Bravecto cães de 2 a 4,5 kg (11 x 11 mm)

Bravecto cães de 4,5 a 10 kg (11 x 11 mm)

Bravecto cães de 10 a 20 kg (20 x 20 mm)

Bravecto cães de 40 a 56 kg (20 x 20 mm)

Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Fluralaner

Classificaçāo

Ectoparasiticida

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães

COMPOSIÇÃO

- Bravecto cães de 2 a 4,5 Kg

Cada comprimido contém:

Fluralaner 112,5 mg


- Bravecto cães > 4,5 a 10 Kg

Cada comprimido contém:

Fluralaner 250 mg


- Bravecto cães > 10 a 20 Kg

Cada comprimido contém:

Fluralaner 500 mg


- Bravecto cães > 20 a 40 Kg

Cada comprimido contém:

Fluralaner 1000 mg


- Bravecto cães > 40 a 56 Kg

Cada comprimido contém:

Fluralaner 1400 mg


Excipientes: Aromatizante de fígado de suíno, Sacarose, Amido de milho, Lauril sulfato de sódio, Embonato dissódico mono-hidratado, Estearato de magnésio, Aspartame, Glicerol, Óleo de soja, Macrogol 3350.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, entre 15°C e 30°C, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Bravecto cães de 2 a 4,5 Kg 112,5 mg, comprimido palatável (1 un)
  • - Bravecto cães > 4,5 a 10 Kg 250 mg, comprimido palatável (1 un)
  • - Bravecto cães > 10 a 20 Kg 500 mg, comprimido palatável (1 un)
  • - Bravecto cães > 20 a 40 Kg 1.000 mg, comprimido palatável (1 un)
  • - Bravecto cães > 40 a 56 Kg 1.400 mg, comprimido palatável (1 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Para o tratamento de infestações por carrapatos e pulgas, em cães, proporcionando 12 semanas de proteção. Esse produto veterinário é um inseticida e acaricida sistêmico com longa duração de ação que promove eficácia imediata e persistente por 12 semanas contra carrapatos (formas adultas e jovens de Ixodes ricinus, Ixodes hexagonus, Ixodes scapularis, Ixodes holocyclus, Dermacentor reticulatus, Dermacentor variabilis e Rhipicephalus sanguineus) e pulgas (Ctenocephalides felis e Ctenocephalides canis).

Pulgas e carrapatos devem estar aderidos ao cão e iniciar a alimentação para serem expostos ao princípio ativo. O início da ação é dentro de 8 horas para pulgas e 12 horas para carrapatos.

O produto controla eficazmente as populações de pulgas no ambiente, nas áreas às quais o cão tem acesso.

O produto pode ser utilizado como parte de uma estratégia de tratamento para a dermatite alérgica à picada de pulgas.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não é recomendado para pacientes que apresentem hipersensibilidade conhecida ao princípio ativo.

EFEITOS ADVERSOS

Podem ocorrer distúrbios gastrointestinais transitórios - vômito, diarreia e inapetencia.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Pode ser usado seguramente em fêmeas em qualquer fase da gestação ou da lactação.

SUPERDOSAGEM

Não há relatos de sinais clínicos após superdosagem.

O produto foi bem tolerado em cães da raça Collie com mutação do gene MDR1 após administração oral de 3 vezes a dose recomendada.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

A cada 12 semanas

Bravecto™ 112,5 mg

De 2 a 4,5 kg

Cães

1 comprimido / animal

Bravecto™ 250 mg

De 4,5 a 10 kg

Cães

1 comprimido / animal

Bravecto™ 500 mg

De 10 a 20 kg

Cães

1 comprimido / animal

Bravecto™ 1000 mg

De 20 a 40 kg

Cães

1 comprimido / animal

Bravecto™ 1400 mg

De 40 a 56 kg

Cães

1 comprimido / animal

OBSERVAÇÕES

Para cães com mais de 56 kg, utilizar uma combinação de dois comprimidos que mais se aproxime do peso corporal.

Os comprimidos não devem ser quebrados ou divididos.

Esquema de tratamento: para o controle ideal de infestações por pulgas e carrapatos, o produto deve ser administrado em intervalos de 12 semanas. BRAVECTO™ comprimidos mastigáveis deve ser administrado 4 vezes num intervalo de 1 ano (12 meses) para garantir máxima proteção ao cão.

Administrar Bravecto comprimidos mastigáveis durante ou perto da refeição.

O Bravecto é um comprimido mastigável e é bem aceite pela maioria dos cães.

Se o comprimido não é tomado voluntariamente pelo cão, pode também ser administrado com os alimentos ou diretamente na boca.

O cão deve ser observado durante a administração de modo a confirmar que o comprimido é engolido.

Interações medicamentosas

Observações da interação

O fluralaner liga-se fortemente às proteínas plasmáticas e poderá competir com outros medicamentos que se ligam fortemente às proteínas plasmáticas, tais como anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e o derivado cumarínico varfarina.

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Ectoparasiticida de ação sistêmica, que atua no sistema nervoso dos artrópodes, antagonizando os canais de cloro nos receptores GABA e glutamato.

Os parasitas ficam expostos no momento do repasto sanguíneo.

FARMACOCINÉTICA

Rapidamente absorvido após administração oral, atingindo o pico da concentração plasmática em apenas um dia.

É distribuído sistemicamente e atinge as concentrações mais elevadas na gordura, seguido do fígado, rim e músculo.

A persistência prolongada e a lenta eliminação do plasma (t1/2 = 12 dias), assim como a falta de um metabolismo extensivo providenciam concentrações efetivas de fluralaner para a duração do intervalo interdosagem.

A eliminação é através das fezes.

EFEITOS ADVERSOS

Podem ocorrer distúrbios gastrointestinais transitórios - vômito, diarreia e inapetencia.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Pode ser usado seguramente em fêmeas em qualquer fase da gestação ou da lactação.

SUPERDOSAGEM

Não há relatos de sinais clínicos após superdosagem.

O produto foi bem tolerado em cães da raça Collie com mutação do gene MDR1 após administração oral de 3 vezes a dose recomendada.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.