Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Topiramato

Classificaçāo

Anticonvulsivante

Receita

Controle Especial - Humano

Espécies

Cães e Gatos

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, entre 15°C e 30°C, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Topiramato 25 mg, comprimido
  • - Topiramato 50 mg, comprimido

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado no controle e tratamento de convulsões e epilepsia.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não deve ser usado por animias com hipersensibilidade conhecida ao princípio ativo

EFEITOS ADVERSOS

Podem ocorrer distúrbios gastrointestinais e sedação.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usado por gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Sinais de superdosagem em humanos incluem: convulsão, sonolência, letargia, incoordenação motora, hipotensão.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 / 12 horas

Doses

Recomendado

Cães

2 - 10 mg / kg

calcular

Gatos

12,5 - 25 mg / animal

OBSERVAÇÕES

Cães: Começar com dose mais baixa e escalonar até a dose ideal.

Interações medicamentosas

Carbamazepina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido do Topiramato

Mecanismo de Ação

Aumento do metabolismo do Topiramato

Conduta

Ajustar dose

Contraceptivos

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido dos Contraceptivos

Conduta

Evitar o uso

Digoxina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Digoxina

Conduta

Ajustar dose

Fenitoína

Tipo de Interação

Sinergismo/Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Fenitoína e aumentado do Topiramato

Mecanismo de Ação

Diminuição do metabolismo da Fenitoína e aumento do metabolismo do Topiramato

Conduta

Ajustar dose

Ácido Valpróico

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido de ambas as subst.

Mecanismo de Ação

Aumento do metabolismo de ambas as subst.

Conduta

Ajustar dose

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Sugere-se três mecanismos de ação no controle da epilepsia: a modulação dos canais de sódio dependentes de voltagem, bloqueando a despolarização contínua de neurônios; aumento da frequência com que o ácido gama-aminobutírico (GABA) ativa receptores GABA e aumento da capacidade do GABA de induzir o influxo de íons cloreto.

FARMACOCINÉTICA

É bem absorvido após absorção oral, possui meia-vida de 20 a 30 horas depois de múltiplas doses e a excreção é feita pela via urinária.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Pode ocorrer diminuição do potássio sérico.

EFEITOS ADVERSOS

Podem ocorrer distúrbios gastrointestinais e sedação.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usado por gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Sinais de superdosagem em humanos incluem: convulsão, sonolência, letargia, incoordenação motora, hipotensão.

MONITORAMENTO

Os pacientes devem ser monitorados cuidadosamente, para verificar possíveis efeitos adversos, a eficácia do tratamento e o ajuste de doses.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

AVISO: algumas informações foram retiradas da bula do medicamento referência, que consta na base de dados da ANVISA. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp>

ADEODATO, A. G. Epilepsia canina: avaliação do brotameto de fibras musgosas hipocampais e do uso de topiramato como droga antiepiléptica adjuntiva. 2005.

Tese (doutorado) - Ciências, Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, São Paulo.

NEVES, I. V. et al. Fármacos utilizados no tratamento das afecções neurológicas de cães e gatos. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 31, n. 3, p. 745-766, jul./set. 2010

TEIXEIRA, A. S. M. B. Epilepsia, maneio terapêutico em cães e gatos. Dissertação (mestrado) - Medicina Veterinária, Escola Universitária Vasco da Gama, Coimbra, 2014