Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Penicilamina

Classificaçāo

Hepatoprotetor

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

O medicamento deve ser administrado em jejum.

ARMAZENAMENTO

Conservar em recipiente bem fechado, temperatura ambiente e ao abrigo de luz.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Penicilamina 250 mg, comprimido
  • - Cuprimine 250 mg, comprimido

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Para tratamento de hepatites por acumulo de cobre e mercúrio.

EFEITOS ADVERSOS

Reações gastrintestinais como náusea, vômito e anorexia.

Podem ocorrer mais raramente reações de hipersensibilidade e glomerulopatia.

Em animais previamente comprometidos pode causar hepatopatias.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não utilizar em animais prenhes.

SUPERDOSAGEM

Não se conhecem casos de intoxicação aguda com penicilamina em humanos.

São relatados casos de reações agudas de sensibilidade, no início da terapia.

Administração e doses

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 / 12 horas

Doses

Recomendado

Cães

10 - 15 mg / kg

calcular

Interações medicamentosas

Hidróxido de Alumínio

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Inibição do efeito terapêutico da Penicilamina

Mecanismo de Ação

Formação de um complexo químico da Penicilamina com Alumínio, diminuindo assim a absorção gastrointestinal da Penicilamina

Conduta

Administrar com intervalo de 3 a 4 horas

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A penicilamina é um agente quelante de chumbo, cobre, ferro e mercúrio.

Nas intoxicações por cobre a penicilamina auxilia a solubilização do composto nas células. Um átomo de cobre combina-se com duas moléculas de penicilamina permitindo assim, a excreção urinária de maneira mais rápida.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Em humanos tem sido relatados efeitos como: trombocitopenia, agranulocitose, anemia aplástica e anemia sideroblástica, anemia hemolítica, aplasia de hemácias, monocitose, leucocitose, eosinofilia e trombocitose.

EFEITOS ADVERSOS

Reações gastrintestinais como náusea, vômito e anorexia.

Podem ocorrer mais raramente reações de hipersensibilidade e glomerulopatia.

Em animais previamente comprometidos pode causar hepatopatias.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não utilizar em animais prenhes.

SUPERDOSAGEM

Não se conhecem casos de intoxicação aguda com penicilamina em humanos.

São relatados casos de reações agudas de sensibilidade, no início da terapia.

MONITORAMENTO

Monitorar função hepática.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

BERGSTROM, Richard F.; KAY, Donald R.; WAGNER, John G. The pharmacokinetics of penicillamine in a female mongrel dog. Journal of Pharmacokinetics and Pharmacodynamics, v. 9, n. 5, p. 603-621, 1981.