Informações

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Substância(s) Ativa(s)

Cloreto de Potássio

Tipo

Eletrolítico

Apresentações e concentrações

  • - Cloreto de Potássio frasco

INDICAÇÕES

Tem função eletrolítica, nutracêutica e é agente de eutanásia.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não administrar em portadores de hipercalemia, insuficiência renal, hemólise intensa, hipoadrenocorticismo e desidratação grave. Pode ter como efeito colateral hipercalemia, irritação do leito vascular e em doses elevadas, parada cardíaca.

Espécie de animal

Canino, Felino

Interações

Antiinflamatórios não-esteroidais

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipercalemia grave

Conduta

Evitar o uso

Observações

Ácido acetil salicílico, Ibuprofeno e Naproxeno

Atropina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido do cloreto de potássio

Mecanismo de Ação

A atropina diminui a motilidade gastrointestinal, retardando a passagem do cloreto de potássio pelo trato gastrointestinal

Conduta

Evitar o uso

Captopril

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipercalemia grave

Mecanismo de Ação

Diminuição da secreção de aldosterona, resultando em retenção de potássio

Conduta

Ajustar dose

Enalapril

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Hipercalemia grave

Mecanismo de Ação

Diminuição da secreção de aldosterona, resultando em retenção de potássio

Conduta

Ajustar dose

Espironolactona

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Hipercalemia grave

Mecanismo de Ação

Diminuição da secreção de aldosterona, resultando em retenção de potássio

Conduta

Incompatível

Insulina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento do efeito hipoglicemiante

Conduta

Monitorar glicemia, ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Utilização

Via

IV, Oral

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

- Função eletrolítica: De acordo com protocolo médico; - Nutracêutico: 12 / 12 horas.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

De acordo com protocolo médico.

OBSERVAÇÕES

Nutracêutico: via oral;

Como agente para eutanásia: só pode ser utilizado após anestesia geral do animal, conforme resolução para eutanásia (ANEXO 1 DA RESOLUÇÃO CFMV Nº 1000/2012)

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, entre 15°C e 30°C, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Suplemento

Recomendado

Cães e Gatos

0,5 mEq / kg/dia

Tratamento hipocalemia aguda

Recomendado

Cães e Gatos

0,5 mEq / kg/hora

Eutanásia 19,1%

Recomendado

Cães e Gatos

1 ml / kg

calcular

Farmacologia

EFEITOS ADVERSOS

Podem ocorrer náuseas, irritação estomacal, úlceras gastrointestinais, fraqueza muscular

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O uso em gestantes e lactantes deve ser cauteloso e bem avaliado pelo clínico.

SUPERDOSAGEM

Os sintomas incluem parestesias das extremidades, fraqueza muscular, paralisia, hipotensão, arritmia cardíaca, bloqueio e parada cardíaca.

MONITORAMENTO

Monitore os níveis séricos de potássio. Monitore o ECG em pacientes que possam ser propensos a arritmias.

Referências Bibliográficas

Conselho Federal de Medicina Veterinária. Guia Brasileiro de Boas Práticas em Eutanásia em Animais - Conceitos e Procedimentos Recomendados. Brasília, 2012 1v. (62p)

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012

WAKI, M. F. et al. Classificação em estágios da doença renal crônica em cães e gatos - abordagem clínica, laboratorial e terapêutica. Ciência Rural, Santa Maria, Online

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório