Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Decanoato de Nandrolona

Classificaçāo

Anabolizante

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

ARMAZENAMENTO

Conservar em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C). Proteger da luz. Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Decanoato de Nandrolona 25 mg, ampola (1 mL)
  • - Decanoato de Nandrolona 50 mg, ampola (1 mL)
  • - Deca-Durabolin 25 mg, ampola (1 mL)
  • - Deca-Durabolin 50 mg, ampola (1 mL)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

É usada para reverter condições catabólicas, promovendo ganho de peso, aumentando a musculatura e estimulando a eritropoiese.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não deve ser administrado em animais com hipersensibilidade ao princípio ativo.

O uso deve ser cuidadoso em pacientes com hepatopatias.

EFEITOS ADVERSOS

Efeito masculinizante exacerbado.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em fêmeas gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Altas doses podem causar hepatotoxicidade

Administração e doses

Via(s)

IM

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Semanalmente

Doses

Recomendado

Cães

1 - 1,5 mg / kg

calcular

Gatos

1 mg / kg

calcular

OBSERVAÇÕES

Não há relatos de resultados de estudos clínicos em animais.

O uso de nandrolona em animais (e doses) baseia-se na experiência, em seres humanos, ou na experiência empírica, em animais.

Interações medicamentosas

Anticoagulantes

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado dos anticoagulantes com risco de sangramento

Conduta

Ajustar dose

Corticosteróides

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento da formação de edema

Conduta

Evitar o uso

Subst. Hipoglicemiantes

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Subs. Hipoglicemiante

Mecanismo de Ação

Esteróides anabólicos melhoraram a tolerância à glicose

Conduta

Monitorar glicemia, ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

É um derivado da testosterona usado como agente anabólico.

Estes agentes destinam-se a maximizar os efeitos anabólicos, minimizando ao mesmo tempo a ação androgênica.

FARMACOCINÉTICA

Após a administração um depósito é formado e o decanoato de nandrolona é liberado lentamente para o sangue.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Pode ocorrer a diminuição dos níveis séricos de T4.

EFEITOS ADVERSOS

Efeito masculinizante exacerbado.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não usar em fêmeas gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Altas doses podem causar hepatotoxicidade

MONITORAMENTO

Monitorar as enzimas hepáticas durante o tratamento.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

CHAMPIOM, T. et al. Artrite séptica em cão. Relato de caso. Braz. J. vet. Res. animo Sci., São Paulo, v.40, suplemento, 2003

IBANEZ, J. F. et al. Uso do decanoato de nandrolona como estimulante da proliferação óssea em cães com consolidação retardada. Braz. J. vet. Res. animo Sei., São Paulo, vAO, suplemento, 2003

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012