Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Glândula Mamária Bovina Lisada e Cultivo de Streptococcus agalctiae, Streptococcus dygalactiae, Streptococcus uberis, Staphylococcus albus, Staphilococcus aureus, Escherichia coli, Arcanobacterium pyogenes, Salmonella typhimurium, Pseudomonas aeruginosa, Klebsiella pneumoniae, Bacillus subtilis, Enterobacter aerogenes e Pasteurella multocida.

Classificaçāo

Biológico

Receita

Receita Simples

Espécies

Bovinos

COMPOSIÇÃO

Cada 100 mL contém:

Glândula mamária bovina lisada 10,00 g.

Cultivos de Streptococcus agalactiae 10,00 mL.

Cultivos de Streptococcus dysgalactiae 5,00 mL.

Cultivos de Streptococcus uberis 5,00 mL.

Cultivos de Staphylococcus albus 5,00 mL.

Cultivos de Staphylococcu aureus 5,00 mL.

Cultivos de Escherichia coli 4,00 mL.

Cultivos de Corynebacterium pyógenes 4,00 mL.

Cultivos de Salmonella sp 4,00 mL.

Cultivos de Pseudonomas sp 4,00 mL.

Cultivos de Klebsiella 4,00 mL.

Cultivos de Bacillus subtitlis 4,00 mL.

Cultivos de Aerobacter aerógenes 4,00 mL.

Cultivos de Pasteurella bovis 4,00 mL.

Concentrado ao no. 10 do Mc Farland e lisados

Soro fisiológico q.s.p. 100,00 mL.

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Auxiliar na prevenção de mastites clínicas e subclínicas e coadjuvante no tratamento das mastites subclínicas dos bovinos.

Administração e doses

Via(s)

SC

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Prevenção vaca seca: aplicar 30 dias antes do parto e 21 dias após o parto e repetir vacinação a cada 60 dias.

Prevenção vaca em lactação: aplicar duas doses em dias alternados, após uma semana, aplicar mais duas doses em dias alternados e repetir vacinação a cada 60 dias.

Tratamento de mastite subclínica: 3 séries de três aplicações cada em dias alternados e repetir a cada 60 dias.

Doses

Recomendado

Bovinos

5 mL / animal

OBSERVAÇÕES

A vacinação preventiva não elimina a necessidade dos procedimentos de higiene durante a ordenha.

Tanto na prevenção como coadjuvante ao tratamento deve-se REVACINAR a cada 60 dias da ultima aplicação, com uma única dose de 5 mL, via subcutânea, para manter a prevenção.

Nas mastites clínicas (agudas ou crônicas) poderá ser associado ao tratamento antibiótico-terapia, porém não deve ser usado produtos que contenham anti-inflamatórios a base de corticóides, devido sua ação imunodepressora.

Interações medicamentosas

Observações da interação

Não se aplica

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Mastiplus é um produto que promove a leucocitose e o aumento da taxa de imunoglobulinas.

Nas mastites subclínicas, pela presença do foco infeccioso, existe um quimiotactismo positivo carreando as células de defesas e anticorpos até a glândula mamária, podendo promover um edema, ou seja, uma reação inflamatória normal.

Devido a esta reação, nos tratamentos das mastites subclínicas poderão ocorrer sintomas de mastite clínica, num percentual médio de 5% das vacas.

FARMACOCINÉTICA

O teste de rotina para identificação da mastite subclínica (CMT, WMT, CCS, Condutividade elétrica, etc.), deverá ser negativo somente após transcorridos de 15 a 20 dias da última aplicação do tratamento realizado com Mastiplus-BR

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Com o uso de Mastiplus-BR na prevenção de vacas sadias, não ocorre nenhuma reação no úbere nem tão pouco variação na Contagem de Células Somáticas (CCS).

MONITORAMENTO

Para realizar o tratamento preventivo das vacas em lactação, deve-se certificar que o animal esteja sadio através dos testes de rotina, citados acima, caso estejam com mastite subclínica utilizar o esquema de dosagens como coadjuvante ao tratamento curativo.

Sugerimos dobrar o número de ordenha nos tratamentos das mastites clínicas severas, sendo o ideal 6 (seis) ordenhas por dia, para aumentar a eficiência do Sistema Imunológico da vaca.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Distribuidores Ourofino

Ourofino

E-MAIL

relacionamento@ourofino.com

CONTATO(S)

SAC

REGIÕES ATENDIDAS

Todo o Brasil

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.