), infecções gastrointestinais (diarréias) causadas por Escherichia coli, pododermatites causadas por Fusobacterium necroforum, Bacteroides nodosus e bacteroides melaninogenicus, ceratoconjuntivite infecciosa bovina causada por Moraxella bovis e infecções uterinas causadas por Haemophilus spp., Pasteurella spp., Streptococcus spp., Escherichia coli, Flavobacterium spp., Citrobacter spp., Enterobacter spp. e Bacillus cereus.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não utilizar o produto em animais com doenças hepáticas, em fêmeas gestantes, em touros adultos destinados à reprodução e em bezerros recém-nascidos ou que estão sendo preparados para vitelo.

EFEITOS ADVERSOS

Com a utilização do produto podem ocorrer, esporadicamente, reduções no consumo de alimentos e água, diminuição na atividade do rúmen, perda de peso, leve amolecimento das fezes ou até diarreia em alguns animais, os quais são geralmente reversíveis 48 horas após o final do tratamento. Pode ocorrer dor transitórias no local da aplicação. O produto é um novo medicamento à base de florfenicol e, embora as pesquisas realizadas tenham indicado segurança e eficácia, podem ocorrer reações adversas ainda não descritas. Em caso de suspeita de efeitos colaterais, o Médico Veterinário responsável deverá ser notificado.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O efeito de florfenicol sobre o desempenho reprodutivo e a gestação ainda não está devidamente estudado e, em razão disso, contraindica-se o produto nos animais destinados a reprodução.

Administração e doses

Via(s)

SC

IM

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

48 / 48 horas (IM)

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Dose única (SC) ou 2 doses (IM)

Doses - Bovinos

IM

1 mL / 15 kg

calcular

SC

2 mL / 15 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Deve ser administrado por via intramuscular, de preferência na tábua do pescoço. Usar seringas e agulhas estéreis e secas. Desinfetar a tampa do frasco e o local da aplicação antes de administrar a dose. Não aplicar mais de 10 mL em um só ponto de injeção.

Interações medicamentosas

Observações da interação

Antagonismo ocorre no uso simultâneo com penicilinas, cefalosporinas e quimioterápicos in vitro e in vivo.

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

O florfenicol é um antibiótico sintético com atividade bacteriostática por meio da inibição da síntese proteica dos microrganismos susceptíveis. A droga se liga à subunidade ribossômica 70 S, interferindo na formação do peptídeo e no alongamento da cadeia proteica. Por apresentar um grupo “flúor” em substituição ao grupo “hidroxila”, o florfenicol não é desativado pela enzima acetiltransferase, responsável pelo principal mecanismo de resistência bacteriana ao colanfenicol e ao tianfenicol. Há ainda outra diferença estrutural (grupo “p-metil sulfonila” no lugar do grupo “p-nitro”) em relação aos outros antibióticos de mesma família, reduzindo o potencial aplásico sobre a medula óssea dos animais tratados.

FARMACOCINÉTICA

Roflin foi especialmente desenvolvido para garantir níveis séricos inibitórios por um período de 48 horas.

EFEITOS ADVERSOS

Com a utilização do produto podem ocorrer, esporadicamente, reduções no consumo de alimentos e água, diminuição na atividade do rúmen, perda de peso, leve amolecimento das fezes ou até diarreia em alguns animais, os quais são geralmente reversíveis 48 horas após o final do tratamento. Pode ocorrer dor transitórias no local da aplicação. O produto é um novo medicamento à base de florfenicol e, embora as pesquisas realizadas tenham indicado segurança e eficácia, podem ocorrer reações adversas ainda não descritas. Em caso de suspeita de efeitos colaterais, o Médico Veterinário responsável deverá ser notificado.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O efeito de florfenicol sobre o desempenho reprodutivo e a gestação ainda não está devidamente estudado e, em razão disso, contraindica-se o produto nos animais destinados a reprodução.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.