Science Diet™ Pele Sensível - Mais Ácidos Graxos e Antioxidantes

Empresa

Hill's

Data de Publicação

15/03/2016

PDF

Science Diet™ Pele Sensível – Mais Ácidos Graxos e Antioxidantes

Você costuma recomendar dietas caseiras ou dietas formuladas com proteína hidrolisada quando um cão apresenta ressecamento, irritação, descamação da pele e prurido e este quadro não resulta de alguma patologia especificamente diagnosticada? A nutrição escolhida por você deve fornecer altos teores de ácidos graxos para nutrir a pele e repor sua oleosidade natural. Ela também deve fornecer proteínas de alta qualidade e proteção antioxidante. Um alimento à base de cordeiro ou peixe não é necessariamente a melhor recomendação, aqui explicamos o porquê.

Escolhendo o Melhor Alimento para Pele Sensível

Quase metade dos proprietários relata que seus cães de vez em quando apresentam pele ressecada, irritada e descamada1. Em casos assim, os veterinários podem recomendar um alimento terapêutico, partindo da premissa de que apenas estes alimentos podem atender à alta demanda de ácidos graxos necessária para melhorar a saúde da pele e do pelo. Science Diet™ Pele Sensível para cães adultos prova que esta suposição nem sempre está correta.

Mais que Apenas Ácidos Graxos

É claro que a saúde da pele e do pelo não dependem apenas dos ácidos graxos Ômega 3 e Ômega 6. Science Diet™ Pele Sensível para cães adultos também contém proteínas de alta qualidade oriundas do ovo, que fornecem importantes aminoácidos. Os produtos Science Diet™ Pele Sensível contêm ainda o Superior Antioxidant Formula, com teores mais altos das vitaminas antioxidantes C e E para ajudar a proteger contra os danos celulares e manter um sistema imune saudável.

ÔMEGA 3 E ÔMEGA 6

Estudos comprovam que os alimentos ricos em ácidos graxos Ômega 3 e Ômega 6 ajudam a nutrir a pele e melhorar a condição da pelagem2,3. Science Diet™ Pele Sensível fornece todos os benefícios dos ácidos graxos Ômega 3 e Ômega 6, além de proteínas de alta qualidade e proteção antioxidante. Estes elevados níveis de ácidos graxos podem fazer uma grande diferença no suporte nutricional e na melhoria da saúde da pele e do pelo.

Pontos-Chave

  • Quase metade dos proprietários de cães relatam que seus animais ocasionalmente apresentam pele ressecada, irritada e descamada1
  • Repor a oleosidade natural da pele é uma preocupação constante dos proprietários de cães1
  • Pesquisas comprovam os benefícios dos ácidos graxos Ômega 3 e Ômega 6 para a pele2,3
  1. “Science Diet Sensitive Skin Omnibus”. Abril de 2000. Hill’s Pet Nutrition, Inc.
  2. Watson, T.D.; “Diet and Skin Disease in Dogs and Cats”. Journals of Nutrition, Vol. 128, Nº Supplement. December, 1998, pp. 2783S-2789S.
  3. Campbell, K.L.; Roudebush, P. “Effects of four diets on serum and cutaneous fatty acids, transepidermal water losses, skin surface lipids, hydration and condition of the skin and haircoat of dogs (abstract)”. Proceedings, Annual Meeting AAVD and ACVD, Santa Fe, NM, 1995: 80-81.

Para mais informações, contate o Serviço de Consultoria Veterinária da Hill’s (VCS): NutriClinVet@hillspet.com ou visite HillsVet.com.