Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Salicilato de Metila
  • Terebentina

Classificaçāo

Anti-inflamatório

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos e Equinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL do produto contém:


Salicilato de Metila - 10 mL

Essência de Terebentina - 10 mL

Veículo Emulsificante q.s.p - 100 mL

ARMAZENAMENTO

O produto deve ser mantido na embalagem original até a completa utilização, entre 15 e 30°C, ao abrigo da luz solar, umidade e calor, dora do alcance de crianças e animais domésticos.

Registro no mapa

Licenciado no Ministério da Agricultura sob n° 395 em 22/11/58.

Responsável técnico

Dr. Alan Fioroni Kastein CRF-SP 31.640.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Reumatosol, frasco (100 mL)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Possui efeito anti-inflamatório no tratamento de reumatismo agudo ou crônico e em todos os processos inflamatórios articulares e tendíneos, claudicações, entorses, contusões, luxações, higromas, inflamações ganglionares e do úbere (mastites).

Administração e doses

Via(s)

Tópica

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 / 12 horas

Modo de usar

Aplicar na região afetada e massagear para completa absorção, duas vezes ao dia.

Alterações na posologia e modo de uso a critério do Médico Veterinário.

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

O mecanismo de ação dos Salicilatos baseia-se na inibição da enzima Ciclo-oxigenase que está envolvida na síntese de prostanóides a partir de Ácido Araquidónico, bem como todos os derivados de Ácido Acetilsalicílico. Também inibe a libertação de PGF2α e PG2 de plaquetas estimuladas por trombina, bem como na síntese de tromboxanos e favorecendo a produção de PGI2 prostacylins. Existe uma correlação entre a potência da inibição da Ciclo-oxigenase e atividade anti-inflamatória.

FARMACOCINÉTICA

O Salicilato de Metila à semelhança dos outros salicilatos, apresenta absorção percutânea. Encontra-se demonstrado que existe um efeito de primeira passagem na pele, em que as esterases hidrolizam rapidamente os ésteres de salicilatos libertando o composto ativo Ácido Salicílico tanto na derme como na epiderme. O Ácido Salicílico sofre posteriormente conjugação com a Glicina e forma Ácido Salicilúrico.

Estudos

Não há nenhum estudo relacionado à este produto.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.