Informativo Técnico - Ciclo 2 Reduzir o peso e mantê-lo saudável

Empresa

Nestlé PURINA

Data de Publicação

31/12/2000

PDF

Produtos Relacionados

Algumas patologias estão associadas ao excesso de peso, já que uma grande quantidade de tecido gorduroso gera efeitos deletérios no metabolismo fisiológico e funcionamento dos órgãos. O excesso de peso com severidade causa obesidade, a qual está associada à causa ou progressão de diversas doenças em cães e gatos, conforme os quadros abaixo:

CÃES COM SOBREPESO PODEM VIVER MENOS

Os efeitos deletérios do excesso de peso sobre a saúde dos cães e gatos já são bastante conhecidos. Cada vez mais esse assunto é pesquisado e citado na literatura científica ao redor do mundo. Para avaliar o efeito da condição corporal nos cães a Nestlé Purina realizou um estudo que acompanhou dois grupos de cães por 14 anos. O estudo Life Plan teve o intuito de acompanhar toda a vida desses animais e, como resultado, demonstrou que os cães que se mantinham em um escore corporal magro (4 ou 5 na escala de 9 pontos) tiveram um aumento na expectativa de vida por volta de 1,8 anos a mais que seus pares. As patologias associadas à idade também foram avaliadas pelo estudo, o qual evidenciou que os cães no escore ideal demoraram mais tempo para apresentá-las, incluindo a osteoartrite. Assim, comprovou-se que os cães com escore corporal ideal não só vivem mais como têm mais qualidade de vida.

Fatores que provocam um equilíbrio energético positivo favorecem o armazenamento de energia em forma de gordura corporal. O sedentarismo da vida moderna cada vez maior também nos animais de estimação, o consumo incontrolado de alimento, a predisposição genética, a idade avançada (principalmente em cães), a presença de doenças crônicas e a castração/ esterilização são algumas das principais razões que podem desencadear o excesso de peso.

O tecido adiposo atua como um órgão endócrino que se comunica ativamente com outros órgãos através da secreção de leptina, adiponectina e outras adipocinas. Em caso de um excesso de peso severo e na obesidade, a secreção de adipocinas se altera, causando anomalias na ação da insulina, na glicose, no metabolismo das gorduras e na função do sistema de defesas naturais.

DIAGNÓSTICO E MANEJO DO PACIENTE COM EXCESSO DE PESO

Primeiramente deve-se fazer o diagnóstico de excesso de peso através de uma ficha de anamnese dietética completa, que deve incluir todo o consumo do animal, desde o alimento habitual até todos os alimentos aleatórios que lhe são ofertados, como petiscos ou agrados, identificando as quantidades e tipos. Após isso, deve-se classificar em qual escore corporal o animal se encontra através do sistema de 9 pontos que, além de ser uma ferramenta útil para verificação e educação do proprietário, é de fácil aplicação. A pesagem do animal também é importante para facilitar o acompanhamento do proprietário. Diagnosticado, o manejo deve ser feito com alimentos de baixa caloria, que forneçam nutrientes adequados com bons níveis de proteínas para manter a massa magra e fibras para manter a saciedade. Uma parte difícil, mas bastante importante, é a conscientização do proprietário, pois ele será o grande aliado para o sucesso do tratamento. A recomendação de um manejo adequado da dieta, dividindo a alimentação em mais porções ao longo do dia e a instituição de um programa de exercícios, quando recomendado, ajuda no cumprimento do programa porque auxilia na sua efetividade e na observação dos resultados mais rapidamente.

PURINA® PRO PLAN® Reduced Calorie com OptiFit

Como atua a tecnologia?

Ingredientes

Farinha de subprodutos de frango (24%), farelo de glúten de milho*, quirera de arroz, milho integral moído*, trigo integral moído, farinha de salmão, fibra de aveia (3%), glúten de trigo, celulose em pó (4%), gordura animal estabilizada com tocoferóis (fonte de vitamina E), levedura seca de cervejaria, cloreto de potássio, cloreto de sódio (sal comum), carbonato de cálcio, fosfato bicálcico, hidrolisado de fígado de ave e suíno, ácido fosfórico, taurina, L-lisina, DL-metionina, vitaminas (A, D3, E, K3, B12, ácido ascórbico, mononitrato de tiamina, suplemento de riboflavina, cloridrato de piridoxina, niacina, biotina, ácido fólico, pantotenato de cálcio, cloreto de colina), minerais (sulfato de zinco, sulfato ferroso, sulfato de cobre, sulfato de manganês, iodato de cálcio, selenito de sódio), antioxidante BHT. *Espécies doadoras do gene: Agrobacterium tumefaciens, Bacillus thuringiensis e Streptomyces viridochromogenes.

Níveis de Garantia

Umidade (Max) 120 g/kg; Proteína bruta (Min) 400 g/kg; Extrato etéreo (Min/Max) 70 g/kg / 100 g/kg; Matéria fibrosa (Max) 75 g/kg; Matéria mineral (Max) 80 g/kg; Cálcio (Min/ Max) 10 g/kg / 14 g/kg; Fósforo (Min/Max) 9.000 mg/kg / 14 g/kg; Potássio (Min) 6.000 mg/kg; Sódio (Min) 3.000 mg/ kg; Zinco (Min) 180 mg/kg; Selênio (Min) 0,20 mg/kg; Lisina (Min) 13 g/kg; Metionina (Min) 6.500 mg/kg; Taurina (Min) 1.100 mg/kg; Ômega 6 (Min) 10 g/kg; Ômega 3 (Min) 900 mg/kg; Vitamina A (Min) 9000 UI/kg; Vitamina E (Min) 500 UI/kg; Vitamina C (Min) 75 mg/kg.

Apresentações: 0,4 kg e 2 kg.

Conservação

Conservar em um lugar fresco e seco. Fechar com cuidado após o uso e não armazenar próximo de produtos que podem ser tóxicos.