Mectimax 3 mg (8 x 8 mm)

Mectimax 12 mg (10 x 10 mm)

Sobre

Princípio(s) Ativo(s)

  • Ivermectina

Classificaçāo

Endectoparasiticida

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães

COMPOSIÇÃO

Mectimax 3 mg

Cada comprimido contém:

Ivermectina 3,0 mg

Palatabilizante Super Premium em pó para cães 8,75 mg

Excipiente q.s.p. 125 mg


Mectimax 12 mg

Ivermectina 12,0 mg

Palatabilizante Super Premium em pó para cães 36 mg

Excipiente q.s.p. 500 mg

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Produtos veterinários não devem ser armazenados junto de alimentos, bebidas e produtos de higiene pessoal.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, à temperatura ambiente (15°C a 30°C), ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Mectimax 3 mg, comprimido (4 un)
  • - Mectimax 3 mg, comprimido (20 un)
  • - Mectimax 12 mg, comprimido (4 un)
  • - Mectimax 12 mg, comprimido (30 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para cães no tratamento da sarna sarcóptica (Sarcoptes scabiei var. canis), sarna demodécica (Demodex canis), otoacaríases (Otodectes cynotis), infestações por Cheyletiella spp. e verminoses (Ancylostoma caninum, A. braziliense - formas adultas e larvas, Uncinaria stenocephala – adultos e larvas, Capillaria spp., Trichuris vulpis, Toxocara canis, Toxascaris leonina e Strongyloides spp.). O produto é eficaz ainda contra microfilárias de Dirofilaria immitis e contra os estágios larvais tissulares (L3 e L4), até 1 mês após a infecção, prevenindo o desenvolvimento das formas adultas do verme do coração. MECTIMAX 3 ou 12 mg não é eficaz contra os parasitas (D. immitis) adultos.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Por ser potencialmente tóxico, o produto não deve ser utilizado em cães das raças Collie, Pastor de Shetland, Border Collie, Old English Sheepdog, Australian Sheepherd (Pastor Australiano) e nos cruzamentos destas raças. O uso do produto deve ser cauteloso nas raças Galgo Afegão, Saluki, Whippet, Greyhound, Samoyeda, Pastor Alemão (principalmente o Pastor Alemão de pelo branco), Silken Windhound, McNab, Wäller, Bearded Collie, Australian Cattle Dog e nos cruzamentos dessas raças pois há relatos de toxicidade pela ivermectina. Embora de ocorrência rara, pode haver sensibilidade individual à ivermectina em raças de cães não descritas anteriormente.

EFEITOS ADVERSOS

As seguintes reações adversas podem ser observadas: ataxia, incoordenação, tremores, convulsões, hipersalivação, sonolência, depressão/letargia, alterações comportamentais, midríase, vômitos, diarreia e anorexia. Esses efeitos colaterais geralmente desaparecem após a suspensão temporária do fármaco ou com

a redução da dosagem.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O produto é contraindicado para filhotes de qualquer raça com menos de 6 semanas de vida e em cadelas em período de gestação ou lactação.

SUPERDOSAGEM

Em casos de intoxicações acidentais ou por erros de administração, os seguintes sintomas podem ser observados: apatia, miotonia, dificuldade respiratória, bradicardia, redução da pressão arterial, tremores e, em casos graves, espasmos musculares. Em doses muito elevadas (dez vezes a dose terapêutica) observam-se convulsões, salivação, midríase e morte.

O tratamento deverá ser sintomático, uma vez que não existe antídoto específico, adotando-se medidas que visam a eliminação ou a aceleração da excreção do produto, como lavagem gástrica ou o uso de laxativos salinos.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

Sarna sarcóptica, otodécica e/ou vermes redondos: 1 vez a cada 7 dias.

Sarna demodécica: 1 vez ao dia. Ou a critério do Médico Veterinário.

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

Sarna sarcóptica, otodécica e/ou vermes redondos: 2 a 4 administrações.

Sarna demodécica: 2 a 3 meses. Ou a critério do Médico Veterinário.

