Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Cloprostenol

Classificaçāo

Hormônio

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 2 mL contém:

D-cloprostenol 0,15 mg

Veículo q.s.p. 2 mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Uma vez que o produto é absorvido pela pele, o mesmo não deve ser manipulado por mulheres grávidas.

Pode causar também, nos seres humanos, broncoespasmos, devendose, nestes casos, administrar imediatamente broncodilatadores de ação rápida como isoprenalina ou Salbutanol por inalação.

Devido a rápida metabolização do produto, o leite destes animais pode ser consumido 12 horas após a aplicação.

A carne não deve ser consumida antes de 24 horas da aplicação.

ARMAZENAMENTO

O produto deve ser conservado em local fresco, entre 4°C e 25°C ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Agente luteolítico em programas de indução e sincronização de cios.

Indicado para: Sincronização de cios, IATF;

Involução uterina;

Tratamento de retenção de placenta e endometrite.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

PROLISE não deve ser administrado em animais gestantes a menos que se queira induzir o aborto.

Administração e doses

Via(s)

IM

Doses

Recomendado

Bovinos

2 mL / animal

Equinos

1,5 mL / animal

OBSERVAÇÕES

Bovinos:

PROLISE é indicado como agente luteolítico em programas de indução e sincronização de cios.

Vários esquemas de sincronização de cios podem ser encontrados em literatura, as mais usuais são:

1. Aplicar PROLISE e inseminar as vacas que apresentem cio.

Nas vacas que não apresentaram cio, fazer una segunda aplicação de PROLISE 14 dias após a primeira aplicação e inseminar após a apresentação de cio.

Vacas que não apresentarem cio após ambas aplicaçãoes, devem ser examinadas pelo médico veterinário pois podem estar apresentando problemas reproductivos ou estar em anestro.

2. Duas aplicaçãoes de PROLISE com intervalo de 14 dias e I.A. após a segunda aplicação.


OBS. Para o sucesso de qualquer programa de sincronização de estros é fundamental que as vacas não estejam em anestro.

O nivel de ciclicidade do rebanho pode ser avaliado por palpação ou, preferencialmente, por uma observação prévia (amostragem por alguns dias) da manifestação de cios.

PROLISE também é indicado para tratamento pós parto com objetivo de diminuição do tempo de puerpério e do intervalo entre partos.


Equinos:

PROLISE é medicamento de eleição na induçao de estros em eqüinos.

A menor concentração de produto necessária ao afeito farmacológico, e a maior afinidade dos receptores do corpo lúteo ao d-Cloprostenol geram menores ações adversas como sudorese, tremor muscular e aumento de peristaltismo, que quando ocorrem são de menor intensidade.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A PGF2 e seus análogos são utilizados rotineiramente como luteolíticos e, consequentemente, indutores de cio.

Novos trabalhos têm demonstrado o uso compensador na sincronização de partos e no pós-parto, como forma de melhorar os índices reprodutivos do rebanho, tornando-o mais lucrativo.

O dcloprostenol (análogo da PGF2 ) é a fração destrógira purificada a partir do cloprostenol racêmico.

Experimentos comprovam que os receptores de PGF2 do corpo lúteo e miométrio possuem uma afinidade muito maior, (150 vezes maior no corpo lúteo e 10 vezes maior no miométrio) para a fração “d” do que para a forma racêmica do cloprostenol.

Por esse motivo, as ações terapêuticas desta molécula ocorrem em concetrações sensivelmente menores.

O dcloprostenol, princípio ativo de PROLISE, é portanto uma molécula mais segura e potente, a presentando menor risco de efeitos colaterais quando comparados aos outros análogos da PGF2 .

Como luteolítico, PROLISE provoca uma regressão morfológica e funcional do corpo lúteo de 2 a 4 dias após o tratamento.

Durante a fase inicial de formação do corpo lúteo, até 5 dias após o cio, não há resposta á ação de luteolítico, e entre o 5º e o 7º dia sua resposta pode ser falha.

PROLISE também possui ação sobre o útero (miométrio), e quando aplicado no pós parto auxilia na rápida recuperação da fêmea, diminuindo o intervalo entre o parto e a concepção.

FARMACOCINÉTICA

As menores contrações do medicamento necessárias ao efeito farmacológico desejado facilitam a eliminação da droga diminuindo o tempo de elimnação dos resíduos no leite e na carne.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

PROLISE não deve ser administrado em animais gestantes a menos que se queira induzir o aborto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.