Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Ergometrina

Classificaçāo

Anti-hemorrágico Uterino

Receita

Controle Especial - Humano

Espécies

Cães e Gatos

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Ergometrina 0,2 mg / mL, ampola
  • - Ergometrina 0,125 mg, drágea (12 un)
  • - Methergin 0,2 mg / mL, ampola
  • - Methergin 0,125 mg, drágea (12 un)
  • - Ergometrin 0,2 mg / mL, ampola
  • - Ergometrin 0,125 mg, drágea (12 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Alacalóide do ergot ocitócico.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não usar em doenças isquêmicas, eclâmpsia e hipertensão.

Usar com cautela em portadores de alterações cardíacas, septicemia e insuficiência hepática ou renal.

EFEITOS ADVERSOS

Em humanos são descritos efeitos adversos como: hipertensão, anafilaxia, náusea, vômito, cólicas, diarréia, ataxia e dispnéia.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A ergometrina é contraindicada para uso durante a gestação. As contrações uterinas provocadas pelo medicamento podem causar sofrimento fetal.

É excretada no leite. Usar com cautela em lactantes.

Administração e doses

Via(s)

Oral

IM

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

8 / 8 horas em cães e 24 / 24 horas em gatos

Caninos - Cães

IM

0,1 - 0,5 mg / animal

VO

0,075 - 0,25 mg / animal

Felinos

Padrão

Gatos

0,1 mg / animal

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

COMPATIBILIDADE

Não misturar com qualquer outro fármaco ou solução.

FARMACODINÂMICA

Os alcaloides do esporão-do-centeio atuam como agonistas parciais ou antagonistas nos receptores serotoninérgicos, dopaminérgicos e adrenérgicos em humanos (SANDERS-BUSH, E. e HAZELWOOD, 2012).

Seus efeitos e ações no organismo são complexos e pouco estudados em medicina veterinária.

FARMACOCINÉTICA

Em humanos, a ergometrina é rapidamente absorvida após administração oral, aintingindo concentração plasmática máxima em 60-90 min (SANDERS-BUSH, E. e HAZELWOOD, 2012).

EFEITOS ADVERSOS

Em humanos são descritos efeitos adversos como: hipertensão, anafilaxia, náusea, vômito, cólicas, diarréia, ataxia e dispnéia.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

A ergometrina é contraindicada para uso durante a gestação. As contrações uterinas provocadas pelo medicamento podem causar sofrimento fetal.

É excretada no leite. Usar com cautela em lactantes.

MONITORAMENTO

Os sinais vitais do paciente devem ser monitorados.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Distribuidores

Este produto ainda não tem distribuidores

Referências Bibliográficas

BELL, C.; CONWAY, E. L.; LANG, W. J. Ergometrine and apomorphine as selective antagonists of dopamine in the canine renal vasculature. British journal of pharmacology, v. 52, n. 4, p. 591-595, 1974.

SANDERS-BUSH, E. e HAZELWOOD L. 5-Hidroxitriptamina (serotonina) e dopamina. In: BRUNTON, L. L. et al. As Bases Farmacológicas da Terapêutica de Goodman & Gilman [tradução: Augusto Langeloh et al. ; revisão técnica: Almir Lourenço da Fonseca] 12. ed. Porto Alegre: AMGH, 2012.