Sobre

Aviso

Este medicamento é de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Escopolamina

Classificaçāo

Anticolinérgico

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães

ARMAZENAMENTO

Conservar em recipiente fechado, temperatura ambiente e ao abrigo de luz.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • - Escopolamina 10 mg, drágea (20 un)
  • - Buscopan 10 mg, drágea (20 un)

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Alacalóide da beladona anticolinérgico antiespasmódico.

EFEITOS ADVERSOS

Os agentes antimuscarínicos causam geralmente o aumento da frequência cardíaca, diminuição das secreções, secura das mucosas, diminuição da motilidade do TGI e pupilas dilatadas.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não parece apresentar efeitos negativos na fertilidade.

Atravessa a barreira placentária e quando utilizado em procedimentos cirúrgicos pode afetar os batimentos cardíacos do feto.

Em humanos, apesar de não existirem evidências de efeitos negativos durante a gestação, é recomendada cautela em gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Em doses altas são esperados efeitos anticolinérgicos. Pode provocar êmese, alucinações e ataxia.

Se necessário, realizar tratamento com medicamentos parassimpaticomiméticos.

Administração e doses

Via(s)

Oral

Videos da(s) via(s)

Doses

Recomendado

Cães

0,3 - 1,5 mg / animal

Interações medicamentosas

Esse produto não contém interações, pois não há referências sobre ou ainda não foi preenchida por nossa equipe técnica.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Os agentes antimuscarínicos atuam competitivamente nos receptores muscarínicos, bloqueando a atuação da acetilcolina.

A escopolamina assim como a atropina tem a capacidade de atuar amplamente sobre os subtipos de receptores muscarínicos.

A escopolamina apresenta atividade espasmolítica sobre a musculatura lisa do trato gastrintestinal, geniturinário e vias biliares, sendo muito utilizado por seus efeitos gastrintestinais.

O butilbrometo de escopolamina não atravessa a barreira hematencefálica, não apresentando efeitos anticolinérgicos no Sistema Nervoso Central.

FARMACOCINÉTICA

Apresenta meia vida curta, é metabolizada pelo fígado e sua eliminação ocorre pela urina e fezes.

EFEITOS ADVERSOS

Os agentes antimuscarínicos causam geralmente o aumento da frequência cardíaca, diminuição das secreções, secura das mucosas, diminuição da motilidade do TGI e pupilas dilatadas.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não parece apresentar efeitos negativos na fertilidade.

Atravessa a barreira placentária e quando utilizado em procedimentos cirúrgicos pode afetar os batimentos cardíacos do feto.

Em humanos, apesar de não existirem evidências de efeitos negativos durante a gestação, é recomendada cautela em gestantes e lactantes.

SUPERDOSAGEM

Em doses altas são esperados efeitos anticolinérgicos. Pode provocar êmese, alucinações e ataxia.

Se necessário, realizar tratamento com medicamentos parassimpaticomiméticos.

MONITORAMENTO

Monitorar frequência cardíaca.

Avaliações

Como você avaliaria a performance do produto?

Desempenho do Produto

Muito satisfatório
Satisfatório
Insatisfatório
Muito insatisfatório

Referências Bibliográficas

VITAL, M. A. B. F e ACCO, A. Agonistas e Antagonistas Colinérgicos. In: SPINOSA H. S. et al. Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.