Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Digluconato de Clorexidina
  • Cloreto de Cetrimônio

Classificaçāo

Sanitizante

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Digluconato de Clorexidina a 20% 2,0 g

Cloreto de Cetrimônio a 25% 1,0 g

Veículo q. s. p. 100 mL

Níveis de garantia

Cada 100 mL contém:

Digluconato de Clorexidina 20%: 2,0 g

Cloreto de Cetrimônio 25%: 1,0 g

ARMAZENAMENTO

Conservar à temperatura ambiente (15°C a 30°C), em local seco e ao abrigo da luz solar direta. Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura sob o n° 5.669 em 14/10/96

Responsável técnico

Dra. Vera de Fátima Costa Calixto - CRF/SP n° 11.427

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Duofor, frasco (1 L)
  • - Duofor, galão (5 L)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Duofor possui ações contra bactérias, bactérias esporuladas, fungos, vírus e algas. Não corrosivo e inodoro. Para uso em limpeza e higienização de instalações, equipamentos, instrumentais cirúrgicos e veículos de transporte de animais, utilizados em todos os segmentos de atividade pecuária.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

O produto, quando usado segun do as recomendações, não apresenta efeitos colaterais. Pessoas ou animais hipersensíveis aos princípios ativos do produto não devem utilizá-lo. Não reutilizar a embalagem vazia.

Administração e doses

Via(s)

Instrumental

Ambiental

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

De acordo com a necessidade.

Modo de usar

Para desinfecção e limpeza de instalações e veículos, pulverizar com DUOFOR diluído 1:100 com água e não enxaguar. Para desinfecção e limpeza de instrumental cirúrgico e equipamentos imergir em solução de DUOFOR DESINFETANTE diluída 1:50 com água. Deixar a solução em contato por, no mínimo, 15 minutos. Para total eficácia do processo de desinfecção, o material deve estar limpo, sem resíduo de material orgânico (fezes, pus, sangue, etc).

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

DIGLUCONATO DE CLOREXIDINA: O seu mecanismo de ação anti-bacteriano é explicado pelo fato de a molécula catiônica da clorexidina ser rapidamente atraída pela carga negativa da superfície bacteriana, sendo adsorvida à membrana celular por interações eletrostáticas, provavelmente por ligações hidrofóbicas ou por pontes de hidrogênio, sendo essa adsorção concentração-dependente. Assim, em dosagens elevadas, ela causa precipitação e coagulação das proteínas citoplasmáticas e morte bacteriana e, em doses mais baixas, a integridade da membrana celular é alterada, resultando num extravasamento dos componentes bacterianos de baixo peso molecular; CLORETO DE CETRIMÔNIO: É um compostos quaternário que adere de maneira irreversível nos fosfolipídios das membranas, ocasionando uma desnaturação das proteínas, devido ao aumento da permeabilidade.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Distribuidores Syntec

Syntec

E-MAIL

sac@syntec.com.br

CONTATO(S)

Mila

REGIÕES ATENDIDAS

Todo o Brasil

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.