Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Benzilpenicilina Procaína
  • Dihidroestreptomicina (sulfato)
  • Piroxicam

Classificaçāo

Antibiótico (grupo Penicilinas)

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100mL contém:

Benzilpenicilina Procaína (20.000.000 UI) 20,00g

Dihidroestreptomicina (sulfato) 8,0g

Piroxicam 0,6g

Veículo q.s.p 100,0mL

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Nos humanos provoca distúrbio gastrointestinal como estomatite, anorexia e constipação, mas estas reações são insignificantes. Prazo de validade: 2 anos a partir da data de fabricação.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local fresco, seco a temperatura máxima de 30°C, ao abrigo da luz solar e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob o nº 8.372 em 29/10/2002.

Responsável técnico

Resp. Téc. Dra. Viviana Toledo Caricati Dorta CRF –SP 35.318

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

O Tetrapen PPU é um antimicrobiano bactericida de amplo espectro e com ação prolongada. Indicado no tratamento das seguintes infecções:

- Bovinos: Mastites: Streptococcus spp., Corynebacterium pyogenes. Processos piogênicos: Streptococcus pyogenes. Edema maligno: Clostridium septicum, C. novyi. Carbúnculo sintomático: Clostridium chauvoei. Enterotoxemia e gangrena: Clostridum perflingens. Hemoglobinúria: C. haemolyticum. Tétano: C. tetani. - Equinos: Garrotilho: Streptococcus equi. Infecções dos recém-nascidos, onfaloflebites: Staphylococcus genitalium. Artrite supurativa: E. coli, Actinobacillus spp., Salmonella spp..Linfagite ulcerativa: C. pseudotuberculosis. Pneumonia dos potros: Corynebacterium equi. Listeriose: L. monocytogenes. Tétato: Clostridium tetani. Septicemia dos potros: Salmonella abortus equi.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não administrar o produto a animais conhecidamente hipersensíveis ao ácido acetilsalicílico ou a outros antiinflamatórios não esteroides. Não administrar a animais com nefropatias graves, já que a Dihidroestreptomicina tem efeito nefrotóxico. Não administrar a fêmeas gestantes ou lactantes.

EFEITOS ADVERSOS

Animais hipersensíveis poderão apresentar reações de hipersensibilidade ou anafiláticas de gravidade variável, como sintomas de salivação, tremores, vômitos, respiração difícil e edema cutâneo em algumas áreas do corpo.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não administrar a fêmeas gestantes ou lactantes. Nos humanos, o Piroxicam administrado até o final da gravidez pode causar distocia; nos animais não há relato.

Administração e doses

Via(s)

IM

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

24 / 24 horas

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

3 a 5 dias consecutivos

Doses

Recomendado

Bovinos e Equinos

1 mL / 20 kg

calcular

Modo de usar

Agite antes de usar, use seringas e agulhas descartáveis ou esterilizadas. Calcule corretamente a dose a aplicar de acordo com o peso corporal do animal. Obedeça as normas de assepsia para a aplicação de injetáveis. Recomenda-se que o tratamento seja prolongado por um período mínimo de 48 horas após o desaparecimento dos sintomas ou a critério do médico veterinário.

Interações medicamentosas

Observações da interação

O Piroxicam como anti-inflamatório não esteroide pode provocar a retenção de saliva e potássio, interferindo na ação de diuréticos. Não associar o produto com antimicrobianos bacteriostáticos Tetraciclina.

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

A penicilina é potencializada, quanto a sua ação, quando associada aos salicilatos e a fenilbutazona.

FARMACODINÂMICA

Como as demais penicilinas, a Benzilpenicilina Procaína possui ação bactericida durante o estágio de multiplicação ativa dos microrganismos sensíveis a ela. Dihidroestreptomicina (sulfato) pertence ao grupo dos aminoglicosídeos. Age exercendo efeito bactericida ao penetrarem no interior da célula bacteriana. O Piroxicam é um agente anti-inflamatório não esteroide que possui propriedades analgésicas e antipiréticas.

EFEITOS ADVERSOS

Animais hipersensíveis poderão apresentar reações de hipersensibilidade ou anafiláticas de gravidade variável, como sintomas de salivação, tremores, vômitos, respiração difícil e edema cutâneo em algumas áreas do corpo.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não administrar a fêmeas gestantes ou lactantes. Nos humanos, o Piroxicam administrado até o final da gravidez pode causar distocia; nos animais não há relato.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.