Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Mitotano

Classificaçāo

Adrenolítico

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

O auxílio do proprietário na observação das possíveis mudanças na rotina no animação são importantes para o acompanhamento do tratamento.

ARMAZENAMENTO

Deve ser armazenado em sua embalagem original, em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e umidade e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Mitotano 500 mg, comprimido
  • - Lysodren 500 mg, comprimido

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Tratamento de hiperadrenocorticismo e tumores adrenais.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não deve ser usada por paciente com hipersensibilidade conhecida ao medicamento.

Não iniciar o tratamento quando não for possível acompanhar a resposta por meio da mensuração das concentrações séricas de cortisol, preferencialmente após a estimulação com ACTH.

EFEITOS ADVERSOS

São mais comuns no período de indução do tratamento - letargia, fraqueza, anorexia, ataxia, depressão e vômitos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usado por gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Altas doses podem intensificar os efeitos adversos - em alguns cães foi observados sinais neurológicos como ataxia, pressionamento da cabeça em superfícies e cegueira.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

- Início: 24 / 24 horas;

- Manutenção: 7 / 7 dias.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Hiperadrenocorticismo: Início: 5 - 14 dias; Manutenção: De acordo com protocolo médico.

Tumor adrenal: Início: 10 dias; Manutenção: De acordo com protocolo médico.

Hiperadrenocorticismo - Cães

Início

50 mg / kg

calcular

Manutenção

50 - 70 mg / kg

calcular

Tumor adrenal - Cães

Início

50 - 75 mg / kg

calcular

Manutenção

75 - 100 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Medicação deve ser administrada juntamente ou logo após as refeições.

As doses podem ser fracionadas em 2 administrações.

Interações medicamentosas

Anticoagulantes

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos Anticoagulantes

Mecanismo de Ação

Mitotano pode aumentar o metabolismo hepático das anticoagulantes

Conduta

Ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

É um agente citotóxico. Liga-se as proteínas adrenais, é convertido em um metabólito ativo e destrói a zona fasciculada e reticulada do córtex da adrenal.

FARMACOCINÉTICA

É uma substância altamente lipofílica. É mal absorvido quando ingerido em jejum, mas a absorção oral é aumentada quando administrada com alimentos ou óleo.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Pode ocorrer hipercalemia induzida pela destruição adrenal.

EFEITOS ADVERSOS

São mais comuns no período de indução do tratamento - letargia, fraqueza, anorexia, ataxia, depressão e vômitos.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usado por gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Altas doses podem intensificar os efeitos adversos - em alguns cães foi observados sinais neurológicos como ataxia, pressionamento da cabeça em superfícies e cegueira.

MONITORAMENTO

Monitorar o consumo de água, apetite e comportamento do animal.

A dose de manutenção deve ser ajustada de acordo com o monitoramento periódico das concentrações de cortisol e os resultados de testes de estimulação com ACTH.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

NOGUEIRA, R. M. B. Hiperadrenocorticismo. In: ANDRADE, S. F. Manual de terapêutica Veterinária, 3 ed. São Paulo: Editora Roca, 2008, 912 p.

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012