Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Cetamina

Classificaçāo

Anestésico

Receita

Controle Especial - Veterinário

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Ketamina 5 g

Agentes de formulação csp 100 mL

ARMAZENAMENTO

Armazenar na embalagem original, protegido da luz direta do sol, bem fechado e seco entre 15°C e 35°C.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Agente anestésico para utilizar sozinho ou associado a outros agentes anestésicos para procedimentos diagnósticos e cirúrgicos.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não utilizar em animais com insuficiência renal ou hepática pré-existente.

Qualquer patologia renal ou hepática preexistente resulta em anestesia prolongada. Casos fatais têm sido relatados.

Não utilizar em animais com alto risco cardíaco, insuficiência cardíaca congestiva ou um histórico de convulsões.

Não utilizar em animais com hipersensibilidade conhecida à substância ativa.

EFEITOS ADVERSOS

Em geral, a cetamina não deve ser usado sozinho, pois produz muitos efeitos colaterais.

Entre eles podemos citar: nistagmo, movimentos lentos de cabeça, rigidez ou extensão membros, movimentos de pedalagem, opistótono.

Estes efeitos são evitados com a combinação de cetamina com uma pré-medicação apropriada, tal como benzodiazepinas (diazepam), tranquilizantes principais (acepromazina ou xilazina), barbitúricos ou agentes de anestesia inalatória. As doses devem ser adaptadas para cada combinação.

SUPERDOSAGEM

A cetamina é muito pouco tóxica, mas a injecção intravenosa muito rápida de doses muito altas pode causar depressão respiratória.

Recomenda-se ventilação assistida ou uso analépticos (Doxapram 5 a 10 mg / kg por via intravenosa).

Administração e doses

Via(s)

IV Rápida

Epidural

Doses

Recomendado

Bovinos e Equinos

2 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Barbitúricos

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos barbitúricos

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Ajustar dose

Brometo de Rocurônio

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terpêutico aumentado do brometo de rocurônio

Conduta

Ajustar dose

Cloridrato de Xilazina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Inibição da depressão profunda do sistema cardiovascular provocado pela Xilazina, além de reduzir a catatonia que a Cetamina produz

Conduta

Ajustar dose

Halotano

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipotensão e diminuição do débito cardíaco

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Evitar o uso

Hormônio da tireóide

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipertensão arterial e taquicardia

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Evitar o uso

Tubocurarina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Depressão respiratória prolongada

Mecanismo de Ação

Aumento na liberação de acetilcolina e uma diminuição da sensibilidade da membrana pós-sináptica

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

Em geral, a cetamina não deve ser usado sozinho, pois produz muitos efeitos colaterais.

Entre eles podemos citar: nistagmo, movimentos lentos de cabeça, rigidez ou extensão membros, movimentos de pedalagem, opistótono.

Estes efeitos são evitados com a combinação de cetamina com uma pré-medicação apropriada, tal como benzodiazepinas (diazepam), tranquilizantes principais (acepromazina ou xilazina), barbitúricos ou agentes de anestesia inalatória. As doses devem ser adaptadas para cada combinação.

SUPERDOSAGEM

A cetamina é muito pouco tóxica, mas a injecção intravenosa muito rápida de doses muito altas pode causar depressão respiratória.

Recomenda-se ventilação assistida ou uso analépticos (Doxapram 5 a 10 mg / kg por via intravenosa).

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.