Microfilariose: 3 a 6 semanas após o término da terapia adulticida

Terapia microfilaricida - Cães

mg

05 mg / kg

calcular

comprimido

1 comprimido / 60 kg

calcular

Verminoses, sarna sarcóptica, otoacaríase e infestações por Cheyletiella - Cães

mg

0,2 - 0,4 mg / kg

calcular

comprimido

1 - 2 comprimido / 15 kg

calcular

Demodicidose - Cães

mg

0,5 - 0,6 mg / kg

calcular

comprimido

1 comprimido / 5 - 6 kg

calcular

Interações medicamentosas

Observações da interação

Deve-se administrar o produto com cautela para pacientes que estejam recebendo drogas depressoras do sistema nervoso central. O uso de amitraz (sob a forma de banhos ou coleiras) em associação com a ivermectina deve ser evitado, com riscos de potencialização dos efeitos sedativos e neurológicos. Deve-se evitar a associação do produto com substâncias inibidoras da glicoproteína P como antidepressivos (fluoxetina, paroxetina, erva de são-joão ou hipérico), antimicrobianos (eritromicina, itraconazol, cetoconazol), opioides (metadona, pentazocina), medicamentos cardíacos (verapamil, amiodarona, carvedilol, quinidina, nicardipina), imunossupressores (ciclosporina, tacrolimus) e outros (bromocriptina, clorpromazina, tamoxifeno, suco de uva). Nesses casos, existe maior possibilidade da ocorrência de reações adversas causadas pela ivermectina. Deve-se ter cuidado com a associação do produto a medicamentos que são substratos da glicoproteína P, com risco de modificação de seus efeitos farmacológicos.

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A fermentação do fungo Streptomyces avermectilis gera uma série de compostos similares, que constituem o grupo dos derivados macrocíclicos da lactona (avermectinas e milbemicinas). Dentre estes compostos, a ivermectina é classificada como semissintética, sendo formada por mais de 80% da fração 22,23-diidroavermectina B1a e menos de 20% da fração 22,23-diidroavermectina B1b. A ivermectina é um agente antiparasitário de amplo espectro de atuação e de elevada eficácia. Ela atua como agonista

do ácido gama-aminobutírico (GABA), estimulando a liberação pré-sináptica deste neurotransmissor e potencializando a ação inibidora no cordão ventral dos parasitas. Esta ação resulta na paralisia motora do tipo flácida e eliminação do parasita.

EFEITOS ADVERSOS

As seguintes reações adversas podem ser observadas: ataxia, incoordenação, tremores, convulsões, hipersalivação, sonolência, depressão/letargia, alterações comportamentais, midríase, vômitos, diarreia e anorexia. Esses efeitos colaterais geralmente desaparecem após a suspensão temporária do fármaco ou com

a redução da dosagem.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

O produto é contraindicado para filhotes de qualquer raça com menos de 6 semanas de vida e em cadelas em período de gestação ou lactação.

SUPERDOSAGEM

Em casos de intoxicações acidentais ou por erros de administração, os seguintes sintomas podem ser observados: apatia, miotonia, dificuldade respiratória, bradicardia, redução da pressão arterial, tremores e, em casos graves, espasmos musculares. Em doses muito elevadas (dez vezes a dose terapêutica) observam-se convulsões, salivação, midríase e morte.

O tratamento deverá ser sintomático, uma vez que não existe antídoto específico, adotando-se medidas que visam a eliminação ou a aceleração da excreção do produto, como lavagem gástrica ou o uso de laxativos salinos.

MONITORAMENTO

Para terapia microfilaricida em cães, recomenda-se que o animal seja monitorado durante 8 horas após a terapia para a observação de possíveis reações adversas resultantes da rápida eliminação das microfilárias. Um benefício adicional do produto é a sua atividade preventiva contra a dirofilariose, devendo ser realizados testes diagnósticos prévios que confirmem que o animal não apresenta a doença.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

Este produto ainda não tem Referências/Literatura Recomendada.