Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Enrofloxacina

Classificaçāo

Antibiótico (grupo Fluorquinolonas)

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

COMPOSIÇÃO

Enrofloxacino 2,5% - Cada 100 mL do produto contém:

Enrofloxacino 2,50 g

Água para injetáveis q.s.p. 100,00 mL


Enrofloxacino 5% - Cada 100 mL do produto contém:

Enrofloxacino 5,00 g

Água estéril q.s.p. 100,00 mL

ARMAZENAMENTO

Armazenar e manter o medicamento em local seco, fresco e ao abrigo da luz. Seguir corretamente as indicações e instruções para o uso. Armazenar e manter o medicamento fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Enrofloxacino Injetável 2,5%, frasco-ampola (20 mL)
  • - Enrofloxacino Injetável 5,0%, frasco-ampola (20 mL)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para o tratamento de um grande número de doenças infecciosas causadas por bactérias Gram-positivas, Gram-negativas, micoplasmas e espiroquetas sensíveis ao enrofloxacino.

É especialmente indicado nas infecções do sistema urinário, especialmente aquelas causadas por Pseudomonas aeruginosa; prostatites; gastroenterite bacteriana severa; pneumonia causada por bacilos Gram-negativos; otite; infecções dérmicas; osteomielite por Gram-negativos; meningoencefalites bacterianas e endocardite estafilocócica.

Agentes etiológicos susceptíveis: Pseudomonas aeruginosa, Klebsiella spp., Escherichia coli, Enterobacter spp., Campylobacter spp., Shigella spp., Salmonella spp., Aeromonas, Haemophilus spp., Proteus mirabilis, Yersinia, Serratia, Vibrio espécies, Staphylococcus spp., Chlamydia trachomatis, Mycoplasma spp.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não utilizar este medicamento em animais jovens.

Quando se utilizar por períodos prolongados, promover a hidratação adequada e acidificação da urina (em animais que apresentam pH da urina elevado) destes animais. Utilizar com precaução em pacientes com insuficiência renal, uma vez que a maior parte deste antibiótico é excretada por esta via. Não utilizar este produto por períodos prolongados, superiores a 3 meses.

EFEITOS ADVERSOS

Entre os principais efeitos adversos têm sido descritos danos nacartilagem articular de cães jovens, potros e em algumas espécies de animais de laboratório. Tem-se relatado o aparecimento de cristalúria em animais de urina alcalina e tratados com fluoroquinolonas. Em cães tratados prolongadamente (período superior a 3 meses) com quinolonas, tem-se relatado alteração da espermatogênese e/ou atrofia testicular.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não utilizar este medicamento em fêmeas prenhes. 

Administração e doses

Via(s)

IV

IM

SC

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 ou 24 horas

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

A duração do tratamento dependerá da patologia e ficará a critério do Médico Veterinário, todavia a duração do tratamento, deverá ser acrescido de, no mínimo, 48 horas após o desaparecimento dos sintomas.

Enrofloxacino 2,5%

Recomendado

Cães e Gatos

0,5 - 1 ml / 5 kg

calcular

Enrofloxacino 5%

Recomendado

Cães e Gatos

0,5 - 1 ml / 10 kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Cães e gatos: 2,5 a 5,0 mg/kg, ou seja, 0,5 a 1,0 mL de Enrofloxacina 2,5% para cada 5 kg de peso ou 0,5 a 1,0 mL de Enrofloxacina 5% para cada 10 kg de peso por via intravenosa, intramuscular ou subcutânea a cada 12 horas (para Pseudomonas utilizar 11 mg/kg, ou seja, 0,22 mL por kg de peso).

Posologia de manutenção: os intervalos entre doses são de 12/24 horas e a duração do tratamento dependerá da patologia e ficará a critério do Médico Veterinário, todavia, a duração do tratamento deverá ser acrescida de, no mínimo, 48 horas após o desaparecimento dos sintomas.

Margem de segurança: o produto possui boa margem de segurança devido às características não tóxicas de seus componentes.

Interações medicamentosas

Hidróxido de Alumínio

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido do Antibiótico

Mecanismo de Ação

Diminuição da absorção gastrointestinal de Fluorquinolonas devido à quelação com os íons presentes no antiácido

Conduta

Evitar o uso, se não for possível o antibiótico deve ser tomado 2 horas antes ou 6 horas após a administração do antiácido

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

Entre os principais efeitos adversos têm sido descritos danos nacartilagem articular de cães jovens, potros e em algumas espécies de animais de laboratório. Tem-se relatado o aparecimento de cristalúria em animais de urina alcalina e tratados com fluoroquinolonas. Em cães tratados prolongadamente (período superior a 3 meses) com quinolonas, tem-se relatado alteração da espermatogênese e/ou atrofia testicular.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não utilizar este medicamento em fêmeas prenhes. 

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.