Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Acetil metionina
  • L-lisina
  • Sódio
  • cobalto
  • Magnésio

Classificaçāo

Tônico

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

Frasco ‘A’

Fórmula completa para 100 mL:

L - ÁCIDO GLUTÂMICO 420,00 MG

L - Lisina Cloridrato 1000,00 mg

Acetil Metionina 210,00 mg

L – Triptofano 60,00 mg

L - Histidina Cloridrato 210,00 mg

Hidrolisados de Órgãos e Glândulas de Suínos 5000,00 mg

Sódio 16,00 mg

Cobalto 3,00 mg

Magnésio 42,00 mg

Cobre 15,00 mg

Manganês 15,00 mg

Zinco 8,00 mg

Ferro Dextrano 10,00 mg

Água para injetáveis qsp 100,00 mL


Frasco ‘B’

Fórmula completa para 100 mL:

VITAMINA B1 (CLORIDRATO DE TIAMINA) 500,00 MG

Vitamina B6 ( Cloridrato de Piridoxina) 500,00 mg

Niacina (Ácido Nicotínico) 2200,00 mg

Água para injetáveis qsp 100,00 mL

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para suplementação de Aminoácidos, Minerais, Vitaminas e tratamento de estados de carência aos componentes presentes na fórmula, para bovinos nas fases de Cria, Recria, Acabamento e Lactação. Como revitalizante e estimulante orgânico, auxilia na promoção da fertilidade em machos e fêmeas, regularização do cio, crescimento, produção de leite, no acabamento, na recuperação de animais fracos, magros e refugos. Anti-estressante no período transportes, pós-parto, pós-cirurgias, no desmame, nas castrações e descornas.

Administração e doses

Via(s)

IV

Doses

Recomendado

Bovinos

5 - 10 mL / animal

OBSERVAÇÕES

As dosagens recomendadas variam de acordo com o estágio de desenvolvimento do animal e o estado nutricional em que se encontra.

As doses são de 10 mL para bovinos adultos e 5 mL para bezerros(as).

a) - No período de desenvolvimento e/ou em todas as ocasiões que há uma queda de resistência do animal como: transporte, apartação, troca de dentes, etc., aplicar de 1 a 3 doses de 10 mL com intervalo de 30 dias uma dose da outra.

b) - No período de acabamento (invernar) e engorda aplicar 3 doses de 10 mL com intervalo de 30 dias uma dose da outra, iniciando-se a primeira 90 dias antes da data prevista para o abate.

c) - No período de reprodução de fêmeas e machos, 3 doses de 10 ml com intervalo de 15 dias uma dose da outra. (Fêmeas aplica-se preferencialmente no pré-parto e pós-parto).

d) - Nas convalescenças de enfermidades infecciosas e parasitárias aplicar 3 ou mais injeções de 10 mL sendo uma por dia até a recuperação do animal, ou a critério do Médico Veterinário.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

AMINOFORT apresenta-se como um revitalizador e estimulante orgânico, constituído de: Hidrolisado de órgãos e glândulas de suínos. 0,720 g de N total por 100 ml encontra-se 36% de polipeptídios de baixo peso molecular e 28% de Aminoácidos. (relação aminoácidos/polipeptídios = 0,78), e outros Aminoácidos essenciais, Vitaminas e minerais. AMINOFORT possui mecanismo de ação de alta complexidade que age no metabolismo dos órgãos e glândulas desenvolvendo atividade regeneradora fisiológica específica e são, portanto, parte constituinte dos mecanismos naturais responsáveis pela defesa e integridade do organismo.

Os aminoácidos e polipeptídios presentes no AMINOFORT fornecem nitrogênio para síntese de compostos como as purinas e as pirimidinas que são utilizadas nas síntese de nucleotídeos e ácidos nucleicos. Os aminoácidos ou são neurotransmissores (glutation, glicina) ou produzem neurotransmissores (gama aminobutirato, noradrenalina) como também originam hormônios (catecolaminas e hormônios da tireóide). Muitos peptídeos apresentam função biológica importante, como aqueles que possuem ação hormonal (paratormônio, calcitonina, insulina, glucagônio, hormônios hipofisários). Assim, tem importante papel nos mecanismos de conjugação (desintoxicação). Entre os principais aminoácidos que tomam parte nessas reações, acham-se a glicina, metionina e glutamina.

A necessidade de administrar suficientes quantidades de alimentos nitrogenados quando o organismo mais necessita, deu origem aos comumente chamados preparados de aminoácidos. Isto porque, em período de maior demanda de proteína, sejam naturais (crescimento, lactação e gestação), ou mórbidos (desnutrição aguda ou crônica, reparação consecutiva a traumatismo, a hepatite, as enfermidades renais, as perturbações gastroentéricas, etc.) coincidem também com períodos em que diminuem o metabolismo do nitrogênio, a administração de proteínas parcial, ou totalmente hidrolisadas, é um método eficaz de alimentação.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.