Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Acetazolamida

Classificaçāo

Diurético Inibidor da Anidrase Carbônica

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

ARMAZENAMENTO

Conservar em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C) e proteger da umidade.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Acetazolamida 250 mg, comprimido
  • - Diamox 250 mg, comprimido (25 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Inibidor da anidrase carbônica antiglaucomatoso e para tratamento de alcalose metabólica.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em lactantes ou portadores de insuficiência renal ou hepática, insuficiência adrenocortical, hiponatremia, hipocalemia, ácidose hiperclorêmica, desequilíbrios hidroeletrolítico, hipoventilação pulmonar e alterações hematológicas. Evitar o uso em gestantes.

EFEITOS ADVERSOS

Reações graves podem incluir disturbios gastrointestinais e de SNC, infuficiência hepática, hiponatremia, hipocalemia, acidose metabólica, efeitos renais e dermatológicos negativos e choque anafilático.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A acetazolamida é excretada no leite materno e há potencial de reações adversas no lactente.

SUPERDOSAGEM

Pode ocorrer desequilíbrio eletrolítico, desenvolvimento de estado acidótico e efeitos sobre o sistema nervoso central.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Para tratamento de glaucoma: 12 / 12 horas;

Para tratamento de alcalose: 8 / 8 horas.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

De acordo com protocolo médico.

Doses - Cães e Gatos

Para tratamento de glaucoma

5 - 10 mg / kg

calcular

Para tratamento de alcalose

10 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Anfetaminas

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento do grau e duração dos efeitos da anfetamina

Mecanismo de Ação

Diminuição da excreção renal da anfetamina

Conduta

Ajustar dose

Bicarbonato de sódio

Tipo de Interação

Urolitíase renal

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Urolitíase renal

Conduta

Evitar o uso

Ciclosporina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da ciclosporina

Mecanismo de Ação

Desconhecido

Conduta

Ajustar dose

Fenitoína

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Risco de osteomalácia

Mecanismo de Ação

Acetazolamida altera o metabolismo da fenitoína, resultando em aumento dos níveis séricos de fenitoína

Conduta

Incompatível

Inibidores da anidrase carbônica

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da anidrase carbônica

Conduta

Incompatível

Primidona

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Risco de convulsões

Mecanismo de Ação

Diminuição da absorção intestinal de primidona

Conduta

Ajustar dose

Quinidina

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento do grau e duração dos efeitos da quinidina

Mecanismo de Ação

Diminuição da excreção renal da quinidina

Conduta

Ajustar dose

Subs. Hipoglicemiantes

Tipo de Interação

Antagonismo/Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Diminuição/Aumento da glicemia

Conduta

Monitorar glicemia, ajustar a dose

Ácido acetilsalicílico

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Grave

Efeito Clínico

Risco de acidose metabólica grave

Mecanismo de Ação

Redução da taxa de ligação às proteínas plasmáticas e a depuração renal da acetazolamida

Conduta

Incompatível

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A acetazolamida é uma sulfonamida não bacteriostática com estrutura química e atividade farmacológica nitidamente diferentes das sulfonamidas bacteriostáticas.

A acetazolamida é um inibidor enzimático que age especificamente sobre a anidrase carbônica, a enzima que catalisa a reação reversível envolvendo a hidratação do dióxido de carbono e a desidratação do ácido carbônico.

FARMACOCINÉTICA

Administrada por via oral, a acetazolamida é bem absorvida e amplamente distribuída no organismo, atingindo as concentrações máximas em tecidos que contêm altas concentrações de anidrase carbônica, especialmente eritrócitos e córtex renal e humor aquoso. O início da ação se dá em 2 horas, a concentração plasmática máxima é atingida em 2 a 4 horas e a ação dura de 8 a 12 horas.

EFEITOS ADVERSOS

Reações graves podem incluir disturbios gastrointestinais e de SNC, infuficiência hepática, hiponatremia, hipocalemia, acidose metabólica, efeitos renais e dermatológicos negativos e choque anafilático.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A acetazolamida é excretada no leite materno e há potencial de reações adversas no lactente.

SUPERDOSAGEM

Pode ocorrer desequilíbrio eletrolítico, desenvolvimento de estado acidótico e efeitos sobre o sistema nervoso central.

MONITORAMENTO

Deve-se realizar hemograma completo e contagem de plaquetas antes do início da terapia com a acetazolamida e em intervalos regulares durante o tratamento. Caso ocorram efeitos significativos o tratamento deve ser interrompido.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

GOUGOUX, A. et al. Effect of acetazolamide on renal metabolism and ammoniagenesis in the dog. Kidney international, v. 31, n. 6, p. 1279-1290, 1987.

ZIMMERMAN, T. J. et al. The effect of acetazolamide on the movement of sodium into the posterior chamber of the dog eye. Journal of Pharmacology and Experimental Therapeutics, v. 199, n. 3, p. 510-517, 1976.