Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Nimesulida

Classificaçāo

Anti-inflamatório Não Esteroidal (AINE)

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Nunca dê Nimesulida ou outro medicamento com ação anti-inflamatória ao animal, sem antes consultar um médico veterinário.

Não altere a dose recomendada pelo médico veterinário.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Nimesulida, comprimido
  • - Nimesulida 50 mg/mL, gotas, (2,5 mg/gota)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Antitérmico, Inflamações, Febre.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Usar com cuidado em hepatopatas, nefropatas e portadores de ulcerações gastrointestinais, coagulopatias e cardiopatias graves.

EFEITOS ADVERSOS

Os AINES causam diversos efeitos adversos nos animais, sendo mais comumente observados os efeitos relativos ao sistema gastrintestinal, como vômito, inapetência, gastrite, ulcerações e hemorragias.

Em animais que apresentam comprometimento prévio, ou em tratamentos prolongados podem agravar quadros de doenças renais e hepáticas.

A nimesulida parece apresentar menor potencial tóxico para rins e sistema gastrintestinal, porém está relacionada a efeitos hepatotóxicos em animais domésticos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em gestantes. Usar com cuidado em lactantes.

SUPERDOSAGEM

A superdosagem pode provocar ulcerações gástricas e hepatopatias.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

24 horas

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

3-5 dias

Doses

Recomendado

Cães

0,7 - 5 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Diuréticos

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos Diuréticos

Conduta

Ajustar dose

Fenitoína

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Fenitoína

Conduta

Ajustar dose

Lítio

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da toxicidade do Lítio

Conduta

Evitar o uso

Ácido Acetilsalicílico

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Risco de sangramento gastrintestinal e úlceras

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

O mecanismo de ação dos AINEs (Anti-inflamatórios não esteroides) ainda não são completamente conhecidos, porém sabe-se uma das principais funções é a de inibir a síntese das prostaglandinas, importante processo da inflamação.

A inibição da síntese de prostaglandinas ocorre principalmente pela inibição específica das ciclixigenases (COX-1 e COX-2), e conseqüente redução da conversão do ácido araquidônico em prostaglandinas.

A nimesulida inibe preferencialmente a Cox-2, portanto espera-se que apresente em menor proporção os efeitos renais e gástricos indesejados.

Apresenta propriedades antioxidantes além de inibir a ativação dos neutrófilos.

FARMACOCINÉTICA

Pode ser administrada em cães e gatos pela via oral ou intravenosa. Sofre rápida absorção gastrintestinal, metabolização hepática e é eliminada pelas fezes e urina.

EFEITOS ADVERSOS

Os AINES causam diversos efeitos adversos nos animais, sendo mais comumente observados os efeitos relativos ao sistema gastrintestinal, como vômito, inapetência, gastrite, ulcerações e hemorragias.

Em animais que apresentam comprometimento prévio, ou em tratamentos prolongados podem agravar quadros de doenças renais e hepáticas.

A nimesulida parece apresentar menor potencial tóxico para rins e sistema gastrintestinal, porém está relacionada a efeitos hepatotóxicos em animais domésticos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em gestantes. Usar com cuidado em lactantes.

SUPERDOSAGEM

A superdosagem pode provocar ulcerações gástricas e hepatopatias.

MONITORAMENTO

Monitorar sinais de doença hepática.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

BARBOSA, Kimberli et al. Alterações fisiológicas e comportamentais ocasionadas pela administração de meloxicam ou nimesulida durante 4 dias em gatos submetidos a cirurgias eletivas. Anais do SEPE-Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFFS, v. 5, n. 1, 2015.

MENEGOTO, Juliano et al. ÚLCERA PERFURADA EM GATO ASSOCIADA AO USO DE NIMESULIDA. Archives of Veterinary Science, v. 18, n. 3, 2013.