Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Vitamina A

Classificaçāo

Vitamina

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

A administração sem prescrição desse medicamento pode causar hipervitaminose A.

Apresentações e concentrações

Opções veterinárias

Apresentações e concentrações

  • - Acetato de Retinol - Vitamina A 50000 UI, drágea (30 un)
  • - Acetato de Retinol - Vitamina A 5000 UI / gota, frasco (20 mL)
  • - Acetato de Retinol - Vitamina A 50000 UI, drágea (20 un)
  • - Arovit Gotas 5000 UI / gota, frasco (20 mL)
  • - Retinar 50000 UI, drágea (20 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para o tratamento de hipovitaminose A. Tratamento de Dermatose Responsiva à Vitamina A (GREGHI, 2010).

EFEITOS ADVERSOS

Pode causar distúrbios hepato-biliares, imunológicos, alterações na visão e no metabolismo de lipídios.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não indicado para animais prenhes.

SUPERDOSAGEM

Os sintomas da hipervitaminose A são malformações ósseas, fraturas espontâneas, dores nos ossos e hemorragias internas.

Pode ocasionar também sintomas como diarreia e descamações.

A toxicidade pode ocorrer quando utilizado de maneira crônica e em doses maiores que 10.000 unidades/kg/dia (PAPICH, 2012).

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

24 / 24 horas

DURAÇÃO DO TRATAMENTO

10 dias

Doses

Recomendado

Cães e Gatos

400 UI / kg

calcular

Interações medicamentosas

Contraceptivos

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Aumento das concentrações plasmáticas da Vitamina A

Conduta

Evitar o uso

Hidróxido de Alumínio

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Vitamina A

Mecanismo de Ação

Diminuição da absorção gastrintestinal da Vitamina A

Conduta

Ajustar dose

Neomicina

Tipo de Interação

Antagonismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico diminuido da Vitamina A

Mecanismo de Ação

Diminuição da absorção gastrintestinal da Vitamina A

Conduta

Ajustar dose

Pralidoxima

Tipo de Interação

Sinergismo

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito terapêutico aumentado da Pralidoxima

Conduta

Ajustar dose

Sucralfato

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito tóxico aditivo

Conduta

Evitar o uso

Óleo mineral

Tipo de Interação

Toxicidade

Grau de Interação

Moderado

Efeito Clínico

Efeito tóxico aditivo

Conduta

Evitar o uso

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Possui estrutura química representada por anel de beta-ionona e cadeia lateral isoprênica poliinsaturada, os quais justificam sua lipossolubilidade.

Armazenada no fígado sob a forma de éster palmitato e representada no soro pelo retinol, este nutriente atua em, basicamente, três processos biológicos: a visão, a mitose e a diferenciação celular.

FARMACOCINÉTICA

A vitamina A é estocada no fígado e eliminada pela bile e fezes.

Gatos não convertem carotenoides (provitaminas A), devido à falta da enzima dioxigenase, eles necessitam da vitamina A pré-formada presente na dieta.

CONSIDERAÇÕES LABORATORIAIS

Prova de função hepática alterada.

EFEITOS ADVERSOS

Pode causar distúrbios hepato-biliares, imunológicos, alterações na visão e no metabolismo de lipídios.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não indicado para animais prenhes.

SUPERDOSAGEM

Os sintomas da hipervitaminose A são malformações ósseas, fraturas espontâneas, dores nos ossos e hemorragias internas.

Pode ocasionar também sintomas como diarreia e descamações.

A toxicidade pode ocorrer quando utilizado de maneira crônica e em doses maiores que 10.000 unidades/kg/dia (PAPICH, 2012).

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

GREGHI, G. F.; CHANQUETTI, A. S. Dermatose Responsiva à Vitamina A em cães: relato de caso. Ensaios e Ciência, v. 14, n. 2, p. 115-124, 2011.

PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012.