Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Penicilina
  • estreptomicina
  • diclofenaco sódico

Classificaçāo

Antibiótico

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada frasco-ampola contém 8,6 g de pó micronizado:

Benzilpenicilina benzatina 3.000.000 UI

Benzilpenicilina potássica 1.500.000 UI

Benzilpenicilina procaína 1.500.000 UI

Estreptomicina (sulfato) 1.250 mg

Diidroestreptomicina (sulfato) 1.250 mg


Cada frasco de 15 mL do diluente estéril contém:

Diclofenaco sódico 225 mg

Água para injeção q.s.p. 15 mL

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, à temperatura máxima de 30°C, fora da luz solar direta e do alcance de crianças e animais domésticos.

O produto reconstituído deve ser conservado em geladeira (3°C a 6°C) por 7 dias sem perda de potência.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Tratamento das infecções bacterianas diversas, sensíveis a Penicilina e Estreptomicina.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em animais que apresentem hipersensibilidade às Penicilinas ou à Estreptomicina. Não aplicar em animais com disfunção renal. Não aplicar em vacas leiteiras lactantes.

EFEITOS ADVERSOS

Embora com frequência inferior àquela provocada em humanos, podem ocorrer choques anafiláticos, erupções cutâneas e angioedema.

Quando aplicada por via endovenosa, a Benzilpenicilina potássica pode provocar arritmia cardíaca.

Administração e doses

Via(s)

IM

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Dose única

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Repetir a aplicação caso necessário, após 5 dias da primeira aplicação. Conforme orientação do Médico Veterinário.

Doses

Recomendado

Bovinos e Equinos

1 - 2 mL / 30 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Aplicação parenteral, por via intramuscular profunda. Não injetar doses superiores a 15 mL no mesmo ponto de injeção.

O produto deve ser reconstituído somente no momento do uso, injetando o diluente estéril no frasco de pó e agitando para dissolver, de modo asséptico.

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não informado

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

O Bravecilin Forte é constituído por 3 Benzilpenicilinas G, Estreptomicina base e Diclofenaco sódico.

Benzilpenicilinas: sua ação bactericida se deve à inibição da biossíntese dos mucopeptídeos contidos no ácido acetil murâmico e acetil glucosamina, das bactérias.

Promovem alterações na parede celular devido ao bloqueio da transpeptidase.

A ação bactericida ocorre sobre os germes sensíveis, na sua fase ativa de miltilicação.

Estreptomicina: possui ação bactericida, provoca erros de leitura do código genético e interfere em vários estágios da subunidade ribossômica 30S das bactérias sensíveis.

Leva a formação de proteínas defeituosas e não funcionais.

Diclofenaco sódico: tem propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e antipiréticas.

É inibidor da síntese de prostaglandinas (ciclo-oxigenase).

É utilizado para aliviar a dor, em condições inflamatórias, bem como os outros sintomas que caracterizam um processo inflamatório (rubor e calor).

FARMACOCINÉTICA

As benzilpenicilinas são absorvidas rapidamente, após a aplicação parenteral. O Bravecilin Forte associando Benzilpenicilina Procaína, Benzatina e Potássica, diluídas num veículo aquoso, mantém a absorção e os níveis sanguíneos podem ser mantidos por 24 a 48 horas, com uma única aplicação.

A distribuição ocorre através do fluido extracelular e principalmente quando a mesma não está ligada às moléculas de proteína.

A fração Estreptomicina é rapidamente absorvida após injeção intramuscular. A concentração máxima no sangue é variável, devido a presença das Benzilpenicilinas. Se liga fracamente às proteínas plasmáticas.

A absorção do Diclofenaco é rápida devido a sua característica de lipossolubilidade. É distribuído por todo o organismo por sua capacidade de ligação com proteínas plasmáticas que leva a obtenção de altas doses da substância nos exsudatos inflamatórios.

A excreção do medicamento ocorre por via renal, facilitada pela característica de alcalinidade da urina dos animais.

EFEITOS ADVERSOS

Embora com frequência inferior àquela provocada em humanos, podem ocorrer choques anafiláticos, erupções cutâneas e angioedema.

Quando aplicada por via endovenosa, a Benzilpenicilina potássica pode provocar arritmia cardíaca.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.