Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Metilfenidato

Classificaçāo

Simpatomimético

Receita

Receita Amarela ou A

Espécies

Cães

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Não faça uso deste medicamento sem orientação Médica. O abuso deste medicamento pode causar tolerância e dependência.

Informe ao Médico Veterinário a ocorrência de gestação ou lactação durante ou logo após o tratamento.

A interrupção do tratamento e a modificação de dose não devem ser feitas sem a orientação do Médico Veterinário.

O medicamento só deve ser prescrito por um Médico Veterinário. O uso indiscriminado só pode ser perigoso para a saúde dos animais.

ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco, entre 15°C e 30°C, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Metilfenidato 10 mg, comprimido (20 un)
  • - Metilfenidato 10 mg, comprimido (60 un)
  • - Ritalina 10 mg, comprimido (20 un)
  • - Ritalina 10 mg, comprimido (60 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Análogo da anfetamina, é usado como estimulante do SNC em casos de letargia, narcolepsia e depressão.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não se deve ser usado em pacientes hipertensos, epiléticos, glaucomatosos, deprimidos graves, nem a pacientes muito agitados e excitáveis.

EFEITOS ADVERSOS

Pode causar anorexia, náuseas, agitação e arritmias cardíacas.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usado em pacientes gestantes ou lactantes.

SUPERDOSAGEM

Altas doses podem provocar efeitos psicóticos, hiperpirexia, convulsões e até coma.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO

12 - 24 horas

Doses

Recomendado

Cães

5 - 10 mg / animal

Interações medicamentosas

Observações da interação

Apresentam interação com outros simpatomiméticos, inibidores da monoamina oxidase, anticoagulantes, fenilbutazona, imipramina e fenitoína.

* Aviso Legal - Interações Medicamentosas - O Aplicativo Vet Smart contém informações de interação medicamentosas em geral, que foram levantadas por pesquisa realizada pelo próprio Vet Smart, de modo que as informações médicas e sobre medicamentos não é um aconselhamento médico veterinário e não deve ser tratado como tal. Portanto, a Vet Smart não garante nem declara que a informação sobre tratamentos médicos veterinários ou interações medicamentosas do Aplicativo Vet Smart: (A) estará constantemente disponível, ou disponíveis a todos; ou (B) são verdadeiras, precisas, completas, atuais ou não enganosas.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

É um simpatomimético com ação estimuladora do SNC, parecido com a anfetamina

FARMACOCINÉTICA

É absorvido rapidamente no trato gastrointestinal, metabolizado e excretado por via renal

EFEITOS ADVERSOS

Pode causar anorexia, náuseas, agitação e arritmias cardíacas.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usado em pacientes gestantes ou lactantes.

SUPERDOSAGEM

Altas doses podem provocar efeitos psicóticos, hiperpirexia, convulsões e até coma.

MONITORAMENTO

Monitorar a eficácia do tratamento, a pressão arterial em pacientes hipertensos e o possível surgimento de efeitos adversos.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

AUGUELLO, D. E. Estimulantes do Sistem Nervoso Central. Hiperatividade. Narcolepsia. In: SILVA, P., 1921. Farmacologia/Penildon Silva – 8 ed. [Reimpr.]. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010.

NEVES, I. V. et al. Fármacos utilizados no tratamento das afecções neurológicas de cães e gatos. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 31, n. 3, p. 745-766, jul./set. 2010

SCHERER, E. B. S. Metilfenidato causa alterações neuroquímicas e comportamentais em ratos. Dissertação (mestrado) - Ciências biológicas - bioquímica. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto alegre, 2010.